Voxel

Ao ataque: tudo o que você precisa saber sobre a demo de Final Fantasy XV

Último Vídeo

Não é de hoje que a Square Enix está anunciando que Final Fantasy XV terá uma demonstração – e seja pela curiosidade relacionada ao novo game ou pela beleza dos gráficos, o fato é que ele está atraindo a atenção de diversos jogadores. Caso seja um desses, o material que você confere aqui promete deixá-lo preparado para a ação que estará em Episode Duscae. 

As informações abaixo foram publicadas em uma mensagem que está no site NeoGAF e detalham vários elementos que estarão na nova fantasia da Square Enix. Dos controles a elementos da jogabilidade, o guia que está a seguir promete ser uma mão na roda para aqueles que pretendem ajudar Noctis e seus amigos a superar qualquer desafio que se coloque no caminho. 

Partindo do básico: os controles e as telas de informações 

Saber se movimentar é importante, por isso a imagem abaixo dará uma ideia de como será o esquema de controle adotado pela produtora em Final Fantasy XV (os botões evidentemente mudam na versão para Xbox One, mas não deve ser nada muito distante daquilo que está na sequência):

 

  • Analógico esquerdo: movimenta o personagem
  • Analógico direito: movimenta a câmera
  • L3: corre (o personagem salta obstáculos automaticamente quando avança dessa forma)
  • Botão X: pula
  • Botão quadrado: ataca (mantenha pressionado ou aperte várias vezes para realizar um combo)
  • Botão círculo: teletransporta
  • Botão triângulo: habilidade da arma
  • L1: defesa (consome MP, manobra indicada por uma luz azul)
  • R1: marca um alvo
  • L1 e R1 pressionados ao mesmo tempo: usa a Phantom Sword
  • R1 e botão círculo pressionados ao mesmo tempo: recorre ao Shift Break (Ex Ability que o leva para perto dos inimigos)
  • L1 e botão X pressionados ao mesmo tempo: usa o Shift Avoid (Ex Ability que o deixa longe dos inimigos)
  • Direcional para a esquerda ou para a direita: troca entre as técnicas especiais da arma principal

Já a imagem abaixo mostra como será a tela geral do jogo, com todas as informações importantes destacadas. Do lado esquerdo, por exemplo, é possível ver a habilidade da arma entre as setas, bem como o quanto ela custa em MP e o seu total disponível nesse atributo; mais abaixo está a ação que Noctis vai realizar no momento.

Já do lado direito há os nomes dos personagens e a quantidade de energia de cada um deles (a barra azul é o MP de Noctis), ao passo que as setas indicam que o guerreiro está sob os efeitos de algum bônus. O triângulo com uma exclamação é um alerta de condição crítica, e os números indicam a quantidade de dano sofrido. 

E, já que falamos em energia, o GIF abaixo leva a entender que o sistema utilizado aqui será parecido com o visto em títulos como Marvel vs. Capcom. A barra branca mostra a energia-padrão do personagem, enquanto a vermelha indica a vida que será recuperada ao descansar ou recorrer ao sistema de cobertura. Por fim, há o espaço preto, que só é preenchido ao usar uma poção de cura.

No caso de Noctis, caso a barra branca mostre que a energia zerou, ainda não é game over. Isso só vai acontecer na ausência do marcador vermelho, e nesse meio tempo é possível correr para longe da encrenca, usar algum item de recuperação ou aguardar a ajuda de um aliado. Caso seja um parceiro, é possível correr até ele e recuperar sua vida quando ela está no indicador vermelho. Após a batalha, todos os que estão nesse estado voltam ao normal. 

Por fim, também temos o menu de batalha, que pode ser aberto a qualquer momento (inclusive durante os confrontos) para usar itens e trocar os equipamentos do protagonista e dos parceiros – porém, a última ação não será possível na demonstração.

No calor da batalha 

Enquanto estiver em combate, será possível recorrer a alguns movimentos para tentar facilitar um pouco o seu trabalho. Um deles é a esquiva, que entra em ação ao apertar ou manter pressionado o botão de defesa (lembre-se que ela gasta MP, mas ele só é consumido caso o personagem forme uma aura azul e desvie de um ataque – se ele não for direcionado a Noctis, ele vai se jogar para um dos lados sem perdas).

Conforme mencionamos acima, é possível se recuperar quando não se está em combate, e as sequências abaixo dão uma ideia dessa taxa de recuperação quando o protagonista não é alvo de ataques nas batalhas (primeiro GIF) e quando recorre ao sistema de cobertura (segundo GIF). Este é ativado ao manter pressionado o botão L1 perto de uma pedra, por exemplo, e essa taxa de recuperação é a mesma para quando o protagonista consegue ficar longe de encrencas.

Também é possível recorrer ao sistema de teletransporte, que custa 25 MP e pode ser feito tanto quando o protagonista está olhando para pontos específicos do terreno ou inimigos quanto quando não há nada à frente para se mover mais rápido na direção de um oponente ou aliado.

