Ben tem 10 formas diferente de resolver um problema.

Criado pelo grupo Man of Action (formado por Duncan Rouleau, Joe Casey, Joe Kelly, e Steven T. Seagle) e produzido pelo renomado Cartoon Network Studios, Ben 10 acompanha as aventuras de garoto de dez anos, chamado Ben Tennyson, que descobre o poderoso Omnitrix (uma ferramenta capaz de copiar, armazenar e reproduzir o DNA de diversas criaturas), capaz de transformá-lo em várias criaturas diferentes.

Desde a sua estréia na tevê estadunidense em dezembro de 2005, o desenho animado, vinculado no Brasil pelo canal de televisão paga Cartoon Network e na tevê aberta pelo SBT, Ben 10 vem conquistando cada vez mais fãs ao redor do mundo inteiro.

Agora, seguindo uma linha de produtos inspirados na série animada, Ben, seus amigos, familiares e alienígenas finalmente chegam aos videogames em um título que consegue se destacar mesmo sem apresentar grandes novidades.

Basicamente o jogo é o mesmo tanto para o PS2 como para o Nintendo Wii, as maiores diferenças ficam por conta dos gráficos, um pouco melhores no Wii, e da jogabilidade diretamente afetada pelo sistema de controles singular do consoles da Nintendo, por exemplo: para desferir ataques fortes e fracos você deve mover o Wii-mote para cima ou para baixo.


Correndo atrás da forma perdida

Você encontrará algumas dificuldades ao longo dos primeiros níveis, não que a dificuldade do jogo seja muito alta, mas porque ao longo das primeiras fases você contará somente com duas formas: Chama e Quatro Braços.

Isso acontece graças e um pequeno robô, que extrai sorrateiramente o DNA de várias criaturas armazenadas dentro do Omnitrix. Para recuperar seus poderes, ou pelo menos alguns deles, já que o jogo traz apenas cinco das supostas dez formas diferentes de Ben, você terá que controlar o pequeno protagonista ao longo de vários cenários inspirados em locações reais dos Estados Unidos.

Cada nível é constituído por quatro a cinco estágios sendo que um deles será uma batalha contra um grande inimigo (o popular chefão). Após cada luta Ben irá recuperar um cristal de DNA do Omnitrix, nos quais se encontram novas formas, na primeira batalha você recupera o veloz XLR8.

Na segunda parada da viajem de Ben em busca de suas formas perdidas, o jovem herói depara-se com um confronto entre os robôs de Vilgax's e os Cavaleiros Eternos de Enoch. No final desta fase você irá derrotar Enoch e recuperar o DNA de bala de Canhão (Cannonbolt).

Quatro Braços é uma mão na roda!Já na costa oeste, mais precisamente na cidade de São Francisco, Ben descobre que Kevin conseguiu escapar do Vácuo Nulo, trazendo consigo uma espécie de criatura vegetal. Kevin 11 seqüestra Max e foge para uma serraria, na qual Ben 10 deve enfrentá-lo. Após derrotar Kevin 11 e aprisioná-lo de volta no Vácuo Nulo, o jovem Tennyson localiza a grande “mãe” das criaturas vegetais inter-dimensionais, sendo que a forma liberada recuperada é a do alienígena Vinha Selvagem (Wildvine).

Depois desta batalha, já com todas as formas disponíveis recuperadas, você não terá muitos problemas, mas ainda terá um longo caminho pela frente. Vale destacar que você pode simplesmente jogar os estágios principais (as lutas contra os chefes), basta procurar nos cenários pelo estágio marcado com uma caveira verde. Mas quanto maior for a sua experiência mais combos e mais habilidades serão liberadas, o que facilita e muito os grandes combates.

Personalidades multiplas, multiplas possibilidades


Ben Tennyson não sofre de nenhum transtorno psiquiátrico, mas cada uma das formas alienígenas presentes no Omnitrix possui habilidades e personalidades bem peculiares. Mesmo que por trás de cada forma, esteja um garoto de dez anos, cada uma das formas parece transparecer um pouco de sua contraparte real, cujo DNA fora copiado e armazenado no Omnitrix.

Tendo em mente as singularidades de cada alienígena, você terá que utilizar um determinado grau de planejamento estratégico, escolhendo o alienígena certo para cada tipo de trabalho, por exemplo: se o problema pode ser resolvido com força bruta, nada melhor do que usar o poderoso Quatro Braços (Fourharms).

Chama (Heatblast) é um alienígena que veio diretamente de um Sol, Pyros. Envolto em chamas, ele é capaz de disparar rajadas de fogo pelas mãos e absorver chamas presentes no cenário, além disso, ele também pode deslizar pelo ar.

XLR8 é o velocista da turma, oriundo do planeta Kinet (em alusão à física, cinética, movimento, energia), o personagem possui reflexos rápidos e a habilidade de alcançar a velocidade de 480 km/h.

 Bala de Canhão (Cannonbolt) faz jus ao seu nome. Com uma resistente carapaça envolvendo o seu corpo, ele é capas de transformar-se em uma verdadeira bala de canhão, destruindo tudo e todos em seu caminho.

Vinha Selvagem (Wildvine) é uma espécie vegetal com a capacidade de expandir qualquer parte de seu corpo bem como a propriedade de crescer espinhos. Sendo uma forma de vida vegetal, Vinha Selvagem tem a capacidade de se fundir com a terra e as plantas. Ele possui sementes em suas costas que pode utilizar como bombas.

“Ben” na foto


Os gráficos não exigem muito do hardware do Wii, mas mesmo assim oferecem uma apresentação interessante sem destoar muito de todo o ritmo do jogo. Mesmo não explorando muito o potencial do console, o visual de Ben 10: Protector of Earth é condizente com a jogabilidade e o que é melhor extremamente apropriado ao universo do desenho animado.
Tá calor aqui eu sou eu que to pegando fogo?
O jogo utiliza o popular filtro cel shade para conferir um toque especial as suas animações. Os traços em 3D, com contornos bem destacados deixam bem claro a influência artística do desenho vinculado nos canais SBT (televisão aberta) e Cartoon Network (televisão paga).

Em relação ao som do jogo um grande critica fica por conta da falta de variedade de trilhas e efeitos. Ao mesmo tempo, vale destacar o trabalho de dublagens do elenco original do desenho, que fez todas as vozes do jogo.


Para todas as idades


A história do jogo pode muito bem ser considerada como um episódio do desenho animado, fato que irá agradar em cheio a todos os fãs da série. A trama e a jogabilidade usa e abusa da mitologia criada pelo grupo, Man of Action.

O estilo cartum do título confere uma leviandade ao gênero que vem associando-se cada vez mais a violência, sexo e muito sangue, o beat ‘em up, visto em jogos como God Of War e Conan.

O jogo é uma boa pedida para jogadores inexperientes, por conta da sua dificuldade não tão desafiadora e curta duração (um dos grandes defeitos do jogo). Uma vez terminado o jogo você ficará com a impressão de que a experiência poderia ter sido mais explorada pelos desenvolvedores, deixando um gostinho de “quero mais”.


Mesmo sem apresentar grandes diferenças entre as versões para PS2 e para o Wii, o jogo acaba ficando mais atraente para o console da Nintendo justamente pela escassez de títulos semelhantes na plataforma. Ben 10 é um tiro certo para todos os fãs da série e para os donos de Wii ansiosos por um bom jogo de ação.

 

67 wii
Regular

Outras Plataformas

67 ps2