Finalmente, você vai suar a camisa jogando video game!

Essencialmente, podemos dizer tranquilamente que os jogos com coletâneas de atividades são essenciais para uma experiência regada pelos controles sensíveis a movimento. Essa fórmula pode ser um sucesso ainda maior se os mini games simularem esportes da vida real.

Você provavelmente já deve ter ouvido falar do clássico Wii Sports, que praticamente estreou esse tipo de jogo na atual geração. Posteriormente, vários outros títulos de desenvolvedoras terceirizadas tentaram copiar o sucesso do título da Big N, mas nem todas obtiveram sucesso — quem não se lembra do terrível Deca Sports?

O fato é que controles sensíveis a movimentos e esportes têm tudo a ver. Agora, com o lançamento dos mais novos concorrentes do Wii, o Move, da Sony, e o Kinect, do Xbox 360, novos jogos esportivos começam a pintar. Primeiramente, temos Sports Champions, um dos primeiros títulos que oferece total suporte ao novo controle do PlayStation 3. Sem dúvidas, os esportes se saíram bem no Move, mostrando bastante do potencial do periférico.  

A nova onda

Recentemente, quem finalmente chegou às lojas foi o tão aguardado Kinect. Em seu pacote, surpreendentemente, não temos um jogo que traz várias modalidades de esportes, mas sim uma espécie de aventura para a família: Kinect Adventures — que também agradou bastante.

Img_normalMas, quem quiser optar por outro título, já tem a chance de conferir como serão os esportes no ex-Project Natal. Isso porque Kinect Sports foi disponibilizado logo no lançamento do sensor, juntamente com outros três jogos lançados aqui no Brasil — lá fora, temos aproximadamente 20 games.

Antes mesmo do lançamento de Kinect Sports, muitos jogadores estavam curiosos para saber como seria utilizar todo seu corpo para fazer as atividades exigidas. Como você sabe, nada de controles com o Kinect, apenas seu corpo e seus movimentos. Mas, a grande questão é: será que Kinect Sports consegue criar uma experiência fiel à realidade? Ou ao menos divertida?

Sem dúvidas, Kinect Sports fará você rir, suar e se movimentar. Não se trata de um jogo que simula com perfeição os esportes retratados, mas os jogadores certamente entrarão no clima de festa do game, que proporciona diversão para todas as idades. Brincar com Sports é saudável e essencial para quem comprou o inovador sensor do Xbox 360. Vamos aos detalhes.

Kinect Sports é um grande jogo e que demonstra bem as capacidades do sensor do Xbox 360. As diversas modalidades do título trazem experiências variadas ao jogador, que provavelmente vai suar bastante enquanto se diverte. Afinal, essa é a proposta do jogo: fazer com que você se mexa e, com certeza, ela foi alcançada com sucesso.

Entretanto, o jogo não oferece muita profundidade para quem está sozinho, sendo muito mais divertido no modo multiplayer. Mesmo assim, Kinect Sports é indispensável para quem deseja se divertir com o inovador periférico do Xbox 360.

Calibrando a experiência

Bem, é importante ressaltar que a desenvolvedora do título é ninguém menos que a Rare, a mesma responsável por uma infinidade de clássicos, como Donkey Kong Country, GoldenEye 007, Banjo-Kazooie e vários outros. A companhia também desenhou os avatares do Xbox 360, que foram incluídos no aparelho em uma mega-atualização.

Sendo assim, podemos esperar bastante, afinal a companhia já está habituada com o console e é uma das subsidiárias favoritas da própria Microsoft. Logo na apresentação, você nota que a Rare sabe o que está fazendo. Os menus são totalmente intuitivos, com ícones grandes e autoexplicativos.  Como se não bastasse, todo o jogo, à exceção da narração e vozes, está em português do Brasil, algo que facilita, e muito, a experiência para o povo tupiniquim.

Antes de embarcar nas aventuras, o jogador pode brincar um pouco com seu avatar, animando um estádio lotado que se empolga facilmente com alguns de seus movimentos. É possível agitar a torcida, fazer com que fogos de artifício surjam na tela e até mesmo bater palmas para criar uma vibração impressionante na galera. Sem dúvidas, detalhes simples e que não influenciam na jogabilidade em si, mas que contribuem para o clima descontraído de Kinect Sports. E confessamos que a torcida levantou nosso ânimo depois que tomamos uma lavada no boxe.

