Voxel

“Call of Duty: Black Ops 4 é mais complexo do que parece”, diz produtor

Último Vídeo

Durante a Brasil Game Show 2018, fomos convidados a conversar com Jay Puryear, o diretor de brand management da Treyarch, e perguntar mais sobre o vindouro Call of Duty: Black Ops 4, que está bem perto do lançamento e que ainda gera dúvidas pela comunidade.

Com a falta de um modo campanha e um grande foco nos componentes onlines, questionamos o foco do game e o que ele tem a oferecer para os fãs fervorosos que estão com a franquia há anos e não perdem um único título.

A

Black Ops 4 é mais complexo do que parece

Parte da comunidade e muitos jogadores torceram o nariz quando Call of Duty: Black Ops 4 foi anunciado sem um modo campanha, elemento que até agora era algo muito marcante em toda a franquia. Contudo, o que Jay contou ao Voxel é que o game é muito mais recheado de novidades e complexidade do que aparenta.

Todos os modos do game, sem exceção, tiveram uma atenção muito grande aos detalhes, ao balanceamento e ao conteúdo que será oferecido. O modo Blackout teve uma grande equipe por trás para oferecer um toque pessoal da Treyarch e da série Call of Duty, por exemplo, e a promessa é que ele seja diferente do que já existe no mercado.

ACall of Duty: Black Ops 4

O modo competitivo clássico receberá quatro novas classes. E o que isso significa? Segundo Jay, a Treyarch quer oferecer aos jogadores mais variedade, ou seja, quer que as pessoas dos mais variados estilos (seja o cara da linha de frente ou aquele que oferece suporte) encontrem o estilo de jogabilidade ideal.

No modo zumbi, temos muitos capítulos e algumas novidades mecânicas que Jay não pode comentar, mas que prometeu que veremos em breve em ação. A mensagem geral é que muitas pessoas podem estar enxergando apenas o escopo de Call of Duty: Black Ops 4, mas, na realidade, a profundidade por baixo dos panos vai surpreender muita gente, segundo o diretor.

Fator replay impera

O elemento que falta nessa composição de Call of Duty: Black Ops 4 é o modo campanha, que, de uma forma ou de outra, é o componente com menor fator replay. E, segundo o executivo, dar aos jogadores uma experiência que pode ser jogadas repetidas vezes e ainda oferecer emoção é um dos objetivos da Treyarch.

Ainda é um mistério, mas aparentemente o modo zumbi reformulado fará parte dessa equação. Já vimos no passado que games de missões e sobrevivência que apostam no online, como Left 4 Dead ou Payday, são bem cotados por jogadores e sobrevivem por muitos anos.

AModo zumbi de Black Ops 4 terá grande destaque

Além disso, o modo Blackout, o battle royale, terá algumas missões especiais que contam a história de fundo de cada classe do game, oferecendo mais variedade. E, por fim, há a experiência do modo battle royale, que a Treyarch diz oferecer muitas emoções durante a jogatina.

Boa recepção do público até o momento

Até agora, Call of Duty: Black Ops 4 teve alguns Betas em que o público pode ter um pouco da experiência do modo Blackout. Segundo Jay Puryear, a comunidade aprovou a escolha da Treyarch e a empresa tem recebido feedbacks bem positivos. E, certamente, os negativos foram levados em conta para corrigir qualquer problema de balanceamento até o lançamento, que é amanhã, dia 12.

-

Call of Duty: Black Ops 4 pode ser uma evolução ou pode ser uma experiência diferente, mas ainda assim boa. Para sabermos, teremos que esperar só mais um pouco, já que o game chega amanhã ao Xbox One, PlayStation 4 e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.

Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Participe agora deixando seu comentário Acesse sua conta
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários