Voxel
Seja o primeiro a compartilhar

“Ace Combat 7 é um jogo arcade com cara de simulador”, diz produtor

Último Vídeo

A Bandai Namco levou o diretor de comunicação, Denny Chiu, a BGS 2018 para falar mais de alguns games da marca, como foi o caso de Jump Force. Mas o game de anime não foi o único que ele mencionou em nossa conversa breve por lá, já que Ace Combat 7: Skies Unknown também é um dos grandes destaques da empresa.

Portanto, nossa segunda parte do bate-papo foi somente para conversar mais sobre novidades, informações e expectativas do novo jogo de combate aéreo da Bandai Namco, que chega no começo do ano que vem.

-

Ace Combat 7 não é um simulador, é um arcade

O que Ace Combat 7: Skies Unknown representa para a franquia? Sem dúvidas, é um retorno às raízes da franquia, trazendo novamente as mecânicas e elementos que tornaram a franquia famosa. Mas isso não significa estar próximo de um simulador novamente, como muitos pensam. Por mais realista que seja a proposta, a franquia é arcade, segundo Denny Chiu.

Muitos acham que o último game, Ace Combat: Assault Horizon, era o modelo arcade, enquanto os demais eram simuladores. Mas não é bem assim. Ace Combat 7: Skies Unknown é um arcade igual ais demais games da série, mas não é tão arcade quanto o spin-off.

Ace Combat: Assault Horizon não faz parte do cânone da franquia, inclusive, e é considerado uma espécie de spin-off ou reboot para a Bandai Namco. Contudo, isso não deve ser motivo para ficar alarmado, pois os desafios de sempre estarão presentes, com chefões e muitos objetivos para cumprir.

A

E por que Ace Combat ficou tanto tempo sem ter um game novo da franquia principal? Segundo o diretor, foi para dar um respiro à série e dar sede aos fãs, que ficaram uma geração inteira sem um novo título. Portanto, esse tempo foi bom para os jogadores e para a desenvolvedora também, que teve o tempo necessário para criar o que realmente queria.

Como acompanhar a história até agora?

Por ter ficado mais de uma década sem novos títulos, muitos se perguntam como o game se encaixa na cronologia. E a resposta não poderia ser mais simples: trata-se de uma sequência de Ace Combat 6: Fires of Liberation.

O problema é que para muita gente esse pode ser o primeiro game da franquia. Então como entender tudo que existe até agora? Se você espera uma recapitulação, vai se decepcionar, e a melhor forma é procurando conteúdo na internet. Entretanto, isso não quer dizer que a falta de conhecimento da série atrapalha novatos.

A

De acordo com Denny, Ace Combat 7: Skies Unknow terá sua própria trama fechada e os marinheiros de primeira viagem podem aproveitar sem problema algum. Em outras palavras, não há nenhum conhecimento prévio que seja absolutamente necessário para oferecer uma experiência completa.

Ace Combat 7 não é inteiramente em VR

Essa era uma dúvida que eu mesmo particularmente tinha e muitos fãs provavelmente ainda têm. Para quem não se lembra, Ace Combat 7: Skies Unknown terá uma exclusividade em realidade virtual no PlayStation 4 através do PSVR, garantindo um extra na jogabilidade. Mas, infelizmente, não é o jogo inteiro que estará em VR.

A

Segundo Denny Chiu, a experiência em realidade virtual foi construída somente para a plataforma e trata-se de 3 missões exclusivas para o PSVR, garantindo cerca de três horas extras de jogatina. Mas não é a experiência completa. No PlayStation 4 com o PSVR, os jogadores terão, portanto, duas campanhas. Além das missões extras, o PSVR terá alguns modos para contemplar os aviões em VR no hangar e outras funcionalidades desse tipo.

Ace Combat 7: Skies Unknown chegará ao PlayStation 4 (com exclusividade em VR) e Xbox One no dia 18 de janeiro de 2019. A versão de PC chega no dia 1º de fevereiro de 2019.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.

Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Participe agora deixando seu comentário Acesse sua conta
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários