Voxel
508
Compartilhamentos

Arrepiando os pelos: 9 jogos de terror para ter insônia em 2018 e além

Último Vídeo

 

Certamente, jogos são ferramentas poderosas para nos passar sentimentos e mensagens. A interação do jogador é algo que o cinema, a literatura e a TV não conseguem replicar. Isso é amplificado ainda mais com experiências aterrorizantes e é por isso que games de terror são tão populares. E pode se preparar: 2018 já chegou e tem uma nova safra de títulos de arrepiar chego aí.

Para ajudar você, caro leitor, que adora pular de susto na cadeira, separamos uma seleção dos melhores, mais promissores e famosos jogos de terror deste ano, ideal para arrepiar os pelos e causar aquela insônia. Confira a lista abaixo:

1 – Ad Infinitum – PC (a definir)

Vamos começar a lista com um game mais independente e, no mínimo, diferente. Todos sabemos que guerras não tem nada poético e são cheias de horrores. Contudo, o terror retratado na Primeira Guerra neste game não é tão filosófico, já que o protagonista deve fugir de um monstro absurdamente horrendo nas trincheiras europeias. O game terá uma pegada mais Outlast, sem dar chances de você lutar contra a criatura, dando aquela pitada de pânico extra.

2 – Remothered: Thormented Fathers – PC (30 de janeiro de 2018), Xbox e PS4 (até o final do ano)

Remothered não é o típico jogo de terror que escancara o óbvio na frente do jogador. Trata-se de um horror muito mais psicológico, com linhas bem tênues entre o bem e o mal. A experiência está bem mais próxima de um suspense e coloca o jogador em uma jogabilidade investigativa em terceira pessoa, ideal para fãs de filme do estilo. O título ficou em Early Access por um tempo, mas já está disponível na versão completa.

Remothered

3 – State of Decay 2 – PC e Xbox One (até o final do ano)

Apesar de não ser um game muito focado no terror, State of Decay é um ótimo survival de mundo aberto de zumbis. A sequência, anunciada na E3 de 2017, parece muito mais promissora, robusta e, principalmente, desenvolvida para a atual geração. Superficialmente, pode parecer um jogo multiplayer menos aterrorizante, mas quando os mortos-vivos se amontoam, o pânico toma conta e não há quem se sinta tranquilo.

4 – Overkill’s The Walking Dead – PC, Xbox One e PS4 (primeiro semestre de 2018)

Walking Dead é um sucesso nos quadrinhos, mas os games dividem opiniões. A Telltale acertou na fórmula, mas até hoje não há nenhum jogo de terror ou ação bom. Por conta disso, este aqui parece bem promissor, já que é a Overkill que está tocando o projeto, a desenvolvedora de PayDay. Portanto, podemos esperar um multiplayer mais cadenciado, tático e mais aterrorizante que um Left 4 Dead. Se tudo der certo, claro.

5 – Days Gone – PS4 (até o final do ano)

Esse exclusivo da Sony chamou muita atenção desde seu anúncio original. Um mundo aberto bem grande e misterioso, já que o apocalipse zumbi toma conta do restou da humanidade. A proposta aqui é exagerar no pânico e terror de multidões, apresentando não um zumbi comum, mas hordas de criaturas rápidas que tem um instinto coletivo muito forte, sempre acuando o jogador e requerendo cautela extrema.

6 – Call of Cthulhu: The Official Video Game – PC, Xbox One e PS4 (até o fim do ano)

Quando o assunto é terror, Lovecraft é uma das maiores referências, com um horror psicológico que agoniza o telespectador com algo que é grandioso demais para ele entender ou enxergar. Por isso, Call of Cthulhu: The Official Video Game é muito promissor, já que temos um dos principais contos do autor transformado em um game de terror investigativo que parece bem promissor.

Call of Cthulhu

7 – Moons of Madness – PC, Xbox One e PS4 (entre o segundo e terceiro trimestre de 2018)

Aqui vem outro terror psicológico para a lista. Moons of Madness também se inspira em elementos lovecraftianos para criar tensão no espaço. Na trama, controlamos um astronauta que começa a sofrer com alucinações na Lua e começa a questionar o que é real e o que é ilusão. Com um tom bem minimalista e uma atmosfera bizarra, o game promete surpreender.

8 – Scorn – PC (até o fim do ano)

Scorn é um game que vem intrigando há bastante tempo. Apesar de ter algumas mecânicas de shooter, o que aterroriza mesmo é a ambientação, que tem uma atmosfera extraterrestre inspirada no design de H. R. Giger, a mente por trás das criações alienígenas da série “Alien”, tudo com um aspecto biológico, vivo e fálico – sim, da genitália masculina mesmo. Basta ver o vídeo abaixo para entender que a posta no horrendo com estilo de games dos anos 90 torna o projeto no mínimo interessante.

9 – Agony – PC, Xbox One e PS4 (30 de março de 2018)

Sem dúvidas, um dos games mais pesados de 2018. Como seria um jogo passado inteiramente no inferno? Alguns já deram seus pontos de vista (há games notáveis, como Dante’s Inferno), mas nenhum apostou tanto em uma atmosfera tão pesada, macabra e absolutamente aterrorizante. Agony parece um pesadelo interminável e tem uma mão cheia das representações mais perturbadoras que você pode imaginar em um jogo.

Menções honrosas

Allison Road – PC (2018?)

Allison Road

The Inpatient – PS4 (23 de janeiro)

The Inpatient

Metro Exodus – PC, Xbox One e PS4 (até o fim do ano)

System Shock Reboot


 
 
 
 
 
 
 
 
 

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.