Como em qualquer jogo para Kinect, é bom você calcular bem o espaço que você tem em sua sala para obter uma experiência mais satisfatória. Se você for jogar sozinho, menos de dois metros de distância já são suficientes. Entretanto, com dois jogadores simultaneamente — o máximo suportado pelo jogo — é bom contar com aproximadamente três metros de espaço entre os participantes e o sensor.

Antes de qualquer minigame, você será introduzido aos princípios básicos da modalidade em que está participando. Tudo é explicado com ilustrações e texto, o que facilita o aprendizado. Em caso de dúvidas, você pode rever as instruções. Também é possível ignorá-las, o que não é uma má opção, já que boa parte dos desafios exige apenas que o jogador faça os mesmos movimentos que faria se estivesse desfrutando do esporte na vida real.

No menu de opções, o jogador pode encontrar configurações gerais sobre o game ou calibrar novamente o sensor para que ele se adapte ao espaço disponível. Não há como ficar perdido na navegação de Kinect Sports, que mais uma vez mostra como o sensor é intuitivo.

Suando a camisa!

O termo acima pode até parecer genérico, já que foi usado como promessa em diversos títulos para Wii, por exemplo. Entretanto, aqui, você realmente sairá suado — o que é realmente bom para quem quer praticar um pouco de exercícios. Como a variedade de esportes é razoavelmente grande, o jogo consegue trabalhar com várias partes do seu corpo.

Img_normal

Conforme mencionamos, jogar Kinect Sports é algo tão simples como jogar um esporte na vida real. Entretanto, existem algumas adaptações feitas para que a experiência se tornasse possível dentro dos limites do Kinect e de seu espaço. Ou seja, nada de mergulhar no chão para salvar uma bola perigosa enquanto joga voleibol. Mesmo assim, você vai se mexer. E muito.

Ao todo, o título conta com seis atividades diferentes: futebol, boliche, atletismo, boxe, vôlei de praia e tênis de mesa. Entretanto, o atletismo é dividido em cinco atividades diferentes, o que amplia ainda mais a longevidade do game. Quer conhecer mais sobre cada uma delas? Então vamos lá.

Vôlei de praia: Sem dúvidas, a atividade mais divertida de Kinect Sports — pelo menos para a equipe do Baixaki Jogos. Quando vimos vídeos e demonstrações de jogabilidade desse modo, não criamos muita expectativa. Mas, quando colocamos a mão na massa — ou melhor, na bola — fomos surpreendidos. Jogar vôlei no Kinect é algo totalmente divertido e já estamos aguardando por um game completo só do esporte.

Mas, como ele funciona? Bem, aqui as coisas são mais simples do que parecem. Você não vai precisar andar pelo campo para alcançar a bola, já que seu personagem se locomove automaticamente. Tudo que você tem de fazer é bater na bola e mandar para o outro lado do campo. Você pode usar as mãos, os pés e até a cabeça — mas a primeira opção é a mais cabível e tradicional, não é mesmo?

Img_normal

Para facilitar a experiência, a Rare decidiu incluir ícones que auxiliam o jogador a calcular o momento em que deve bater na bola. Esses objetos aparecem na tela, indicando a região que deve ser golpeada pelo jogador e também o tempo estimado para que a esfera chegue à área. No papel, pode até parecer complicado, mas em jogo, as instruções são completamente intuitivas e deixam o game muito mais divertido — se elas não existissem, é bem provável que o vôlei de praia fosse frustrante.

Você pode jogar sozinho ou acompanhado de um amigo. Uma dica do Baixaki Jogos: sempre que puder, jogue ao lado de um colega. A experiência se torna muito mais divertida quando você está jogando em duplas, já que a sensação de imersão é bem maior.

Independentemente de sua escolha, jogar vôlei de praia em Kinect Sports é algo que comprova a promessa da Microsoft. É possível bater na bola de várias maneiras, incluindo movimentos típicos do esporte, como saques aéreos, bloqueios e cortes. Tudo funciona relativamente bem, e você não precisa de nada além de sua própria experiência de vida para desfrutar dessa modalidade. Ainda estamos empolgados para voltar às quadras.

Img_normal

Atletismo: Eis a modalidade mais cansativa de Kinect Sports. Cansativa no sentido físico, é claro. No atletismo, você vai suar. Não tenha dúvidas disso. Em nossa opinião, essa é a segunda opção mais divertida do game. Um dos motivos disso é por se tratar de uma modalidade com vários submodos inclusos, o que traz mais variedade para o jogo. E mérito, também, por finalmente criar um jogo de atletismo em que o objetivo não é apenas moer os botões.

Mas, e quais são esses modos? Ao todo, temos cinco: corrida de velocidade, dardo, salto em distância, lançamento de disco e corrida com barreiras. Com exceção do lançamento de disco, todos necessitam que o jogador corra sem sair do lugar, movimentando as pernas como se realmente estivesse querendo sair do lugar — lembre-se que você não deve avançar em direção à televisão.

Img_normal

A corrida de velocidade é simples. Como o nome indica, o jogador deve apenas correr para alcançar a linha de chegada. Para isso, basta imitar o movimento parado, conforme explicamos, e deixar que o próprio jogo cuide da direção.

Já no dardo, as coisas se tornam um pouco mais complicadas. Mas, lembrando que cada uma das atividades do game conta com um tutorial, impedindo que o jogador fique perdido quando estiver participando de um mini game pela primeira vez. Aqui, você deve escolher com qual braço deseja segurar o dardo, levantando o esquerdo ou o direito até alcançar o ícone na tela.

Depois disso, é necessário correr o mais rápido possível até as proximidades da linha que limita o campo disponível para o lançamento — caso você a ultrapasse, sua jogada não será válida. Ao se aproximar dos limites, você notará que o chão vai de vermelho para verde: sinal que indica o momento ideal para lançar o dardo. Os lançamentos são feitos da maneira mais intuitiva possível, e o jogo reconhece bem seus movimentos.

Img_normal

O salto em distância funciona de maneira semelhante, mas aqui você não segura um dardo e deve, obviamente, saltar. Sendo assim, corra até as proximidades do limite, verifique se o campo está verde e simplesmente salte para cima, no mesmo lugar. Com isso, seu avatar vai voar por alguns metros.

O lançamento de discos exige apenas que o jogador segure o objeto e lance-o o mais longe possível. Não há muito que explicar: basta fazer o movimento rapidamente e na direção e no ângulo corretos para conseguir se dar bem.

Por fim, mas não menos importante, temos a corrida com barreiras. Prepare sua toalha, pois esse é simplesmente o modo que mais exige preparação física do jogador. Quem conhece o esporte na vida real sabe que ele não é nada fácil, e aqui as coisas não são diferentes. Você deve usar novamente a técnica de correr sem sair do lugar e ficar atento para os obstáculos, que ficam verdes para indicar o momento em que você deve saltar. A disputa é intensa, ainda mais se você estiver jogando em um nível difícil ou ao lado de um companheiro, e depois dela é bem provável que você migre para outra atividade. Que tal um tênis de mesa?

Tênis de mesa: Outro modo que não sabíamos se daria certo ou não. Conforme você já deve ter visto em vídeos, no tênis de mesa você deve rebater na bolinha com a palma de sua mão. Agora, será que isso é desconfortável para quem já jogou o famoso “ping pong” de verdade? Ou o modo diverte?

Img_normal

No início, você pode até estranhar. Mas com pouco tempo ao lado do tênis de mesa, é possível perceber que a Rare mais uma vez conseguiu criar algo divertido. Em nossa experiência, começamos jogando apenas com a palma das mãos. Após alguns instantes, decidi segurar o controle remoto, que possui um formato que lembra a empunhadura de uma raquete. O resultado? Tudo certo. O Kinect ainda conseguiu capturar a mão como se houvesse um jogador profissional segurando uma raquete.

O modo suporta até dois jogadores e também funciona de modo semelhante ao esporte na vida real. O jogador escolhe qual mão deseja usar para segurar a raquete, através de  um sistema semelhante ao dos dardos, e então deve jogar a bola para cima com outra mão e executar o saque. O modo consegue até capturar algumas jogadas com a aplicação de efeitos na bolinha e diverte bastante depois de um pouco de prática.

Boxe: Encarnar Mike Tyson em Kinect Sports é outra boa opção para quem deseja suar um pouco. O modo se parece bastante com a versão de Wii Sports, mas traz um sistema de controles diferentes. Você não precisa se movimentar para desviar e a única maneira de evitar os ataques do oponente é defendendo na região da cabeça ou cintura. Para socar, basta... Socar.

Img_normal

Cada um dos competidores conta com uma barra de energia e, quando esgotada, você vai ao chão. Uma vez deitado, você deve observar as estrelas que cruzam a tela e atingi-las com seus socos para, então, retornar à luta. Quando seu personagem cai três vezes, você é eliminado. Um modo bacana, mas que poderia ser melhor.

Futebol: Esse modo de Kinect Sports é bem diferente do que qualquer outro futebol que você tenha visto por aí. Aqui, o jogador controla todos os atletas e movimenta somente as pernas quando precisa chutar ou tocar a bola. Na defesa, você deve cortar os passes de seu oponente esticando a perna na direção em que o adversário pretende tocar a bola — algo indicado por uma flecha. Como goleiro, basta alcançar o local indicado por um ícone que aparece na tela. É um jogo com um ritmo lento, mas que pode se tornar mais ágil dependendo da habilidade dos participantes.

Img_normal

Boliche: Outro modo que também já deu as caras na plataforma da Nintendo traz uma fórmula bem semelhante à de sua rival. Tudo que o jogador tem de fazer é simular o mesmo movimento feito quando o participante lança a bola nos corredores do boliche. É tudo muito simples e fazerstrikes não é uma missão muito difícil. É possível adicionar um pouco mais de desafio com os efeitos, que são executados quando o jogador lança a bola e cruza seu braço em frente ao seu copo.

Img_normal

Mais desafios

Além de todos esses modos mencionados acima, Kinect Sports também conta com vários minigames que podem ser jogados com um ou vários jogadores através do modo Party Play, que suporta até 12 jogadores divididos em dois times. Aqui temos vários exemplos, como Super Defesa, no qual o jogador controla o goleiro e tem que defender as bolas, de modo semelhante ao Salão dos Ricochetes, de Kinect Adventures. Há ainda a Corrida dos pinos: um boliche frenético, contra o tempo, em que o participante lança duas bolas simultaneamente para tentar derrubar os pinos do final do corredor.

Os mini games são apenas variações dos modos que você conferiu lá em cima, mas trazem desafios diferentes e que são ideais para quem busca alcançar recordes ou então competir entre amigos. Também é possível jogar online, competindo com qualquer um ao redor do mundo ou um parceiro em sua lista de amigos.

Img_normal

Gostou do resultado? Então que tal compartilhar com seus amigos? Assim como em Kinect Adventures e Kinect Joy Ride, você pode mostrar aos seus colegas como é engraçado correr sem sair do lugar, graças aos vídeos gravados automaticamente pelo sistema. Basta enviá-los, através do próprio jogo, para o site Kinectshare.com.

“Forever alone”

Infelizmente, quem está sozinho se sentirá ainda mais sozinho ao jogar Kinect Sports. A experiência single player do título deixa a desejar. Não há qualquer sistema de progressão para manter os jogadores interessados na aventura, limitando-se apenas a mudar a dificuldade da inteligência artificial. E mais: os mini games perdem boa parte da graça quando você está jogando sozinho, pois a interação com os outros companheiros, um dos fatores fortes e estruturais do título, simplesmente vai por água abaixo.

A Rare poderia ter criado uma espécie de campanha para o game, colocando objetivos e alterando a estrutura dos mini games, algo que tornaria a experiência single player algo aceitável. Sem isso, a longevidade é quase nula depois que o jogador já conferiu todos os eventos, sendo mantida apenas pelas variações causadas pelo multiplayer.

Img_normal

Quase lá

Os gráficos e o áudio de Kinect Sports não surpreendem. O visual é o que se espera dos títulos, mas peca em efeitos e não utiliza toda a capacidade do Xbox 360. Já o áudio traz várias músicas de sucesso, que tocam no intervalo das partidas. Entretanto, não há como negar que às vezes elas soam deslocadas de acordo com o evento.

Compre com o menor preço:
80 xbox-360
Ótimo