Seu Review foi enviado com sucesso.
Enquanto ele fica pendente de aprovação, dê sua nota para o jogo. Sua opinião é importante para a comunidade!
Avaliar este jogo
Voxel
Capcom Beat'Em Up Bundle
COMUN.
80
VOXEL
Capcom Beat'Em Up Bundle
Avaliar este jogo
Review
Avaliar este jogo

Capcom Beat’em Up é uma viagem pela história dos jogos de briga de rua

Felipe Gugelmin

Pocket

Capcom Beat’em Up Bundle é o tipo de jogo que eu adoraria que existisse quando eu tinha meus 12 anos de idade. Apesar de consoles de mesa sempre estarem presentes na minha vida, havia algo de especial em ir até os “fliperamas” para gastar boa parte do dinheiro de meus pais em jogos como Cadillacs and Dinosaurs e Final Fight.

Embora alguns dos representantes do gênero beat’em up (mais conhecido por aqui como “briga de rua”) tivessem chegado a plataformas de mesa, as versões para arcade sempre foram mais completas. E são elas que fazem parte do novo pacote lançado pela Capcom, que reúne ótimos exemplos de como esse gênero evoluiu.

Nele podemos ver desde as raízes do gênero, com Final Fight e Knights of the Round, até exemplos mais recentes e com mecânicas mais complexas, como Battle Circuit e Armored Warriors — ambos até então indisponíveis em consoles de mesa. A desenvolvedora oferece tudo isso em um pacote bastante direto, que só peca por não valorizar tanto assim seu valor como preservação histórica.

Clássicos facilmente acessíveis

O elemento em comum dos games que fazem parte de Capcom Beat’em Up Bundle é que todos seguem a mesma “fórmula”: usando um ou mais personagens, você anda de um lado para outro da tela batendo em tudo o que aparece e enfrenta um chefe ao final de cada fase. No meio do caminho você pega acessórios e itens para recuperar vida, sendo que as opções disponíveis evoluem dependendo da data de lançamento do game.

Capcom

Todos os games estão presentes em sua forma original, sem qualquer espécie de filtro gráfico que suavize os pixels do passado. As opções disponíveis aos jogadores incluem optar entre as versões norte-americana ou japonesa de cada game, ajustar a quantidade de vidas e continues e o número de jogadores totais — outra novidade é a possibilidade de usar saves para manter o progresso de sua aventura, algo que pode ser criado a qualquer momento.

Eu poderia passar alguns parágrafos discutindo a seleção de games feitas pela Capcom e dizendo o quanto a coletânea iria se beneficiar de Dungeons & Dragons: Shadows Over Mystara e Caddilacs and Dinossaurs, mas os games presente conseguem reunir belos exemplos do gênero, exemplificando tanto suas forças (como se adaptar facilmente a diversos cenários) quanto suas fraquezas, como a repetição e a duração curta — tudo isso sem trazer os problemas de direitos autorais que a desenvolvedora claramente quis evitar.

Preservação história deixa a desejar

Assim como aconteceu com as coletâneas da Capcom dedicadas a Street Fighter e Mega Man, o Beat’em Up Bundle também traz uma galeria de imagens de cada um dos jogos disponíveis. Enquanto isso é válido do ponto de vista da preservação histórica, o trabalho feito pela empresa deixa a desejar um pouco nesse ponto.

Capcom

A quantidade de conteúdo não somente varia radicalmente entre cada título, como a própria qualidade do material é variável. Enquanto alguns só trazem materiais de divulgação, outros revelam documentos de design bem interessantes — em ambos os casos, faltou uma contextualização maior, com textos que explicassem mais sobre o processo de criação ou que facilitassem a leitura de algumas anotações.

Uma tarde de nostalgia

Capcom Beat’em Up Bundle é um bom exemplo do melhor que o gênero tem a oferecer, permitindo observar na prática a evolução que ele teve durante sua fase áurea. Os 7 jogos disponíveis mantêm a qualidade anos após seus lançamentos, servindo tanto como uma dose de nostalgia para os mais velhos quanto como uma oportunidade dos mais novos descobrirem porque tem tanta gente com saudade das velhas “brigas de rua”.

Pecando um pouco por aspectos típicos ao estilo, como a repetição e a duração limitada, os games são divertidos tanto jogando sozinho quanto no multiplayer (sendo que a opção local ainda supera os novos sistemas online). O pacote é uma ótima opção para preencher uma tarde de diversão, sendo que deve ocupar bastante o tempo de quem busca sempre ter o maior placar possível nos games que joga.

80 ps4
Ótimo
"Capcom Beat’em Up é uma ótima maneira de garantir uma tarde de diversão com seus amigos"

Pontos Positivos

  • Mostra bem a evolução que o gênero teve
  • Seleção de jogos de qualidade, que traz vários títulos marcantes
  • Valor condizente com a quantidade de conteúdo que é oferecida

Pontos Negativos

  • O gênero peca pela repetição e por trazer experiências que duram pouco
  • A Capcom poderia ter caprichado mais nos aspectos de preservação histórica
  • O multiplayer online apresenta alguns momentos de instabilidade
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários