Voxel

Os Vírus de Resident Evil | Ep. 2: T-Veronica, NE-Alpha, G-Virus e mais

Último Vídeo

Os vírus de Resident Evil são tantos que acabam confundindo nossa mente. Por isso, fizemos este especial, que será dividido em 4 partes onde contaremos um pouco sobre cada um deles. 

Nessa segunda parte, veremos dois dos vírus mais perigosos da franquia, T-Veronica e G-Virus, além de outros que também assustaram quem vivia nesse universo.

T-Veronica

  • Origem: Progenitor + DNA de Formiga Rainha
  • Descoberto: 1981-83
  • Por: Alexia Ashford

resident evil

Ele foi desenvolvido por Alexia Ashford, pesquisadora da Umbrella na base da Antártica. Ela o criou misturando o Progenitor com o DNA de plantas e de um vírus antigo de Formiga Rainha.

A primeira cobaia foi seu próprio pai, Alexander Ashford, também pesquisador da Umbrella. A escolha foi uma vingança de Alexia e de seu irmão Alfred, quando descobriram que foram criados em laboratório como parte do projeto CODE: Veronica.

A transformação do vírus é extremamente agressiva e o infectado passa por mutações rápidas, com destruição de células nervosas. Quando o pai de Alexia foi contaminado, ele sofreu uma mutação agressiva e maciça das células e um comprometimento do sistema nervoso. Além disso, o cientista, agora batizado de Nosferatu, começou a produzir um gás venenoso e ter um comportamento bem agressivo.

Com o primeiro teste realizado, Alexia fez modificações, injetou o vírus em si mesmo e entrou em um sono criogênico por quinze anos. Com isso, ela e o parasita atingiram um equilíbrio perfeito, em que Alexia podia tirar proveito das mutações sem comprometer abruptamente seu sistema nervoso. Ela tinha o poder de se transformar ou manter sua forma humana quando quisesse, mas o seu sangue entrava em combustão em contato com o ar.

NE-Alpha

  • Origem: Criada pela Umbrella
  • Descoberto: 1988
  • Por: Pesquisadores da Umbrella França

Virus

O Vírus NE-Alpha foi criado nos laboratórios franceses da Umbrella. Sua principal característica era se estabelecer no córtex cerebral do infectado e, assim, ele seria capaz de receber e cumprir ordens mais facilmente que outras armas biológicas. O objetivo seria controlar qualquer um contaminado com o T-Virus.

Ele foi o parasita responsável pelo Nemesis T-Type, mais conhecido somente como Nemesis, que foi utilizado em Raccoon City para matar os membros restantes da S.T.A.R.S. na cidade.

G-Virus

  • Origem: NE-Alpha + Lisa Trevor
  • Descoberto: 1998
  • Por: William Birkin

g virus

Lisa Trevor, que foi citada lá no começo como a principal cobaia do vírus Progenitor, foi a cobaia para os primeiros testes com o NE-Alpha. O pesquisador William Birkin que concluiu que Lisa dominou o parasita, evitando que ele controlasse seu corpo. Ela foi submetida a diversos testes e o G-Vírus foi detectado. Ele então começou a estudar essa descoberta.

A infecção pelo vírus causa vários processos de mutação descontrolada que geravam um organismo cada vez mais forte. Além disso, os infectados se reproduzem implantando um embrião dentro de outro ser vivo.

Diferente do T-Virus, o G-Virus faz com que o infectado continue sofrendo mutações por si só. Anotem isso, cai na prova!

T+G Virus

  • Origem: T-Vírus + G-Vírus
  • Descoberto: 1998
  • Por: Pesquisadores da Umbrella França

resident

O T+G Virus foi criado, como vocês podem imaginar, da mistura do T-Virus com o G-Virus. Essa mistura desenvolveu a peculiar capacidade de produção de campos eletromagnéticos, que dá choques nos adversários. Embora eficiente, o vírus ainda apresentava instabilidade se o hospedeiro sofresse grandes danos, gerando modificações parecidas com as do G-Virus.

---

Clique abaixo para conferir as outras partes:

E esta foi a terceira parte do especial de todos os vírus da Resident Evil. Semana que vem tem mais!

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários