Voxel

Top 13 remakes de games que gostaríamos de ver acontecendo

Último Vídeo

Com a chegada de Resident Evil 2 Remake no começo do ano e a volta de Final Fantasy VII Remake na mídia, a imaginação vai além do horizonte: se esses clássicos da quinta geração foram e estão sendo refeitos, o que mais da era nostálgica poderia ganhar um remake de brilhar os olhos? Aposto que você consegue pensar em alguns nomes, não é mesmo?

Para dar o nosso pitaco no assunto, o Voxel listou 13 jogos, das mais variadas eras que seriam bem legais e aptos a ganharem um remake e reviverem com um novo trabalho de arte, sistema e jogabilidade mais moderna para os padrões atuais. Confira a lista completa:

1 – Star Wars: Knights of the Old Republic

Apesar de Star Wars: Knights of the Old Republic não ser o jogo mais datado dessa lista, ele certamente é uma prova do tempo, com um combate da Bioware que já foi infinitamente aprimorado desde o lançamento do game (basta ver como Dragon Age está hoje). Com a nova trilogia de filmes chegando e o anseio da Disney em explorar períodos da Velha República, um remake cairia muito bem.

AStar Wars: Knights of the Old Republic

2 – Super Metroid

Esse é um pedido arriscado na lista. Super Metroid é praticamente atemporal e é extremamente jogável atualmente. Entretanto, com a Nintendo refazendo Metroid II, com Metroid: Samus Returns, é visível o quanto um remake moderno poderia fazer bem a um jogo que é quase perfeito. Certamente, um gráfico 2.5D de qualidade e pequenos aprimoramentos deixariam o game incrível.

ASuper Metroid de SNES

3 – Resident Evil 3

Sim, Resident Evil 2 já saiu e todos amamos, mas o que custa sonhar com Resident Evil 3? A Capcom é uma das empresas que mais acerta quando o assunto é remake (basta ver Resident Evil HD Remaster e o próprio Resident Evil 2), e não há dúvidas que o terceiro game poderia aproveitar o mesmo nível de qualidade, o que deixaria a trilogia original inteiramente jogável nos dias de hoje.

AJá imaginou um Resident Evil 3 Remake?

4 – Onimusha

Mais uma vez, a Capcom está em destaque (é incrível a quantia de jogos bons que ela tem, não é mesmo?). A franquia Onimusha é muito querida pelos fãs e teve jogos incríveis, mas simplesmente sumiu. Apesar de o primeiro jogo estar prestes a ganhar uma remasterização, o retrabalho para trazer a série de volta à modernidade é que seria ideal.

A

5 – Syphon Filter

Com Days Gone saindo agora e vendo o que a Bend Studio é capaz de criar com novas tecnologias, é difícil não pensar na volta de Syphon Filter, game de ação que marcou a era PS1 com tramas à la “24 Horas” antes mesmo de a série existir. Por se tratar de um jogo de ação em terceira pessoa na era PS1, muitas mecânicas eram experimentais e são bem datadas atualmente. Ter a trama densa com o auxílio de plataformas atuais daria o tratamento ideal que a série de Gabe Logan precisa. Será que existe chance de um remake?

A

6 – Silent Hill

É muito sonhar com a volta de franquias da Konami? Certamente, a franquia Silent Hill é um pouco datada hoje em dia, mas de todos os títulos, o primeiro título é o que mais carece de um remake. Com uma das melhores histórias da série, um clima extremamente pesado e muitos momentos marcantes, o game merecia ser revivido em toda sua glória.

A

Vale lembrar que o jogo já ganhou uma espécie de remake ou reboot no passado, já que se trata de um game que pegou elementos originais, mas modificou muitos outros também, criando recepções mistas entre fãs e críticas. Portanto, o que desejamos mesmo é um remake de altíssima qualidade, mantendo a atmosfera, história e estrutura do game original. Custa sonhar?

7 – Vagrant Story

Vagrant Story foi um RPG que teve muitos elementos à frente de seu tempo. Desenvolvido no final da era PS1, Vagrant Story trouxe mecânicas e um universo sensacionais que, por mais que fossem incríveis na época, hoje são datados no mundo 3D. Assim como outros games foram revividos, como Fallout, Vagrant Story merecia um renascimento na era moderna.

