Flexível e desafiador, este game da EA faz você suar a camisa.

Tênis é um esporte comumente abordado pelos desenvolvedores de jogos (ainda mais por aqueles que fazem jogos para o Nintendo Wii). O difícil é criar uma experiência convincente através de uma jogabilidade prática, fluida e dinâmica. Normalmente, os desenvolvedores acertam apenas em alguns pontos, que infelizmente não salvam o resto da experiência.

A Electronic Arts resolveu arriscar um pouco mais que o normal, fazendo um jogo que mistura todo o estilo arcade do console de última geração da Nintendo com elementos de simulação. A jogabilidade de Grand Slam Tennis realmente traz um novo nível de desafio para os usuários do Wii, pois, apesar de não contar com nenhuma complexidade nos controles, envolve fortemente os fãs do esporte.


Para uma maior precisão dos comandos realizados pelo jogador, a EA adicionou o suporte ao acessório Wii MotionPlus, que pode ser encaixado na parte inferior do Wii Remote. O acessório gera uma incrível diferença na resposta dos movimentos e torna a jogabilidade muito mais atraente. Infelizmente, quem não possui o Wii MotionPlus pode ficar um pouco decepcionado com o game.

  • Bem-vindo ao Grand Slam

Abordando os campeonatos do circuito Grand Slam como proposta central do game, os desenvolvedores não se contiveram ao adicionar elementos um pouco mais arcade. Aprender as habilidades de grandes tenistas e participar de desafios um pouco mais "dinâmicos" são quesitos que contam a favor da proposta única da EA.

Estão presentes todos os quatro campeonatos do circuito: Australian Open (Austrália), French Open (França — mais conhecido como Roland Garros), Wimbledon (Reino Unido) e US Open (Estados Unidos). É necessário um bom treinamento antes de tentar alcançar o título de um desses torneios, por mais que o jogador tente vencer nos níveis mais baixos de dificuldade (Easy e Medium).

Ser um campeão não é fácil

Antes de embarcar fundo no modo Career, é primordial conhecer os princípios básicos da jogabilidade através do modo Practice ou das partidas rápidas. É de fundamental importância descobrir como empregar diferentes efeitos na bola através dos botões A e B e através dos movimentos giratórios do Wii Remote.

A direção da bola é feita através da profundidade com a qual o jogador movimenta o controle. Por exemplo, um movimento curto faz com que a bola se movimente na direção paralela em relação à posição do tenista. O Nunchuk serve apenas como forma auxiliar de movimentação do esportista, mas é possível circular pela quadra através do painel de botões direcionais do Wii Remote.

No entanto, é complicado jogar apenas com o Wii Remote, visto que é muito ruim utilizar um dedo para movimentar o tenista rumo à bola e rebater empregando um efeito com o botão A. Felizmente, o jogo mostra como realizar efeitos como Top Spin, Slice e Lob, famosos no mundo do tênis. Nada melhor que o Wii para agrupar todas essas possibilidades em uma jogabilidade extremamente interativa.

  • Crie o seu tenista e boa sorte!

A sorte realmente pode ajudar em bolas decisivas (que, por muito pouco, geram pontos ou não de acordo com a distância em relação à linha), mas é a habilidade do jogador que determina o sucesso. O tempo de aprendizado de Grand Slam Tennis é um pouco maior se comparado com os demais games de tênis devido ao estilo peculiar que a jogabilidade apresenta.


Enfim, para que os jogadores possam se sentir mais confortáveis durante as partidas, há a chance de criar um tenista personalizado antes de partir para os campeonatos. O Locker Room não oferece opções avançadas de personalização quando o assunto é aparência física, mas conta com uma boa variedade de equipamentos esportivos à escolha. Adidas, Reebok e até mesmo EA são exemplos de "patrocinadores" dos tenistas criados.

De início, o esportista é um tanto amador, pois não conta com nenhuma experiência nas quadras. Entretanto, basta que o gamer realize boas jogadas contra seus oponentes e vença as partidas para que o nível Star Rating seja elevado. Com alguns minutos de sucesso, o jogador tem a oportunidade de ganhar meia estrela, considerando que há até cinco estrelas para a determinação do nível do tenista.

Tenistas experientes Além disso, o modo principal de Grand Slam Tennis faz com que o gamer tenha que passar por uma série de desafios interessantes contra tenistas famosos para a aquisição de habilidades. Até três habilidades únicas podem ser escolhidas pelo jogador antes das partidas. É possível, por exemplo, adquirir o potente saque de Venus Williams ou o eficiente Top Spin no "forehand" de Rafael Nadal.

O game agrupa 23 tenistas de épocas diferentes, sendo que você pode enfrentar Roger Federer em uma partida e o lendário Bjorn Borg em outra. O mix de esportistas é muito interessante e colabora fortemente para que o jogo carregue uma atmosfera bastante descontraída, por mais que o nível de desafio seja relativamente elevado. É possível praticar o esporte em até 12 quadras variadas.

  • Divertido... Depois de muitos minutos de jogo

As irmãs Williams em quadra É preciso ter muita paciência para conhecer a mecânica de Grand Slam Tennis. Demora um pouco também para que o jogador se familiarize com os vários modos de jogo oferecidos. O Party Mode, por exemplo, é muito bom para quem quer jogar até três amigos no mesmo console, pois não conta apenas com partidas normais, mas sim com uma série de desafios cativantes.

Os visuais do jogo são bons, mas não utilizam todo o potencial técnico do Nintendo Wii. A EA poderia ter feito um polimento maior antes de lançar um jogo no qual os juízes ficam estáticos na maior parte do tempo. As animações da torcida são pobres e tudo o que não diz respeito aos tenistas é apresentado de forma fraca e simplória.

A câmera se movimenta de forma estranha, fazendo com que a quadra fique inclinada se o tenista estiver bastante deslocado para um dos lados da quadra. Há quem prefira um modo multiplayer sem divisão da tela, mas é possível se divertir com a tela dividida se os jogadores participantes contarem com acessórios Wii MotionPlus anexados aos controles.


A ambientação, de modo geral, é simples e não apresenta nenhum grande problema. Certos bugs na movimentação dos tenistas — gerados pela falta de precisão dos movimentos — e raros "glitches" gráficos não são o suficiente para prejudicar a diversão de forma crucial. Infelizmente, esses problemas entram em sintonia com a fraca ambientação sonora (sons bons, mas trilha sonora fraca e uma narração deprimente) e denigrem um pouco o contexto central do jogo.


Jogar online é uma atividade bastante desafiadora, uma vez que os jogadores oferecem desafios muito mais realistas do que a inteligência artificial de Grand Slam Tennis. O único problema é que os gamers brasileiros podem não gostar muito desse modo de jogo, visto que o famoso "lag" (atraso na conexão por causa da distância) pode prejudicar a experiência em momentos críticos das partidas.

Bem, se você possui um Nintendo Wii, o acessório Wii MotionPlus e gosta de jogar tênis, o título da Electronic Arts é uma boa opção, por mais que a jogabilidade não seja perfeita.


72 wii
Bom