Voxel

They Are Billions é a razão para usar um mouse em seu console

Último Vídeo

Desenvolvido pela Numantian Games e publicado nos consoles pela BlitWorks, They Are Billions é um game que mistura estratégia com sobrevivência e traz uma dificuldade brutal. Nele, você controla uma população com construções no melhor estilo steampunk que se vê rodeada por zumbis que surgem de todos os lados — e sua missão é dar um jeito de permanecer vivo o maior tempo possível.

Após passar um longo tempo no Acesso Antecipado do Steam, o game chegou oficialmente ao Xbox One na última sexta-feira (5) e tive a chance de testá-lo um pouco. Enquanto a experiência em si se mostrou bastante semelhante à do PC, isso não foi algo exatamente positivo: não houve qualquer trabalho em adaptar os controles para os consoles — o que significa que eles se comportam exatamente da mesma forma que um mouse funciona no PC.

O que temos aqui não é algo como a Microsoft fez com Halo Wars 2, em que a interface e os comandos levam em consideração as características únicas de um controle convencional. Em They Are Billions, seu analógico serve como o ponteiro do mouse (em uma versão mais imprecisa), enquanto os botões servem para os cliques e seleções — em outras palavras, o trabalho foi um tanto preguiçoso e é melhor conectar um mouse ao Xbox One para aproveitá-lo.

Experiência tensa

Diante dos problemas que encontrei no console da Microsoft, conduzi minha jogatina de They Are Billions diretamente na versão PC, e digo que não sai decepcionado dela. Em sua versão final, o game mantém a tensão vista no Acesso Antecipado e a concilia com uma interface de uso mais limpa e fácil de entender.

They Are Billions

A princípio, o game funciona como um RTS tradicional: você constrói suas unidades, expande seus domínios e, de vez em quando, pesquisa alguma evolução. O que muda tudo é o fato de que você sempre está cercado por hordas de zumbis e não possui tropas o suficiente para se livrar deles.

Uma “névoa de guerra” garante que o jogador nunca está completamente ciente do que o cerca, algo que adiciona à tensão em geral. Ao contrário de Conan Unconquered, não há sinais claros de que uma horda está nas proximidades, tampouco informações de quantos inimigos você já derrotou.

Para piorar as coisas, um único zumbi pode destruir rapidamente suas estruturas, o que é especialmente preocupante quando eles atacam casas. Quando isso acontece, as criaturas geram automaticamente alguns companheiros – e, se você não responder a tempo, é fácil ter sua base inteira destruída por inimigos que só aumentam em tamanho.

um único zumbi pode destruir rapidamente suas estruturas, o que é especialmente preocupante quando eles atacam casas

Essa facilidade em tomar dano, somado a recursos escassos, é o que torna They Are Billions um game muito interessante. Mesmo nas dificuldades menos elevadas, o game exige que você pense muito bem antes de expandir sua base e aumentar suas tropas ou escolha uma vantagem resultante da escolha de um representante para prefeito, por exemplo.

Sobreviva enquanto pode

Além de oferecer um modo campanha (que ainda não chegou à versão para consoles), They Are Billions traz como sua parte mais apetitosa o modo de sobrevivência. Nele, você escolhe um tema de mapa, a quantidade de inimigos que o rodeiam e o número de turnos que pretende sobreviver.

Quanto mais desafiante a combinação escolhida, maiores serão as pontuações obtidas no final da partida — caso você consiga sobreviver. Embora ter seu nome em destaque num quadro online não seja a maior recompensa do mundo, ele sem dúvida é um motivo de orgulho em um game tão desafiante quanto esse.

They are Billions

Caso você esteja interessado em They Are Billions, esteja ciente de que uma única partida pode durar algumas horas e que não há como fazer múltiplos saves. Ao sair de um mapa, você perde totalmente seu progresso caso crie outro, e morrer significa ter que voltar desde o começo — por aqui, não há segundas chances.

They Are Billions já está disponível com versões para PC (via Steam), Xbox One e PlayStation 4 — plataforma que o recebeu oficialmente nesta terça-feira (9). Caso você busque um título de estratégia desafiante, vale a pena conferir o que ele tem a oferecer — só se assegure de ter um mouse conectado a seu console caso não pretenda ter uma experiência com controles frustrantes.

They Are Billions foi cedido ao Voxel pela BlitWorks

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários