Três facções e muita ação estão presentes na segunda versão da franquia Battlefield.

Desde que foi lançado o primeiro Battlefield, uma seqüência inovadora dedicada exclusivamente à tecnologia e batalhas atuais tem sido esperada. A espera terminou com um petardo fulminante: Battlefield 2 mostra que esta série é inquestionavelmente um divisor de águas em termos de shooters e estratégia, ultrapassando fortemente o antigo campeão, Counter-Strike.

Em uma batalha fictícia em tempos modernos, três grandes aglomerados políticos guerreiam entre si: Estados Unidos, China e Oriente Médio. Cada um deles com 7 kits de personagens especializados em determinadas armas e táticas: Assault, Snipers, Spec Ops, Engineers, Medics, Support e Anti-Tank. Chama a atenção o equilíbrio entre as armas de cada kit das facções assim como a variedade de estratégias a serem desenvolvidas utilizando os mais diferentes veículos.

Tanque, caça, helicóptero ou jipe?

Na versão de lançamento, a desproporção entre as armas similares e veículos de cada grupo era mais acentuada, além do fato de existirem alguns bugs (tão comuns nos jogos atuais, lançados muitas vezes às pressas). Felizmente, vários esses defeitos estão sendo gradativamente corrigidos pelos enormes patches (pacotes de correções) oferecidos pela softhouse. Haja paciência.

Nota-se ainda a famosa dificuldade em pilotar os helicópteros e uma ligeira vantagem dos caças e aviões. Tudo isso deve ser superado pela prática, assim como pelo espírito de equipe, justamente com fato de que um ataque bem programado, independente do meio, pode oferecer grandes resultados.

Fire in the Hole!!!


A existência de um suporte específico de VOIP é algumas vezes animadora e outras vezes decepcionante, já que o bom senso infelizmente não é a maior virtude de alguns tagarelas que permeiam os servidores brasileiros. Isso sem falar na preferência de muitos pelo estilo fragger (jogadores egoístas que só querem saber de matar e não morrer, mais nada). Diante disso, a diversão só será de 100 por cento nos casos em que os jogadores tenham senso de trabalho em equipe.

Uma ressalva importante é que se o usuário pretende adquirir o jogo e não possui banda larga ou possibilidade de jogar em rede, realmente a compra acaba por se tornar uma péssima opção. Os bots ainda possuem dificuldade em superar pequenos obstáculos, ficam às vezes confusos no mapa e sua única virtude é o tiro certeiro, nos níveis mais altos de dificuldade. Single Player então, só pra fins de treino e para iniciantes. Sendo assim, boas horas de irritação serão poupados no modo Multiplayer, já que lá é bem possível que existam grandes feras.

Aleluia! um comandante para organizar este caos

Outro estímulo ao uso de equipes coordenadas é a existência de patentes e comandantes de esquadrões. A cada vitória, êxito com os diferentes kits e quanto maior o tempo de jogo, ponto são acumulados e conseqüente acréscimo de patentes, discriminadas visualmente. A cada partida é possível fazer uma votação e eleger um comandante, que pode inclusive virar um spawn point (ponto de partida). Ademais, o líder tem direito a dados visuais exclusivos sobre o mapa e requisição de suprimentos.

O objetivo principal, já conhecido pelos jogadores da versão precedente, é a conquista e a manutenção do domínio sobre as bases inimigas, demarcadas por bandeiras. Outro parâmetro que define o vencedor são os números de vidas disponíveis para cada time, definidos inicialmente. Quem perder todas elas arca com a derrota. Não obstante, a conquista das bandeiras acelera o processo de vitória.

Projéteis zunindo, disparos por todos os lados

Os gráficos foram incrementados significativamente, com personagens e cenários mais detalhados, assim como a movimentação dos personagens e veículos mais convincentes. As explosões, fumaças e demais eventos de batalha são bastante impactantes e colaboram definitivamente para a diversão. A nova engine realmente proporcionou diversas melhorias em relação ao seu antecessor.

Os efeitos sonoros são reais e na medida certa. Balas zumbindo perto de sua cabeça, morteiros explodindo causando tonteira, rajadas de balas a toda hora - tudo isso é mais do que suficiente para se buscar duas saídas: procurar eliminar a ameaça ou achar um bom abrigo (ok, talvez pegar uma caroninha naquele jipe estacionado).

Muita imersão, mesmo que não hajam submarinos

O jogo possui altíssimo nível de imersão e capacidade para dezenas (por que não dizer centenas?) horas de jogo online. Além do mais, a formação de clãs e amigos com quem você tenha familiaridade de jogo contribuem para tornar o game altamente viciante. Para quem gosta de jogos de tiro que exijam cérebro e pensamento tático, esta será uma das experiências mais gratificantes que se pode ter dentre as opções atualmente disponíveis.

93 pc
Excelente