Uma missão perigosa até para quem é fã

Para comemorar o aniversário de dez anos do primeiro Halo, a Microsoft decidiu preparar uma versão refeita de Halo: Combat Evolved, trazendo toda a essência do clássico do Xbox diretamente para o Xbox 360. Além dos gráficos em alta definição e totalmente refeitos, os jogadores também podem desfrutar do modo online e de outras novidades. Mas será que o retorno às origens vale a pena?

Se você nunca se empolgou com Halo, definitivamente, Anniversary não é jogo que fará você mudar de opinião. Temos toda a campanha clássica refeita com gráficos remasterizados e o suporte para o multiplayer online, mas, fora isso, é apenas Halo: Reach com menos recursos. Até mesmo os próprios fãs podem se desapontar, já que nem todos os mapas do modo multiplayer foram resgatados. Aceite essa missão por sua conta e risco.

Clique aqui para conhecer os critérios de análise do Baixaki Jogos.

Halo: Combat Evolved Anniversary foi gentilmente cedido pela Compare Games.

Trama firme e forte

Felizmente, a trama é um dos elementos atemporais de Halo. Originalmente, a história já era e interessante e, hoje, ela continua cativando os jogadores. Combat Evolved conta como foi o primeiro encontro da humanidade com a construção conhecida como Halo e quais consequências foram geradas por esse evento.

Em suma, temos o surgimento de raças alienígenas e a descoberta de que existe uma imensa ameaça para toda a galáxia. Mas, por sorte, os humanos também aparecem com uma surpresa: Master Chief. O supersoldado, encarnado pelo jogador, então se junta à inteligência artificial Cortana e a outros companheiros para tentar evitar que o pior aconteça.

O mais interessante de tudo é que a narrativa continua sendo um dos pilares do game. Ela ainda é reforçada por meio de terminais, que estão espalhados pelo jogo e fornecem cenas de corte cheias de informações. É bacana ver como Master Chief se tornou o ícone que é hoje e conferir como uma das maiores séries da Microsoft deu seus primeiros passos.

De volta para o passado

Outro ponto positivo de Combat Evolved Anniversary é a possibilidade de alterar entre a versão clássica e a remasterizada em tempo real. Para isso, basta que o jogador pressione Select e então aguarde apenas alguns segundos para conferir a transição. Eis um recurso que, definitivamente, seria bem-vindo em qualquer jogo remasterizado.

Os fãs mais saudosistas podem optar por jogar na versão clássica, que traz as texturas e os modelos originais de Halo: Combat Evolved, embora em alta definição. Já os gamers da geração Xbox 360 podem optar pela versão nova, que oferece visuais semelhantes ao de Reach, com uma iluminação bacana e vários detalhes no horizonte.

É bem provável que você fique comparando as versões a cada novo cenário explorado, conferindo a evolução da franquia em tempo real. E, além dos gráficos, também temos um áudio remasterizado, com uma trilha sonora que dramatiza com eficiência os momentos especiais do game.

Quanto à jogabilidade, Combat Evolved Anniversary também se mantém nas raízes. Qualquer um que já tenha jogado um título da série, ou até mesmo outros FPS, se adaptará facilmente. Os pulos continuam flutuantes, mas o restante dos controles responde adequadamente e facilita sua jornada, seja no modo campanha ou no multiplayer.

Você ainda pode desfrutar do jogo no modo cooperativo, aproveitando toda a campanha ao lado de um amigo e em tela dividida. Também é possível jogar com um companheiro online, embora o título não ofereça sistema de busca de jogadores — somente via convites.

A verdadeira guerra

Sem dúvidas, um dos elementos mais bacanas de Combat Evolved Anniversary é o modo multiplayer. Aqui, temos seis mapas clássicos recriados. Cinco deles são das 13 fases originais de Halo: Combat Evolved, enquanto o sexto é um dos seis mapas exclusivos da versão para PC.

A 343 Industries, responsável pelo desenvolvimento, resolveu aproveitar o sucesso dos títulos mais recentes da série e criou um multiplayer que tem a cara de Halo: Reach, mas com elementos clássicos que só Combat Evolved pode oferecer.

Além dos mapas refeitos, temos também a chance de desfrutar do multiplayer com as armas clássicas do primeiro Halo, o que torna a experiência totalmente diferente, principalmente se você sabe do potencial da pistola no game.

Quem quiser uma experiência mais moderna não vai se decepcionar, já que Anniversary traz conceitos introduzidos nos últimos jogos da série. Você pode, por exemplo, optar por habilidades especiais antes de cada partida, possibilitando que seu soldado equipe um jetpack ou então se torne invisível, além de várias outras opções.

Há ainda um modo Firefight, que possui um único nível inspirado na segunda missão do game. Aqui, você e seus companheiros devem eliminar ondas e mais ondas de inimigos, ao melhor estilo Horda, de Gears of War.

Em suma, o multiplayer de Anniversary traz toda a essência que os fãs esperam, gerando combates intensos e explosões por toda a parte. Quem já jogou qualquer um dos jogos da série na atual geração se sentirá totalmente em casa. E mais: os mapas de Anniversary podem ser baixados em Reach, basta adquirir um pacote especial na Xbox LIVE.

Quase exclusivo para fãs

Anniversary é quase restrito para quem é realmente fã da série. Os jogadores que tiveram contato com o título apenas após Halo 3 e, mesmo assim, consideram Master Chief como um grande ídolo, terão a chance de ver como tudo começou e em alta definição. Mas, sinceramente, como FPS, Anniversary não se destaca, principalmente por ser o primeiro título de uma franquia que evoluiu significativamente com o passar do tempo.

Sendo assim, Anniversary não pode ser um título indicado para um jogador qualquer. Você tem de estar ciente de que o jogo é uma homenagem ao original, pois, caso contrário, pode se decepcionar bastante. Tudo o que você encontra aqui, em termos de jogabilidade e multiplayer, pode ser visto nos jogos mais recentes da franquia. A única verdadeira inovação é a possibilidade de alterar entre o modo clássico e remasterizado em tempo real.

Até mesmo o próprio multiplayer, que segue à risca a essência da franquia, pode deixar a desejar, principalmente pelo fato de que os mapas inclusos aqui também podem ser baixados por quem possui Halo: Reach. A inclusão de apenas seis dos treze mapas originais é outro fato que desaponta bastante, fazendo com que o jogo ofereça uma experiência incompleta.

Img_normal

Experiência engasgada

Em suma, temos um título que, supostamente, chegaria para satisfazer por completo a vontade dos fãs em reviver Combat Evolved. Mas, na prática, Anniversary deixa de lado vários elementos indispensáveis para quem realmente idolatrava o primeiro game, principalmente pelo multiplayer, exaustivamente jogado em LAN na época.

Seria mais adequado se Anniversary trouxesse consigo, também, um remake de Halo 2, com todos seus mapas do modo multiplayer e também a própria campanha. Aí, sim, teríamos um título indicado para qualquer jogador que se declarasse fã do gênero FPS.

Por fim, vale lembrar quem Anniversary também tem suporte para o Kinect. Entretanto, seu uso é totalmente dispensável. O jogador pode usar comandos de voz para ativar determinadas ações, como jogar granadas e recarregar. Entretanto, o atraso é considerável, fazendo da opção algo totalmente dispensável. A única vantagem aparece no modo Scan, que permite que o jogador rastreie objetos na tela para conferir informações.

75 xbox-360
Bom