Jogo para crianças baseado no filme diverte e conta com poucos problemas.

O estúdio de animações Pixar já nos presenteou com diversos filmes memoráveis. O primeiro trabalho da companhia foi Toy Story, em 1995, mas a aventura de Woody era apenas o começo. Com o passar do tempo, diversos outros sucessos chegaram ao cinema, como Procurando Nemo, Carros e outros, que conquistaram tanto o público quanto a critica.

Felizmente, o mundo dos games também recebeu muitas destas obras-primas. Desta vez, Up Altas Aventuras é animação da vez, que também chega ao entretenimento eletrônico com um jogo homônimo lançado pela Positivo Informática no Brasil. Disponível para PlayStation 3, PC, Xbox 360, PlayStation 2, Nintendo Wii, PlayStation Portable e Mac, o jogo traz toda a aventura em um formato ideal para as crianças.

O jogo narra a aventura de Carl Fredericksen, o senhor que busca cumprir uma promessa feita à sua falecida esposa, Ellie, e do simpático Russel, um escoteiro que fará de tudo para conseguir suas importantíssimas insígnias, mesmo que isso signifique prestar ajuda ao rabugento Fredericksen.


Com mais de 20 capítulos e com cerca de 6 horas de duração, o modo principal do game diverte através de uma fórmula típica dos games clássicos de aventura. A campanha linear carrega o jogador por diversos momentos do filme, mas, mesmo assim, consegue ficar sem revelar informações importantes que possam estragar a experiência daqueles que não assistiram e pretendem assistir a versão cinematográfica de Up.

A jogabilidade é limitada — não há controle de câmera, por exemplo —, mas consegue oferecer uma jogatina quase livre de frustrações. Cada um dos personagens conta com habilidades específicas. Carl, por exemplo, possui ataques mais potentes e um alcance maior devido à sua bengala. Já Russel possui acessórios de dar inveja e também um espelho que funciona como uma pistola de raios de sol.

Você pode optar por jogar sozinho ou no modo cooperativo, que permite a entrada e saída rápida do segundo jogador. Quando jogando sozinho, você pode alterar entre os personagens com um simples toque de um botão, ou simplesmente deixar que a inteligência artificial — que não colabora em alguns momentos — assuma o controle de seu companheiro.

Vai uma ajudinha aí?

Além disso, existem diversos modos no formato de minigames, como corridas com canoas improvisadas e outros. O jogador também tem acesso a novos itens que servem como novas habilidades durante sua jornada, e também pode controlar outros dois personagens do filme: Dug, o cão, e Kevin, o misterioso pássaro. Estes dois companheiros são utilizados somente para resolver alguns quebra-cabeças.

Em suma, Up oferece uma experiência simples e divertida, indicada principalmente para o público infantil. O foco no trabalho em equipe também é uma iniciativa bacana da desenvolvedora, a Heavy Iron, servindo como um jogo que também educa.


Aprovado

Do que gostamos


Fácil e com poucas frustrações


Boa parte de Up apresenta caminhos fáceis e que não oferecem qualquer frustração ao jogador. O gamer pode encontrar frutas que regeneram sua vida, e não precisa se preocupar com a falta de estoque. Além disso, não há como morrer, o máximo que pode acontecer é seu personagem ficar sentado por algum tempo e com suas habilidades limitadas. Mas nada de Game Over.

Trabalho em equipe


Essencial Outro elemento bacana de Up é o foco no modo cooperativo. Com um esquema de jogabilidade que relembra o clássico The Lost Vikings, o game disponibiliza dois personagens que podem ser controlados por até dois jogadores. Sem dúvidas, a experiência com dois gamers se torna muito mais divertida e amplia a longevidade do título. Felizmente, jogar sozinho também é uma escolha, e o desafio até aumenta, pois o jogador deve resolver tudo sozinho enquanto troca de personagens.

Desbloqueando oportunidades

Ao percorrer sua jornada no game, você acabará liberando diversos modos e itens extras. Além de poder visualizar artes conceituais, imagens em alta definição, filmes e até mesmo utilizar trapaças, o jogador também tem acesso a novos minigames, que são semelhantes aos disponibilizados no modo campanha.

Variedade na jogabilidade

Felizmente, Up não se resume a correr e eliminar inimigos. Há uma variedade razoável nos eventos do game. Além dos já mencionados minigames que ocorrem durante o modo campanha, você também terá de completar diversos objetivos realizando ações diferentes, como utilizar a corda de Russel para guiar Carl e muito mais. Uma adição muito bem-vinda, que torna o game mais atraente.

Quebra-cabeças interessantes

O jogo oferece a oportunidade de assumir o controle de Kevin, o pássaro maluco do filme, e Dug, o cão falante, em momentos em que você deve quebrar a cabeça para resolver determinados desafios. Alguns puzzles relembram bastante o clássico Goof Troop, jogo do Pateta e Max para Super Nintendo, e são realmente bacanas pelo fato de estimular a criatividade das crianças.

É melhor correr!

Engraçado

Assim como a versão cinematográfica, Up também consegue arrancar risadas dos jogadores com seu humor peculiar. As dublagens originais foram mantidas, o que garante um trabalho ainda mais bacana graças ao desempenho excelente dos atores. A personalidade dos protagonistas também está presente no game, e você irá se divertir muito com o humor de Carl.



Reprovado

O que espantou o BJ... No mau sentido

Ocasionais problemas

Conforme mencionamos há uma razoável variedade na jogabilidade. Entretanto, alguns minigames podem ser realmente frustrantes devido ao seu formato. Nas partes em que o jogador controla a canoa improvisada, por exemplo, não é permitido qualquer toque no corpo dos inimigos ou dos objetos perigosos. Caso isto aconteça, você terá de recomeçar instantaneamente o desafio, o que não é nada agradável. O mesmo acontece em todos os minigames que contêm esta estrutura.

Visuais não tão “Pixar” assim

Segura peão Certamente, o estúdio Pixar é conhecido pelas suas impecáveis animações. Contudo, no game os visuais não seguem esta tradição. As texturas em si relembram a sexta geração dos consoles (principalmente na versão para PC), e a modelagem também não agrada. Além disso, os vídeos não estão em alta definição, e apresentam-se numa qualidade inferior a do game.

Quase exclusivo para as crianças

Sem dúvidas, se você é um jogador hardcore provavelmente não verá muitos atrativos em Up. O jogo é completamente casual, e não pode ser comparado com gigantes da indústria. É impossível morrer e não há limite de vidas, e os desafios não são tão ferrenhos assim.

Avaliação Final

Vale a pena?

Você pode até torcer o nariz, mas as crianças vão adorar. Up é um jogo simples, com uma proposta fácil e até educativa. Mesmo que não conte com gráficos de ponta, o game satisfaz por conter poucos elementos frustrantes e pelo foco no trabalho em equipe.

Infelizmente, não é possível compará-lo com os grandes games da indústria, mas, em relação aos outros jogos baseados em filmes, que, normalmente sofrem com bugs e erros, Up se sai bem. Um jogo casual para o público casual. Sem mais nem menos.
 
78 pc
Bom