Voxel
127
Compartilhamentos

6 vantagens que a versão PC traz para Final Fantasy XV

Último Vídeo

Após mais de um ano de espera, os jogadores de PC finalmente tiveram a chance de entrar no universo de Final Fantasy XV no dia 6 de março deste ano. Com versões para Steam, Origin e Windows Store, a Windows Edition do jogo compensou o atraso ao oferecer uma experiência ainda melhor do que a vista nos consoles.

A Square Enix não se contentou simplesmente em adaptar o jogo disponível no Xbox One e no PlayStation 4, aproveitando os hardwares mais poderosos do computador para criar recursos específicos para a plataforma.  Reunimos as principais novidades preparadas pela Square Enix e mostramos os motivos pelos quais você deve dar uma chance ao lançamento.

1. Suporte nativo a mods

Final Fantasy Windows Edition já chega aos computadores com suporte total às modificações feitas pela comunidade. Embora ainda não sejam muitas as opções disponíveis — que se restringem a roupas especiais de Half-Life no Steam —, tudo indica que não deve demorar muito tempo até que esse número aumente.

Final Fantasy XV

A opção está atrelada ao sistema de Oficina da plataforma da Valve, o que significa que não vai ser preciso lidar com processos de instalação complicados nem ter que se preocupar em manter os conteúdos atualizados. As possibilidades oferecidas pelos mods são imensas, incluindo desde itens diferentes dos imaginados pelos desenvolvedores até a possibilidade de jogar histórias inéditas criadas pela comunidade de fãs.

2. Pronto para o 8K

Final Fantasy XV não é um jogo leve: para rodar tudo no máximo, vai ser preciso ter um computador com uma CPU e um GPU bastante poderosas e com uma boa quantidade de RAM — e mesmo assim você provavelmente não vai tirar proveito máximo das capacidades do RPG. Isso porque a Square Enix já preparou o game para o futuro e trouxe suporte nativo para que ele rode na resolução 8K.

Final Fantasy XV

Aparentemente, a intenção da desenvolvedora é permitir que Final Fantasy XV permaneça um game com visuais atualizados mesmo daqui há diversos anos. Algo que coincide bem com a proposta da empresa de apostar nos “games como serviço” — o game, em todas as suas versões, já tem atualizações programadas ate o início de 2019.

3. 60 FPS e além

Outra vantagem de jogar Final Fantasy XV no PC é o fato de que essa é a única versão do game que garante um desempenho estável em 60 FPS. Os consoles mais poderosos do mercado até se aproximam disso (principalmente o Xbox One X), mas acabam “deixando a bola cair” em áreas mais movimentadas.

Final Fantasy XV

Nos computadores, você não somente pode ter uma experiência suave a 60 quadros por segundo, como também pode optar por um modo nativo de 120 FPS (contanto que seu hardware aguente). E o melhor de tudo é que essa taxa aprimorada de desempenho vem acompanhada por visuais que conseguem ser ainda mais bonitos do que nas plataformas de mesa.

4. Recursos do NVIDIA Gameworks

Como se a Luminous Engine não fosse bonita o suficiente, a Square Enix ainda realizou uma parceira com a NVIDIA para adicionar ainda mais recursos visuais ao game. Tudo isso graças aos recursos do sistema Gameworks, que garante uma qualidade maior de oclusão ambiente (que ganhou uma opção baseada em voxel), pelugens e sombras mais realistas.

Obviamente, que vai tirar mais proveito disso é quem possui uma placa de vídeo mais recente da linha GeForce, já que esses recursos são bastante exigentes. No entanto, quem dispõe do hardware necessário vai poder encontrar uma grama que se comporta de forma mais realista à ação do vento, sistemas de simulação de fogo e fumaça mais convincentes (graças ao NVIDIA Flow) e outros detalhes visuais de fazer o queixo cair.

5. Opções de controles e formatos

Outra prova de que Final Fantasy XV foi pensado para se adaptar ao PC é a quantidade de opções que ele oferece logo de cara. Quer jogar com seu controle do Xbox One, do PlayStation 4 ou com um acessório USB de outra marca? Tudo bem, o RPG vai detectar o modo de entrada escolhido e se adaptar a ele.

Final Fantasy XV

Da mesma forma, a Square Enix bolou sistemas de controle que se adaptam a mouses e teclados (que traz uma navegação de menus um pouco confusa, devemos admitir). Além disso, os jogadores de PC recebem logo de cara suporte nativo a monitores com o padrão 21:9, garantindo que você vai poder observar com ainda mais detalhes do mundo do jogo.

6. Itens extras (e mais podem vir)

Outra vantagem de ter esperado um pouco para jogar Final Fantasy XV no PC é o fato de ele trazer diversos itens extras que foram dados como bônus de pré-venda nos consoles ou que surgiram em eventos especiais limitados. Além disso, dependendo de onde você comprar o título, algumas roupas extras podem ser destravadas.

Enquanto no Origin você recebe uma vestimenta um tanto “estranha” baseada na série The Sims, no Steam é possível vestir Noctis ou seu personagem online (no modo Comrades) com as roupas de Gordon Freeman. A Windows Store não tem algo semelhante, mas oferece a possibilidade de compartilhar saves com o Xbox One, além de usar os mesmos servidores online do console da Microsoft.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.