O FPS não foi reinventado aqui, mas o game não deixa você na mão

Em Blacklight Retribution, você não vai encontrar algo excepcionalmente inovador. Entretanto, se você é fã incondicional do gênero, temos aqui um prato-cheio, pois este título consegue misturar elementos clássicos e inovadores em uma receita explosiva.

Ao todo, estão disponíveis aqui cinco modalidades: Team Deathmatch, Deathmatch, King Of The Hill, Domination, Capture The Flag. Blacklight Retribution é feito especialmente para quem quer apenas enfrentar outros jogadores online, pois o game não oferece modos de campanha individuais e offline. Enfim, confira agora tudo o que achamos do mais novo lançamento da Perfect World Entertainment.

Em um panorama geral, pesando prós e contras, Blacklight Retribution realmente não decepciona. Ele não oferece gráficos exuberantes, mas também não trata deste quesito com desleixo, o que é um ponto bastante positivo. Quando o assunto é diversão, também não há o que reclamar, pois os vários modos de jogo dão diversas possibilidades para o jogador.


Além disso, o grande trunfo de Blacklight Retribution é ser gratuito, ou seja, você não perde nada em tentar jogá-lo. Se faltam inovação e uma extensa variedade para quem não quer gastar nenhum dinheiro real, o título merece a sua atenção por ser um meio termo entre um FPS clássico e um game moderno.


Se você quiser tirar suas próprias conclusões, faça o download gratuito de Blacklight Retribution no Baixaki.

Personalização à vontade

Com os créditos arrecadados dentro do jogo, você pode fazer praticamente tudo. Cada equipamento de seu personagem, desde capacetes e botas até partes da arma que você carrega, tudo pode ser personalizado. São várias opções para customização, que, além de alterar o visual, mudam também suas habilidades e seu desempenho de jogo.

Nesse quesito, Blacklight Retribution não só oferece uma grande variedade de itens, mas também dispõe tudo de maneira organizada. Isso permite que você adquira novos objetos de forma ordenada, sem deixar nada para trás.

Evolução do personagem

Blacklight Retribution é um FPS, mas se assemelha muito a um RPG em certos momentos. A parte interessante, aqui, fica pela evolução que o personagem apresenta a cada novo nível.  Além disso, cada vez que alcança uma nova graduação dentro do jogo, você tem acesso a diversos novos itens, aumentando a variedade de armas e equipamentos.

Visão além do alcance

Se você é um jogador de FPS que não gosta de campers, Blacklight Retribution tem uma ferramenta bem interessante para lhe ajudar: a chamada HRV (visão de hiper-realidade, em tradução livre). Ela permite que você veja, de qualquer local do cenário, onde estão os demais jogadores.

Pode parecer que o sistema facilita muito as coisas, mas não é bem assim, pois ele acaba por exigir mais cuidado dos jogadores que querem ficar escondidos e esperando os desavisados. Além disso, este sistema funciona como uma espécie de radar, indicando onde estão aliados e adversários no mapa (Blacklight Retribution não oferece um radar convencional).

Jogabilidade sem problemas

Em Blacklight Retribution, jogadores de outros FPS não vão encontrar problemas para se adaptar, pois a jogabilidade aqui não foge do convencional do gênero. Por exemplo, vale destacar a possibilidade de ativar o zoom da arma e continuar andando (apenas caminhando, pois não é possível correr nesse modo de visão), o que dá mais mobilidade na hora de disparar com precisão contra um inimigo.

Variedade

A variedade de modos de jogo é um ponto-chave, afinal, contempla aptidões de diversos tipos de jogadores. Independente de gostar de matança desenfreada ou de modalidades mais estratégicas, você vai encontrar seu espaço.

Mais benefícios? Só pagando

Blacklight Retribution é um jogo completamente gratuito e também não oferece propagandas para seus jogadores. Porém, tudo o que é disponível para quem não quer gastar dinheiro vivo no jogo acaba sendo limitado. Ainda são várias opções grátis, porém a grande maioria delas (e as melhores, vale dizer) é oferecida para quem estiver disposto a comprar.

Um exemplo disso é a liberação de novos espaços para montar conjuntos de equipamentos. Aqui, você pode montar uma combinação de arma primária e secundária e, no início, apenas um “loadout” (nome dado a cada espaço para duas armas) está disponível para você. Se quiser mais, você tem duas opções: comprar usando dinheiro vivo ou esperar até alcançar determinado nível e receber isso como prêmio.

Problemas ao equipar novas armas

Essa é uma daquelas funções que, depois de aprendidas, ficam simples até demais. Contudo, a princípio, equipar novas armas no Blacklight Retribution não é uma tarefa tão intuitiva como costuma ser em games do gênero. Não há simplesmente uma opção de “definir uma nova arma” e é provável que muita gente se bata um pouco no início.

Gráficos bons, mas nada excepcionais

A parte gráfica de Blacklight Retribution não é ruim, principalmente se forem levados em conta os detalhes presentes nos corpos dos personagens durante a partida. Entretanto, um olhar mais cuidadoso sobre as armas exibidas no painel de compra ou então para os detalhes dos cenários ao fundo mostra falhas significativas.

Sem armas novas durante a partida

Em outros games, você pode adquirir armas no início dos combates ou então selecionar um conjunto de equipamento antes de cada round, mas não em Blacklight Retribution. Você não pode trocar de armas durante uma disputa, salvo se coletar algo deixado por outro jogador morto. Isso diminui as possiblidades de mudança de estratégia enquanto a guerra se desenrola, limitando bastante a variação de jogo.

85 pc
Ótimo