Voxel
18
Compartilhamentos

Especial: vamos recapitular os principais momentos da BGS 2017

Último Vídeo

Pode não parecer, mas já faz um ano desde que tivemos a BGS 2017. Pois é, meus amigos! O ano passou voando e a Brasil Game Show 2018 já acontece na semana que vem e trará novamente muitas atrações. Mas quais eram as coisas legais do evento do ano passado mesmo?

Para dar uma refrescada na memória da galera, o Voxel fez este especial para relembrar os principais momentos da BGS 2017, a décima edição da maior feira de jogos da América Latina, que teve de jogos indies a Hideo Kojima no palco da Brasil Game Cup.

-

Personalidades de peso

A Brasil Game Show sempre foi focada em games para testar por lá, mas a edição de 2017 foi especialmente marcante por causa dos nomes de peso da indústria de jogos que apareceram no evento. De dubladores brasileiros a personalidades lendárias, o evento teve de tudo.

Entre os destaques, temos o quinteto de peso: Hideo Kojima, criador de Metal Gear (com destaque para o nosso querido Bruno Micali o chamando no palco), Nolan Bushnell, o pai dos videogames e fundador da Atari, Ed Boon, o criador de Mortal Kombat, Phil Spencer, o chefão da divisão Xbox, e David Crane, o criador do Pitfall. De lendas modernas às clássicas, o evento esteve cheio de caras famosas.

-

E, certamente, alguns nomes importantes da indústria brasileira também estiveram na Brasil Game Show 2017, como youtubers famosos, dubladores de peso (como Ricardo Juarez) e muitos outros. E, certamente, a Brasil Game Show 2018 só vai aumentar o número de estrelas dos games.

Jogos grandes para testar

Aqui está o grande foco da BGS: games aguardados que estão esperando para ser testados. Apesar de muitos títulos serem restrito à imprensa, há diversos jogos de peso que podem ser jogados pelo público. E nisso a Brasil Game Show 2017 estava lotada.

O ano de 2017 foi marcado por grandes títulos e promessas grandiosas para 2018. Resultado? Muitas obras altamente hypadas pelos fãs, que puderam testar pela primeira vez no evento. Abaixo, você confere a seleção de alguns jogos que estiveram jogáveis por lá:

  • Detroit: Become Human
  • Ni No Kuni 2
  • Forza Motorsport 7
  • PUBG
  • Far Cry 5
  • Assasssin’s Creed Origins
  • FIFA 18

-

  • Sea of Thieves
  • Call of Duty: WWII
  • Monster Hunter World
  • Dead Rising 4 (versão de PS4)
  • Dissidia: Final Fantasy NT

-

  • Gran Turismo Sport
  • Dragon Ball FighterZ
  • Jogos de VR

Os grandes estandes, como Warner, Ubisoft, PlayStation e Xbox estavam lotados de jogos para testar, seja first ou third parties. No estande da Microsoft, o fãs podiam testar PUBG que estava estreando no Xbox One e Forza Motorsport 7 no Xbox One X, enquanto no da Sony havia games aguardados como Detroit: Become Human e a chance de testar títulos em realidade virtual, como Moss, The Inpacient e outros.

Jogos indies para testar

Apesar de os grandalhões roubarem a atenção, a Brasil Game Show 2017 marcou também pela presença de muitos títulos independentes espalhados pela feira. E, caso você não se lembre, os títulos não eram apenas os internacionais não: havia muitos games brasileiros esbanjando qualidade.

A Devolver Digital esteve presente com bastante destaque por lá, trazendo diversos títulos que estavam bem cotados, como Moonlighter e Frostpunk. Confira a lista de alguns dos jogos indies que passaram por lá:

  • Moonlighter
  • Children of Morta
  • Frostpunk
  • Trajes Fatais
  • Madcap Castle
  • Distortions

Jogos brasileiros também marcaram presença na BGS e vimos algumas boas surpresas, como o excelente e retrô Madcap Castle, o famoso Trajes Fatais, game de luta do folclore brasileiro, Distortions, um game artístico com diversas referências excelentes e muito mais.

Alguns anúncios e eSports

A Brasil Game Show é mais do que apenas os games de grandes produtoras. Considerando o tempo em que estamos, eSports é algo muito frequente em qualquer grande evento. Portanto, a BGS também não ficou de fora e sediou diversos campeonatos de jogos distintos, tudo com participação de Nyvi Estephan e Bruno Micali, do Voxel, no palco da BGC.

-

Mas as empresas também trouxeram novidades para terras tupiniquins. A Sony, por exemplo, revelou pela primeira vez o preço do PlayStation 4 Pro e PSVR no Brasil, algo inédito na época e que era amplamente aguardado pelo público.

Xbox One X para testar

Esse foi a estrela da BGS 2017. O Xbox One X estava previsto para chegar no dia 7 de novembro de 2017, o que significava quase um mês depois da Brasil Game Show, que acontece em outubro. Portanto, ter a chance de testar o monstrão da Microsoft foi algo realmente muito bom para os fãs da marca e entusiastas de hardware.

-

A Microsoft aproveitou o fervor do público brasileiro para levar o console poderoso e dar a oportunidade de os jogadores testarem Forza Motorsport 7 em 4K nativo e 60 fps em uma TV gigantesca. Obviamente a novidade lotou o estande do Xbox e criou grandes filas no evento.

O nascimento do Voxel

E, como não podíamos deixar de mencionar, também teve o nascimento do Voxel, a vertical de games da NZN e antigo TecMundo Games. A data não podia ser melhor: 10/10, completando 10 anos de site e na 10ª edição da BGS. Além de levar um estande de 300 metros quadrados ao espaço da BGS, havia muitos games da Warner, como FIFA e Need for Speed Payback.

-

Além disso, o Voxel realizou diversas lives, entrevistas e até mesmo um Checkpoint especial, que reuniu os apresentadores da vez com os clássicos do Baixaki Jogos, trazendo Guilherme Sarda, Gabriel Soto Bello e Mari de volta para uma participação especial em vídeo.

A Brasil Game Show começa na semana que vem e trará ainda mais atrações ao público. Com essa retrospectiva do ano passado, qual é a sua expectativa para o evento deste ano?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.

Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Participe agora deixando seu comentário Acesse sua conta
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários