Voxel
36
Compartilhamentos

Análise: Atari Flashback 8 e Atari Flashback portátil apostam na nostalgia

Último Vídeo

Se você perguntar para qualquer pessoa com mais de 20 anos qual foi o primeiro console que ela jogou, a chance é que a resposta seja “Atari! ”. Apostando na nostalgia, a TecToy lançou aqui no Brasil o console de mesa Atari Flashback 8 e o portátil Atari Flashback. Assim como as versões mini de SNES e NES, o Atari Flashback 8 vem com uma versão do controle clássico e 105 jogos na memória. O console portátil vem com 70 jogos, mas tem entrada para cartão SD.

Os consoles

Vamos começar falando do Atari Flashback 8. Em tamanho, o console não é mini como os da Nintendo que cabem na palma da mão, mas é menor do que o Atari tradicional. O visual dele é bem retro, com detalhes que imitam a madeira do original, mas sem um acabamento que chama a atenção. Infelizmente o material usado parece frágil, e o console não tem nenhuma robustez, nem na carcaça, nem nos botões.

Atari

Ele vem com dois controles fiéis ao original, com uma alavanca e só um botão. Eles são bem feitos e confortáveis de usar – isso considerando o quão confortável esse controle pode ser. 

Atari

A conexão com a TV é feita por cabo AV de dois conectores (amarelo e branco), e em uma TV moderna a imagem é exatamente o que você deveria esperar: bem ruim. Nos jogos em si a imagem não fica tão aquém dos jogos originais, mas a tela inicial com o menu dos jogos é sofrida. Mal dá para distinguir a capa do jogo e as letras ficam todas esquisitas. Tecnicamente falando, não sei o que poderia ser feito, mas por R$499 de preço sugerido eu esperava um pouco mais de capricho.

Atari

Pelo tamanho da tela, o portátil leva vantagem nesse aspecto, e tanto a imagem do menu quanto os jogos são bem mais agradáveis, mesmo que a tela seja pequena (mal tem 3 polegadas). Em questão de material, ele é muito parecido com o console de mesa e não passa sensação de robustez – nem no corpo, nem nos botões.

Atari

O portátil vem com um cabo USB para carregá-lo (sem tomada), saída AV para ligar na TV e saída de fone de ouvido. Algo que me chamou a atenção é que o único indicativo de bateria é uma luz que mostra quando ela está fraca.

Tirando as óbvias diferenças do console de mesa e do portátil, eles usam o mesmo sistema e funcionam da mesma forma: O mesmo menu – todo em inglês, diga-se de passagem – e os mesmos comandos para iniciar o jogo e voltar para o menu principal.

Atari

Nostalgia até demais

O console se mantém muito fiel ao original e ao estilo antigo de jogar. São muitos bip-bips, gráficos retangulares e uma certa dificuldade com os controles que são, pensando no que estamos acostumados hoje, um pouco imprecisos. É uma experiência nostálgica de verdade, seja na parte boa ou na parte “ruim”.

A forma de usar o console também lembra os velhos tempos: para iniciar o jogo, é preciso apertar o botão “start” no console. Para encerrar o jogo e voltar para o menu, apertar “start+select”. O nível de dificuldade também é ajustado pelo console, mas a opção não existe em todos os jogos. Tudo funciona da mesma forma no portátil, mas claro que nesse caso os botões estão todos lado a lado.

Atari

O Atari Flashback 8 vem com 105 jogos, com destaque para Pitfall, Space Invaders, River Raid e Frogger. Curioso que Pac-Man não está na lista, apesar de fazer parte da line-up do console portátil.

O portátil tem menos jogos, mas tem a vantagem do cartão SD. Segundo o site oficial da TecToy nem todas as ROMs .bin funcionam no portátil – algumas não são compatíveis por precisar de dois jogadores, outras não tem graça sem o joystick e algumas terão peculiaridades técnicas. Mas, ainda segundo eles, a maioria é compatível.

Atari

Vale a pena?

Ambos os consoles tem um preço sugerido um pouco salgado – R$499 pelo Atari Flashback 8 e R$479,00 pelo portátil, mas é possível encontrar por um preço mais baixo.

Apesar de todos os jogos de Atari estarem disponíveis por emuladores hoje em dia, a gente entende a magia e a nostalgia do console físico (é só ver o sucesso do SNES Mini). No Atari Flashback 8 você consegue jogar do jeito antigo, como os jogos foram feitos para serem jogados.

Atari

Já o portátil é, na minha opinião, um pouco desnecessário. Se você quer jogar jogos de Atari em qualquer lugar, pode baixar um emulador no celular (lembrando que o próprio console Atari Flashback tem entrada para cartão SD e encoraja a prática). Se é para jogar jogos antigos com controles “modernos”, é melhor ficar com o celular.

E você, é fã das novas versões de consoles antigos? Tem saudades da época do Atari? Conta para a gente aqui nos comentários!

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.

Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Participe agora deixando seu comentário Acesse sua conta
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários