Emergency Heroes é um caso de risco para os fãs do Wii!

Que criança nunca sonhou em seu um policial, um bombeiro ou ainda um paramédico, podendo assim salvar vidas e auxiliar a sociedade, tornando-se um grande herói e sendo reconhecido como tal?

Nem nas imagens mais apelativas o jogo parece atraente! Poucas, isso é certo! E é pensando nisso que os designers da Ubisoft desenvolveram Emergency Heroes. Afinal, que criança não adoraria correr no veículo de um super-policial, bombeiro e paramédico do futuro?

Bem, por incrível que pareça, o resultado do jogo foi tão, mas tão terrível, que muitas crianças, mesmo aquelas menos exigentes, irão preferir deixar de lado a experiência como um grande herói salvador de milhares de vidas a jogar Emergency Heroes.

O jogo é simplesmente terrível. Chega a ser difícil pensar por onde começar a chuva de críticas ao título da Ubisoft, e portanto a opção de início mais adequada seja dizer que, provavelmente, este seja o pior jogo produzido pela empresa nos últimos anos.

Dói imaginar que a mesma desenvolvedora de sucessos como Prince of Persia, Assassin’s Creed e toda a série Tom Clancy tenha criado algo tão vergonhoso e insuportável que mesmo os fãs não consigam passar mais de duas horas em frente ao console.

Até linhas retas possuem serrilhados!


A qualidade gráfica de Emergency Heroes é simplesmente uma das piores já encontradas na nova geração de consoles: o jogo possui serrilhado em quase todos os modelos gráficos, que ainda por cima são visivelmente pobres.

As texturas são extremamente simples, e em diversos casos nem sequer existem. É comum encontrar paredes que são feitas de uma só cor chapada, ainda por cima, uma cor extremamente brilhante e visivelmente saturada, lembrando títulos futuristas como F-zero, do SNES.

Quanto tempo você pode olhar para essa imagem sem gritar? Em suma,  a soma de efeitos gráficos de Emergency Heroes, resulta num show de pobreza que é insultante até mesmo para o Nintendo Wii, que possui o potencial gráfico mais baixo entre os consoles de nova geração.

A trilha sonora do jogo também não fica atrás, com músicas fracas e de baixíssima qualidade, bem como uma atuação de voz simplesmente terrível aliada a efeitos sonoros que farão o jogador desligar o console mais cedo, devido à irritação proporcionada.

Não jogue Emergency Heroes, nem em caso de emergência!

Esta é uma conclusão perfeita para a análise de Emergency Heroes! O jogo da Ubisoft não merece a menor atenção, mesmo que você seja fã de games simples. Muitos jogos em flash chamam mais atenção do que este jogo para o Wii, que ainda por cima custa mais de R$100,00 no Brasil.

As explosões perdem a graça na segunda missão. É claro que visualmente, os jogos em flash podem não atingir a mesma qualidade que Emergency Heroes, porém chegam perto e, em muitos casos, ainda oferecem uma variedade de modos bem maior que a deste.

O que salva o game são os sete modos multiplayer oferecidos, que aumentam um pouco a diversificação. Entretanto, como o Wii não conta com rede de multiplayer online, como é o caso do Xbox 360 e do PlayStation 3, só é possível jogar no mesmo console, numa tela dividida.

Concluindo, se você possui um Nintendo Wii e dá valor ao seu console, passe bem longe de Emergency Heroes! O jogo está em estado calamitoso, e não merece a menor atenção de qualquer público, ainda que seja o menos exigente de todos!
34 wii
Vergonhoso