Sangue e bolo: A guerra por uma princesa gorda.

Nem sempre os vídeo games possuíram seu foco principal em realismo, qualidade gráfica, sonora e em experiências completamente violentas. A diversão costumava ser o foco dos jogos até alguns anos atrás, quando a era das três dimensões entrou em cena e os visuais gráficos foram, aos poucos aperfeiçoando-se para chegar às Um dos cenários do jogo é um navio maravilhas que vemos hoje.

Entretanto, a prova de que a diversão deve sempre imperar no mercado de games é o lançamento, mesmo nos dias atuais, de jogos simples, que oferecem uma temática interessante e capazes de cativar milhões de jogadores ao redor do globo, ainda que oferecendo gráficos simplificados.

É o caso de Fat Princess, jogo exclusivo da PlayStation Network que oferece uma proposta hilária e única, reaproveitando uma mecânica de jogo já existente e adaptando-a para um jogo único no mundo.

Já existem jogos de tiro, de estratégia, de aventura, luta, mas Fat Princess é o único jogo de “engordar princesas”. É isso mesmo, o título coloca o jogador em uma equipe que controla um castelo, mantendo a princesa do time inimigo presa. Ao mesmo tempo que o jogador deve impedir que resgatem sua prisioneira, é preciso salvar sua princesa das garras adversárias.

CTP – Capture The Princess


Os fãs de jogos de tiro online como as séries Unreal Tournament e Quake já estão familiarizados com a sigla CTF, que vem da expressão inglesa Capture The Flag. Neste modo de jogo, um time deve roubar a bandeira do outro, enquanto impede que os adversários cheguem até sua bandeira.

A equipe que levar a bandeira adversárias até a base aliada mantendo sua bandeira segura marca ponto. Fat Princess reaproveita esta excelente idéia, mas com alterações substanciais na aventura.

São poucos mapas, mas a diversão é garantida por muito tempo

A primeira diferença é que neste modo, ao invés de bandeiras, o jogador mantém a princesa inimiga presa no calabouço de um castelo. Para dificultar que o adversário carregue a princesa até o trono, é possível coletar fatias de bolo espalhadas pelo mapa e levar até a princesa adversária, que irá engordar, dificultando para os inimigos carregá-la.

Trocando de classe como se troca de chapéu


Os jogadores podem optar por uma entre cinco classes: mago, clérigo, guerreiro, arqueiro e trabalhador, sendo que estes últimos são capazes de coletar recursos (madeira e metal), com o qual podem construir aperfeiçoamentos para o castelo.
Sangue e bolo: a guerra por uma princesa gorda
Além de serem capazes de construir um portão que bloqueia a passagem inimiga, podem aperfeiçoar as máquinas de produção de chapéus (com os quais se define cada uma das classes), uma catapulta que faz os jogadores atravessarem até próximo ao castelo inimigo, pontes levadiças e muito mais.

Cada uma das classes possui um chapéu específico, e é possível trocar de classe a qualquer momento pressionando o círculo próximo a um chapéu diferente. Quando os jogadores morrem, deixam seus chapéus no cenário, e é possível utilizá-los para trocar de classe, sendo que mesmo os chapéus inimigos podem ser roubados.

Diversidade impressionante


Como se não bastassem as cinco classes do jogo, elas ainda podem trocar de armas. O Guerreiro, por exemplo, possui uma opção com espada e escudo e outra onde porta uma alabarda, arma com haste longa e uma lâmina similar à de um machado na ponta.

Já o arqueiro possui como segunda arma uma bacamarte, espécie de espingarda antiga, do início das armas de fogo. O Mago pode soltar feitiços de fogo ou de gelo, seja em raio, simplesmente pressionando quadrado, ou lançando em um único adversário, ao pressionar L1 para mirar.

O clérigo pode tanto usar túnica branca quanto negra, e enquanto no primeiro caso possui a habilidade de curar os aliados, no segundo pode drenar a vida do inimigo. Pro sua vez, o trabalhador possui como arma primária um machado e arma secundária uma bomba.

Modos de jogo

Além do modo Save the Princess, que como já foi dito equivale ao clássico Capture the Flag, também existem outros três modos: Snatch’n Grab, onde o jogador deve capturar postos avançados, que são espécies de torres de controle para roubar a pontuação inimiga, similar ao modo Assault de Battlefield.


Team Deathmatch e Invasion são os outros modos disponibilizados. Além disso, existe a opção “gladiar!”, onde o jogador escolhe uma classe e vai até uma arena, dotada de três portões. Os adversários saem dos portões em ondas e você deve lutar o máximo possível, buscando sobreviver.

Estilo cartoon na PSN

Os jogos no estilo cartoon parecem estar tomando conta da PlayStation Network e da Xbox Live Arcade, e o mais impressionante é que eles estão fazendo muito sucesso. Depois de Castle Crashers, um jogo no estilo plataforma que fez muito sucesso.

Ao invés de oferecer um jogo tridimensional repleto de efeitos especiais mas com qualidade gráfica baixa, os desenvolvedores estão optando por gráficos simples, mas de grande qualidade visual.

Fat Princess é um exemplo claro deste novo estilo gráfico: o jogo possui um visual de muita qualidade, permitindo ainda uma variedade de modificações para os personagens simplesmente impressionante.

Cortar lenha faz parte da guerra

Como se não bastasse, é possível optar por três níveis de exibição de violência, um sem violência, um com sangue e outro com sangue e desmembramentos. Isso permite que o jogo seja disponibilizado tanto para crianças como para adultos.

História hilária

A aventura single player pode não ser o principal atrativo do jogo, mas sem dúvidas é uma grande vantagem em Fat Princess. Como o jogo é inteiro em português de Portugal (tanto texto quanto narração), torna-se muito mais fácil compreender a história do jogo.

Além disso a contextualização da proposta de alimentar garotas até elas tornarem-se muito pesadas e não poderem ser carregadas para fora do calabouço onde estão aprisionadas só poderia ser cômica.

Modo online impressionante

Definitivamente, a melhor funcionalidade de Fat Princess é o modo online, onde o jogador pode competir em partidas com 32 jogadores, sendo 16 para cada time, em combates frenéticos com o objetivo de devolver a princesa a seu trono de origem.

A experiência online é fantástica, mas, infelizmente, o Baixaki Jogos encontrou sérios problemas para jogar com outros jogadores. Possivelmente o motivo tenha sido uma sobrecarga nos servidores, já que testamos o título na noite de seu lançamento, mas não podemos deixar o alerta para trás.

Engorde a princesa inimiga


Como já ficou claro até o momento, Fat Princess é uma das melhores experiências que o Baixaki Jogos já viveu na PlayStation Network. Se toda a qualidade do título não é suficiente para convencê-lo a adquirir o título, o valor ínfimo de US$ 14,99, aproximadamente R$ 30,00, é muito digno da aquisição.


Portanto, se você já está com o HD do seu PlayStation 3 abarrotado, não se preocupe: o título pesa apenas 370 MB, mais uma vantagem, pois dependendo de sua conexão, é possível começar a jogatina em menos de meia hora!

95 ps3
Excelente