Voxel
223
Compartilhamentos

Quais seriam os 7 melhores games de Dragon Ball de todos os tempos?

Último Vídeo

Dragon Ball é uma das franquias de anime mais populares de todos os tempos e todo esse sucesso com o público gerou ao longo das últimas três décadas mais de 140 games. Alguns deles esquecíveis, alguns marcantemente horríveis  — nós fizemos um vídeo sobre isso, por favor assista também — e alguns que são pura crocância, puro deleite, chega manteiga derrete. Então vem com a gente pra conhecer os 7 melhores games da franquia!

7 - Dragon Ball Z: Super Butouden 2 (1994)

Super Butouden 1 foi medíocre, Super Butouden 3 foi um retrocesso, que nem modo história trazia. Mas Super Butouden 2 estava na medida certa, uma ótima resposta ao Buyu Retsuden do Mega Drive que saiu no mesmo ano.

O jogo engloba a saga Cell e o oitav0 e nono filmes de Dragon Ball Z, disponibilizando 10 personagens mais dois desbloqueáveis. Foi o primeiro game a deixar o Broly jogável. Super Butouden 2 é mais rápido e tem controles mais acessíveis, com um sistema de combos mais complexo, além de deixar que você carregar seu ki mais rápido e bloquear ou counterar os ataques inimigos.

super butouden 2

Os gráficos e os efeitos de energia eram bem decentes para aqueles tempos. Hyper Dimension era sem dúvida mais bonito e moderno, mas Super Butouden 2 foi o melhor game de Dragon Ball para o Super Nintendo, levando em consideração sua época.

6 - Dragon Ball Z: The Legacy of Goku II (2003)

Enquanto o primeiro Legacy of Goku é considerado um dos piores games de Dragon Ball, sua continuação é um dos melhores. Esse RPG do Game Boy Advance foi muito bem recebido pelo público e pela crítica na época por ser mais polido e introduzir novos conceitos, como transformações e outros personagens jogáveis além do Goku.

legacy of goku 2

A história começa com a chegada do Trunks do futuro e vai até o final da Saga Cell. Uma sequência chamada “Buu’s Fury” saiu no ano seguinte, mas não era tão bom quando Legacy II.

xenoverse 2

A série Xenoverse é uma das séries de games mais recentes de Dragon Ball e uma das que mais dividem opiniões. Enquanto muita gente odeia, ele recebeu notas acima da média, por parte da crítica. No caso de Xenoverse 2, apesar de muito parecido com o primeiro, conserta vários problemas do antecessor.

O jogo revisita momentos marcantes de Dragon Ball enquanto você cria um personagem completamente novo e tenta manter os eventos ocorridos na série a salvo de interferências. Além de ser um game de luta, existem vários elementos de RPG na customização e de MMO na interação com outras pessoas no hub, com a possibilidade de fazer sidequests em cooperação. Sem dúvida, um dos games mais ambiciosos da franquia.

4 - Dragon Ball Advanced Adventure

Dragon Ball Advanced Adventure é um side-scroller com elementos de beat’em up e plataforma, e algumas lutas 1 x 1, feito para o Game Boy Advance. A história e ambientação aqui vem do primeiro anime da franquia, com o pequeno Goku enfrentando inimigos da Red Ribbon, competidores do Torneio de Artes Marciais e inimigos que se tornam futuros aliados.

 advanced adventure

O visual, desde a modelagem dos personagens aos elementos do HUD, são muito bonitos e fiéis ao espíritos da série e o gameplay é simplesmente uma delícia, com golpes que respondem bem aos controles e são apresentados em animações muito fluidas. Sem contar um Extra Mode em que você pode jogar com qualquer um dos chefes. É uma pena que uma sequência nunca foi produzida.

 3 - Dragon Ball Z: Budokai Tenkaichi 2 (2006)

Tenkaichi 2 é considerado o melhor da série Tenkaichi, conhecida por um gameplay com mais liberdade tridimensional, traz um modo história que cobre Dragon Ball Z, parte do GT e alguns dos principais longa metragens, tudo isso com um monte de fan-service pros amantes do anime.

budokai tenkaichi 3

Além disso, são 129 personagens e um modo de batalha de cinco contra cinco. É uma porrada de conteúdo! Tenkaichi 2, também foi sucesso de crítica e o game mais vendido da Bandai no ano de seu lançamento.

2 - Dragon Ball Z: Budokai 3 (2004)

Budokai 3 é provavelmente o jogo mais popular e querido da série, e não é à toa: ele não é apenas um bom game de Dragon Ball, mas também um bom jogo de luta. 

Budokai 3 diversifica os golpes de Budokai 2 e adiciona mecânicas de defesa que tornam o combate mais estratégico. O gameplay é um dos mais divertidos da série e os gráficos em estilo cel shading eram excelentes na época em que ele foi lançado.

budokai 3

Este é um título que respeita bastante o feeling da franquia e funciona como prato cheio para aqueles que sempre quiseram jogar com personagens específicos e menos populares. Entre lutadores originais e versões desses lutadores, são 42 vindos de Dragon Ball, Dragon Ball Z e Dragon Ball GT. Para muitos, esta ainda é a experiência definitiva do universo de Akira Toriyama.

1 - Dragon Ball FighterZ

O primeiro lugar fica com o mais recente jogo da franquia Dragon Ball FighterZ e acredite, isso não tem nada a ver com hype. FighterZ foi desenvolvido pelo estúdio japonês Arc System Works, que fez Guilty Gear, e por isso não surpreende que ele seja um excelente jogo de luta e um candidato quase certo aos principais campeonatos do gênero.

fighterZ

O visual de FighterZ mistura tecnologia cel-shading com a animações feitas à mão e efeitos que só a atual geração de consoles poderia oferecer. Os cenários são facilmente reconhecíveis pelos fãs, os golpes e especiais são fiéis aos personagens e se você vencer com o lutador certo, contra o inimigo certo, no cenário certo… uma cena do anime é reproduzida.

Dragon Ball FighterZ é o game de Dragon Ball feito para os fãs mais apaixonados e um game muito, muito bom — tão bom que alcançou a maior nota na franquia no Metacritic.

A sua lista

E aí, achou justo o nosso ranking? Se não, o que você mudaria? Conta pra gente aqui nos comentários como seria a sua lista com os melhores games da franquia. E aproveita conferir também nossa seleção com os piores games de Dragon Ball!

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.