Voxel

FIFA 17 x Pro Evolution Soccer 2017: qual é o melhor?

Último Vídeo

A cada ano, o mês de setembro vira palco de uma disputa clássica no campo do futebol virtual. De um lado temos FIFA, que nos últimos anos tem registrado números recordes de vendas e se mostra o game preferido da maioria dos jogadores. Correndo por fora, a série Pro Evolution Soccer usa o poder da Fox Engine para provar que a Konami ainda é relevante no segmento esportivo.

Mas afinal, qual deles merece mais o seu dinheiro? O TecMundo Games dedicou um bom tempo jogando e testando as edições deste ano para comparar suas qualidades e fraquezas. Determinar um vencedor é uma tarefa difícil, mas há aspectos em que fica fácil determinar quem tem vantagem nesse embate. Será que seu jogo favorito foi consagrado o campeão? A resposta você confere neste artigo.

Interface

A série FIFA começa com vantagem oferecendo um menu bem mais atraente e organizado que o de seu concorrente. As opções oferecidas pela Konami vão direto ao ponto, mas são apresentadas de uma maneira tão sem graça que é difícil não considerar o trabalho até um pouco amador. Com diversas animações e uma boa organização, a interface criada pela EA Sports evolui conceitos anteriores e conquistou facilmente nossa preferência.

Licenças

FIFA 17 marca outro golaço com suas licenças.  A Konami pode até ter a exclusividade sobre o Flamengo e o Corinthians, mas peca por trazer muitas ligas totalmente incompletas. No campeonato espanhol, por exemplo, Pro Evolution Soccer 2017 só tem direitos sobre o Barcelona e o Atlético de Madri. Em compensação, FIFA não só oferece mais times licenciados como traz vários uniformes clássicos para completar sua experiência.

Modelos de personagens

Na parte de modelos, podemos considerar que há um empate. Tanto FIFA quanto PES dão mais atenção para jogadores famosos do que para os desconhecidos, surpreendendo em alguns momentos pela fidelidade. No entanto, os dois jogos trazem algumas recriações assustadoras de jogadores reais que parecem não levar em consideração suas características verdadeiras.

Nenhum dos dois jogos é perfeito, mas tanto a Fox Engine quanto a Frostbite fazem um bom trabalho em uma escala mais geral. Da mesma forma, ambas as franquias dão uma boa atenção a momentos importantes como a entrada de jogadores em campo e as reações de cada um deles após a ocorrência de faltas.

Online

Na parte online, FIFA 17 também dribla facilmente o que é oferecido por Pro Evolution Soccer 2017. Se nos dois jogos as partidas ocorrem sem grandes problemas de conexão, o game da EA Sports vence por oferecer mais modalidades de jogo e filtros que facilitam encontrar alguém do mesmo nível que você. Outra vantagem de FIFA é que, devido à sua maior base de fãs, ele leva menos tempo para encontrar algum oponente disposto a encarar uma partida.

Replays

Na hora de reviver as emoções de um gol, Pro Evolution Soccer 2017 tem uma ligeira vantagem. Os dois jogos oferecem ferramentas para mudar o ângulo de câmera e o jogador de destaque, mas o título da Konami ganha pontos ao permitir um maior controle sobre o ponto em que você vê a ação, permitindo que você note mais detalhes dos modelos faciais dos jogadores em campo.

Criação de personagens

Na hora de criar um jogador próprio, novamente a franquia da Konami leva vantagem. As opções de criação de FIFA são variadas, mas PES consegue superá-las a investir em detalhes que vão da maneira como um atleta corre até a pose que ele adota na hora de uma cobrança de pênalti. Com isso, é possível passar horas mudando seu jogador até conseguir criar uma opção que realmente se assemelhe àquilo que você está procurando.

Narração

A narração é o ponto mais complicado dessa comparação. Enquanto Milton Leite ainda não parece totalmente acostumado com seu papel, seu estilo de narração deve agradar quem procura uma experiência mais tradicional. Já do lado de FIFA, Thiago Leifert está mais confortável, mas ainda adota um estilo mais piadista e que nem sempre acompanha bem o que está acontecendo em campo. Assim, preferimos declarar empate, já que cada tipo de narração pode agradar mais ou menos a uma parcela específica do público.

Jogabilidade

Outro ponto que gera debates é a jogabilidade. Quem prefere uma experiência mais cadenciada e com animações mais elaboradas provavelmente vai preferir o que FIFA tem a oferecer. Em compensação, Pro Evolution Soccer tem partidas mais ágeis e com um estilo mais arcade que resulta numa média de gols um pouco maior.

As duas interpretações do futebol são boas, e fica a cargo de cada jogador definir qual delas se encaixa melhor em seu gosto pessoal. Nas análises do TecMundo, este ano Pro Evolution Soccer agradou mais à nossa equipe — no entanto, essa se trata de uma questão puramente de gosto, visto que FIFA 17 é igualmente competente no que oferece a seus jogadores.

Qual é a sua opinião?

E você, qual game de futebol prefere? Deixe sua opinião nos comentários e se lembre, de que, no final do dia, o importante é se divertir. Então procure respeitar os outros usuários e respeitar opiniões que se mostrem diferentes da sua. Afinal, o que mais importa é o quanto um jogo agrada a seu gosto pessoal e não vale a pena brigar por isso, não é mesmo?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.