A Copa do Mundo chega ao Wii, mas não empolga a torcida

A EA Sports preparou uma edição especial do excelente 2010 FIFA World Cup para o Nintendo Wii, mas será que o título está à altura do maior evento esportivo do mundo? Como já era de se esperar, a versão do jogo para o Wii recebeu cuidados especiais, que a tornaram mais acessível e distante do estilo realista das outras edições.

Limitado e totalmente diferente dos outros jogos da linha, a versão do Nintendo Wii leva uma goleada dos outros consoles e não deve manter o apelo após o término da Copa. Seu estilo frenético até garante alguns bons momentos nas modalidades multiplayer, mas no geral decepciona pela superficialidade.

Ao contrário das outras versões de FIFA para os outros consoles, o realismo não é uma preocupação em 2010 FIFA World Cup para o Wii. Assim, os fãs dos bons e velhos jogos de futebol arcades que povoavam as antigas casas de fliperama vão se sentir em casa com a velocidade e o estilo de jogo.

2010 FIFA World Cup South Africa deve agradar aos jogadores mais jovens, que desejam partidas rápidas com lances irreais, muito barulho e brilho na tela. Quem está buscando um jogo realista é melhor continuar procurando — todavia, o título não é de todo ruim, haja vista as funcionalidades multiplayer e o divertido Zakumi's Dream Team.

Time dos sonhos

Zakumi's Dream Team é o ponto alto do jogo. O sistema coloca o jogador no comando de uma seleção composta por jogadores de países que não se classificaram para a Copa contra as 32 equipes que estão de malas prontas para a África do Sul.

A cada partida você tem quatro desafios, vencer o jogo é o básico e os outros três são gerados aleatoriamente — por sinal, estes são incrivelmente variados e inteligentes e vão desde a exigência de um placar mínimo até obrigações mais peculiares, como vencer sem executar um carrinho.

Esses desafios são ordenados por dificuldade e a realização deles determina o nível do jogador que você poderá escolher da equipe adversária — bronze, prata e ouro. Isso mesmo, a cada vitória você tem a chance de “convocar” um craque adversário para a sua seleção.

Assim, se você jogar contra a Argentina, vencer e conseguir alcançar o objetivo dourado, você poderá trazer o genial Lionel Messi para o seu time e assim por diante. O melhor de tudo é que o seu “time dos sonhos” pode ser utilizado em partida multiplayer locais e online.

Diversão em equipe

Apesar de limitadas, as funcionalidades online de 2010 FIFA World Cup são muito bem-vindas. Sem opções de torneios as partidas se limitam aos tradicionais embates diretos, 2x2 e o inusitado, Global Elimination.

Em Global Elimination — que oferece suporte para até quatro usuários — cada jogador escolhe (ou é designado) de duas a quatro seleções, das 199 equipes que participaram das eliminatórias da Copa.

Feita a escolha, os jogadores se revezam desafiando um ao outro, sendo que o desafiante escolhe as duas equipes que vão para campo — introduzindo assim um elemento estratégico no jogo.

Você quer arriscar a sua equipe mais forte contra o time mais poderoso do seu oponente? Ou você prefere poupar a sua melhor seleção colocando-a contra a equipe de menor expressão do seu adversário, na esperança de que outro jogador elimine os trunfos de seus concorrentes?

Troca a chuteira

O sistema de controles é descomplicado, porém horrível. Isso porque a combinação de Wiimote e Nunchuck não proporciona o nível de precisão exigida nos momentos mais “agudos”, sem contar que chacoalhar o controle para chutar e dar carrinhos atrapalha e é extremamente desconcertante no calor da partida.

Acabando a Copa...

Salvo pelos modos Global Elimination e Zakumi's Dream Team o jogo não conta com muita variedade, o que encurta consideravelmente a sobrevida do título — que já é limitada por se tratar de uma edição comemorativa da Copa do Mundo de 2010.

8 ou 80

A dificuldade é inconsistente. O nível mais fácil é pouco desafiador e o médio já se mostra muito difícil para os jogadores menos experientes. A inteligência artificial é capaz de momentos de pura genialidade trocando passes, movimentando-se pelo campo e arrematando de longe. Se o objetivo principal era criar um jogo acessível(Vírgula) uma dificuldade mais linear seria muito mais adequada.

95 ps3
Excelente

Outras Plataformas

65 wii
95 xbox-360