Final Fantasy: The 4 Heroes of Light
Seu Review foi enviado com sucesso.
Enquanto ele fica pendente de aprovação, dê sua nota para o jogo. Sua opinião é importante para a comunidade!

Final Fantasy: The 4 Heroes of Light

Avaliar este jogo
Voxel
Final Fantasy: The 4 Heroes of Light

Final Fantasy: The 4 Heroes of Light

Fazer review
83
Nota
do Voxel
Avaliado no DS
Nota
da comunidade
Avaliar este jogo
Últimas atividades
Nenhum resultado

Review enviada por

Dica enviada por
Carregar Mais
Ficha Técnica
Data de lançamento 05/10/2010
Classificação Para maiores de 10 anos
Desenvolvedora Matrix Software
Distribuidora Square Enix
Número de jogadores 1-4
Sobre

É o primeiro game da famosa franquia feito especialmente para Nintendo DS. The 4 Heroes of Light ficou nas mãos hábeis dos desenvolvedores dos remakes de Final Fantasy III e Final Fantasy IV para o pequeno console. Designs de personagens e desenhos temáticos foram criados pelo aclamado Akihiko Yoshida, que trabalhou também em Final Fantasy XII.

No pequeno reino de Horne, Brandt acorda no seu 14º aniversário. Segundo a tradição, o pequeno personagem deve ir ao castelo para se apresentar ao rei. Obviamente, nem tudo sai como o esperado. Ao chegar no castelo, Brandt encontra um rei maluco, pois a princesa foi abduzida pela Witch of the North (Bruxa do Norte). E assim, a pedido do rei, começa a aventura: salvar a princesa.

Este game conta com modos single player e multiplayer que relembram as origens da franquia. Como o nome do jogo sugere, é possível combater os seres malignos ao lado de até três amigos. A área multiplayer permite que os jogadores coletem Battle Points, pontos que podem ser trocados por itens raros. Esses itens, por sua vez, podem ser utilizados no modo single player para que o gamer possa enfrentar os diversos desafios à frente com mais facilidade.

Dentro de combate, as ações ocorrem com base em Action Points e o jogador deve apenas selecionar uma combinação de comandos para vencer os conflitos baseados em turnos. Enquanto isso, o Crown System permite que o gamer alterne livremente as classes do personagem controlado através de uma ação simples: mudar o chapéu vestido pelo protagonista. Há mais de 24 “jobs” à disposição, incluindo os tradicionais Black Mage, White Mage e Ranger.

Ver mais