A

8 – Final Fantasy VIII

Final Fantasy VII Remake já está em produção e há remasters de muitos outros. Entretanto, parece que o título certo para a lista é Final Fantasy VIII: afinal, os que vieram antes são clássicos demais para serem modificados e os que vieram na frente são bem mais modernos, tornando o oitavo game o candidato ideal para ganhar um dia de princesa.

AFinal Fantasy VIII

Final Fantasy VIII usa o clássico sistema de turnos com barras ATB, mas foi bem experimental para a época, com mecânicas e sistemas pouco ortodoxos. Como tinha alguns elementos de ação, como os limit breakers mais interativos e a chance de golpes críticos com a gunblade, e uma história mais séria, certamente seria interessante ver um remake.

9 – Need for Speed Underground

Só de falar o nome do game, você já escuta a música do menu, não é mesmo? Need for Speed Undergroud não é o primeiro grande game da franquia, mas certamente é o mais marcante. Sem dúvidas, a EA Games nunca acertou tão bem quanto nos dois jogos da sub-franquia e deixa saudades até hoje.

A

A produtora tentou criar um sucessor espiritual em 2015, mas os componentes online constantes e outros sistemas não tão bem-vindos fizeram o game perder a chance de ser um novo rei das ruas. Com um remake, repetindo a mesma fórmula e até as mesmas músicas, certamente muitos fãs iriam à loucura.

10 – Dino Crisis

Com Resident Evil 2 Remake lançado, é difícil não pensar em outros games e franquias da Capcom que poderiam receber o mesmo tratamento de altíssima qualidade. E. certamente, no coração dos fãs jaz Dino Crisis, o survival horror de dinossauros da empresa.

ADino Crisis

Dino Crisis foi muito ousado para sua época, mas por decisões técnicas (que também foram ousadas) a equipe mudou muito a forma de produção entre Resident Evil e o game de dinossauros, trazendo cenários totalmente em 3D (sem nenhum elemento pré-renderizado) que limitou um pouco as mecânicas e escopo do título. Certamente, ter algo nos moldes de Resident Evil 2 Remake fariam os fãs chorarem: de emoção e de terror.

11 – Black

Durante a era de ouro da EA Games na sexta geração, Black foi um dos jogos que mais se destacou com suas mecânicas de tiro bem acima da média e cenários muito destrutíveis. Apesar de ter uma composição simples, o fator diversão imperou bastante. Ter um remake na Frostbite Engine, com destruição em maior escala e elementos melhores trabalhados com as tecnologias modernas seria um grande presente aos jogadores nostálgicos.

ABlack, de PS2 e Xbox

12 – Parasite Eve

A Square Enix teve uma era bem experimental nos anos 90 com o sucesso gigantesco de Final Fantasy que gerou frutos que marcaram gerações, como Parasite Eve. O game tinha uma história muito densa inspirada no livro homônimo e trouxe diversas mecânicas de RPG com movimentação livre, bebendo de fontes incríveis como Chrono Trigger.

AParasite Eve

Apesar de ser uma obra magnífica, certos elementos de Parasite Eve não sobreviveram ao tempo e hoje podem ser um tanto datados. Um tratamento modernizado, mesmo que na forma mais de remaster do que remake, daria o tom épico e majestoso que Parasite Eve merece na história dos games.

13 – Alone in the Dark

Os mais novos talvez não conheçam, mas Alone in the Dark é um dos pais do survival horror e inspirou diversos games de peso, como Resident Evil. Contudo, a série começou nos primórdios do 2D e até mesmo para os mais saudosistas já beira o intragável. Os títulos mais modernos tiveram altos e baixos, mas nunca carregaram o legado do original.

ASim, esse era o primeiro Alone in the Dark

...

Como quase todos os games desta lista, motores gráficos, técnicas avançadas e tecnologias modernas semeiam o campo para que um Alone in the Dark possa florescer e mostrar o porquê é um dos games mais importantes da indústria.

Top 13 remakes que gostaríamos de ver acontecendo via Voxel

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários