Análise de LEGO City Undercover: The Chase Begins

Transforme-se no policial que LEGO City precisa

Jogos infantis e o estilo sandbox, também conhecido como “mundo aberto”, podem não funcionar muito bem juntos, já que a chance de jogadores resolverem “viver no limite” dentro daquele universo para crianças é gigantesca. Mesmo assim, a Nintendo e a TT Games conseguiram fazer bonito em LEGO City Undercover, para o Wii U.

Agora, chegou a hora de saber se as empresas continuaram no caminho certo com o prequel do game, LEGO City Undercover: The Chase Begins. Será que a possibilidade de lutar contra o crime nas ruas de LEGO City será tão divertida no 3DS quanto foi no Wii U?

LEGO City Undercover: The Chase Begins pode parecer um pouco desnecessário, já que todos sabem como Chase McCain e todos os outros personagens estão em LEGO City Undercover, mas ele consegue mostrar o seu valor com facilidade.

Trazer a diversão que o título de console proporcionou para um portátil nem sempre é uma tarefa com bons resultados, mas a Nintendo e a TT Games conseguiram realizar uma proeza e tanto. Se você gosta dos jogos da série LEGO, títulos sandbox, games bem-humorados e da chance de se tornar uma lenda ao limpar uma cidade da criminalidade, LEGO City Undercover: The Chase Begins é o jogo ideal para você.

Chase Begins

A história de LEGO City Undercover: The Chase Begins conta a aventura que transformou o policial Chase McCain na lenda que vimos no jogo de Wii U. Aqui, ele ainda é um simples policial tentando limpar as ruas da cidade dos meliantes que vivem nela.

Img_normal

Se você já jogou a versão do Wii U, é interessante ver como Chase agia antes do seu encontro com o temível bandido Rex Fury, assim como a interação dele com alguns personagens.  É legal, por exemplo, saber que a prefeita da cidade era a chefe de polícia, sempre apoiando os casos que McCain investiga.

Se você é daqueles que curte saber como pessoas comuns se transformaram em verdadeiros heróis (vide o sucesso da última trilogia do Batman nos cinemas), LEGO City Undercover: The Chase Begins deve lhe agradar bastante.

Disfarces para desmascarar o crime

Como todo bom herói que se preze, Chase McCain deve usar disfarces para conseguir derrubar os meliantes de LEGO City. São diversos uniformes que trazem habilidades especiais e adicionam um elemento muito interessante ao jogo.

Img_normal

Isso acontece porque, ao passar por algum lugar, você vê possibilidades que não podem se concretizar sem o uso de disfarces específicos. É quase impossível não ficar com vontade de ficar indo e voltando por LEGO City para explorar tudo o que ela tem para oferecer.

Que game divertido de jogar

LEGO City Undercover: The Chase Begins é um título com belos gráficos e controle preciso, mas o que mais chama atenção nele é o quão divertido ele consegue ser. Assim como LEGO City Undercover, o game traz missões e situações que são leves e não cansam em nenhum momento. Você pode acabar jogando até a bateria do seu 3DS chegar ao fim e certamente correrá atrás do carregador logo em seguida para continuar a jogatina.

Img_normal

Apesar de ser um pouco mais infantil que o título de Wii U, The Chase Begins NÃO é um jogo apenas para crianças. Ele consegue ser legal se você tem 10, 20, 30 ou sei lá quantos anos, já que ele não é difícil ou fácil demais, criando um desafio e proporcionando momentos que vão fazer você continuar jogando por horas a fio.

As limitações da plataforma

Lego City Undercover: The Chase Begins é um grande jogo, muito divertido e que captura a atenção do jogador logo nos primeiros momentos. Mesmo assim, ele não está livre de alguns problemas, que não chegam a ser dele próprio, mas sim da plataforma em que está rodando.

O 3DS é um ótimo portátil, mas, por conta de algumas limitações, o game não “roda tão redondo” quanto deveria. Em alguns pontos, é possível notar uma queda grande de frames, principalmente antes de qualquer exibição de cutscenes.

Img_normal

Outro ponto negativo são os longos tempos de loading do título. Em alguns momentos, foi necessário esperar quase dois minutos para que um cenário fosse carregado. Como se isso não fosse suficiente, LEGO City não é carregada em sua totalidade, mas sim seus bairros.

Em certo momento, suas missões começarão a trafegar por diferentes partes da cidade. A cada troca de bairro, surge uma nova tela de loading longa o suficiente para você poder ir preparar, sei lá, um achocolatado, voltar e esperar alguns momentos para jogar.

85 3ds
Ótimo