Ainda no que diz respeito a lutas, podemos dizer que não há uma boa batalha sem ataques, certo? Aqui, é possível atacar os inimigos com golpes simples ao apertar o botão destinado a essa ação uma vez (mantê-lo pressionado ou “massacrá-lo” fará com que Noctis execute sequências). Caso o inimigo esteja mais fraco, as investidas passam a ser consideradas como ataques críticos, conforme visto na sequência abaixo:

Armas variadas 

A essa altura você certamente já deve saber que Noctis é capaz de usar armas variadas em combate, e na demonstração haverá algumas delas à disposição do jogador (até o momento, sabe-se da presença de Avenger, Blood Sword, Partisan, Wyvern Spear e Zweihander), sendo que muitas delas possuem algum tipo de habilidade: Blood Sword, por exemplo, drena HP e conta com recursos como MP Recovery Attack++ e Automatic Recovery+. 

A demonstração dará ao jogador a oportunidade de usar as armas para ações como Break, Rush, Slash, Counter e Raid, sendo que elas são alteradas automaticamente de acordo com a situação. Veja como cada uma aparece na sua mão a seguir: 

Break: usada geralmente quando Noctis inicia um combo, e na demonstração a Avenger ocupa essa posição. Não possui nenhuma habilidade especial, mas é uma arma rápida e com características balanceadas;

Rush: as armas que se encontram nesta categoria entram em ação no meio de um combo e permanecem na sua mão até o inimigo ter energia suficiente para ser finalizado com algo do grupo Slash. Na sequência, é possível ver a Blood Sword cumprindo essa função e a habilidade de drenar HP agindo em favor do protagonista;

Slash: equipamentos voltados para finalização e que vão para as mãos de Noctis quando o inimigo, seja ele normal ou grande, possui energia suficiente para ser eliminado em um golpe. O GIF abaixo mostra a Partisan, que possui a habilidade Heavy Trust como trunfo, sendo usada em um grupo de adversários;

Counter: na demonstração de Final Fantasy XV, a Wyvern Spear será a sua arma de contragolpes e entrará em ação caso você consiga desviar de uma investida do oponente e apertar o botão de ataque em seguida. Na primeira sequência abaixo, é possível ver a habilidade Jump (da Wyvern Spear) em ação, enquanto a segunda mostra Noctis revidando contra um adversário;

Raid: as armas que se enquadram aqui (como a Zweihander) só serão usadas quando o botão de ataque é pressionado no meio de um pulo (veja o primeiro GIF abaixo para ter uma ideia do que estamos falando). A demonstração não vai contar com muitos combates aéreos, mas é neles que você terá a oportunidade de ver a habilidade Tempest (apresentada no segundo GIF abaixo) em ação.

Trabalhando sozinho ou em equipe 

Já sabemos que é possível se esquivar das investidas adversárias, contra-atacar e até mesmo usar armas variadas no combate. Porém, há um outro elemento importante para aqueles que querem explorar o máximo de Noctis nos confrontos: a defesa. 

O GIF abaixo mostra o momento certo em que ela pode ser executada. Quando um arco com três traços aparece, basta apertar o botão de defesa e em seguida o botão de ataque para revidar à altura.

O sistema de defesa também pode contribuir para um trabalho conjunto caso algum aliado esteja por perto (há apenas um movimento do tipo na demonstração), como mostra a sequência abaixo:

E a Phantom Sword? 

Já ouvimos falar algumas vezes da Phantom Sword, mas é provável que até o momento poucos saibam como ela vai funcionar. Sendo assim, vamos às explicações. 

Essa é uma habilidade que Noctis pode ativar quando estiver com seu MP completo e o jogador pressionar ao mesmo tempo os botões L1 e R1. Ao fazer isso, o personagem vai invocar todos os seus equipamentos e usar suas habilidades livremente até a barra de energia mágica chegar a zero. O bom disso? As técnicas das armas podem ser usadas sem custo para se livrar das encrencas que estiverem no caminho. 

Vale notar que as armas utilizadas em combate são diferentes daquelas que aparecem ao invocar a Phantom Sword. No início da demonstração, Noctis possui apenas armas convencionais, mas é possível encontrar Phantom Swords pelo mapa. Outro ponto importante é que elas possuem dois aspectos: defensivos e ofensivos. 

Enquanto está se defendendo ou parado, as armas dessa categoria começam a girar ao redor de Noctis para criar uma barreira defensiva que reduz ou anula os ataques adversários. Já no modo de ataque elas desaparecem e começam a atacar os oponentes ao mesmo tempo em que o protagonista realiza os seus movimentos convencionais.

...

E aí, o que você viu aqui o deixou empolgado para curtir a demonstração de Final Fantasy XV (e, consequentemente, a versão completa do game)? Deixe a sua opinião no espaço destinado aos comentários.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.