Descubra os segredos escondidos no passado dos Reapers

Lançado no dia 28 de agosto, Leviathan é o primeiro DLC pago para Mass Effect 3 responsável por expandir a trama do game. A aventura começa após o Almirante Hackett informar a Normandy que um cientista descobriu indícios de uma criatura misteriosa que foi capaz de destruir completamente um Reaper.

Fonte da imagem: TecMundo Games
Cabe a você investigar essa descoberta e tentar encontrar meios de entrar contato com um ser que pode se provar um grande aliado ou representar uma nova ameaça à segurança do universo. Além de expandir a história básica do jogo da BioWare, o pacote (que custa 800 BioWare Points, ou R$ 20) adiciona novas opções de equipamento e “War Assets” para a aventura.

Caso você seja daqueles que acompanham todas as tramas do universo Mass Effect desde que o primeiro game da série foi lançado, Leviathan é um DLC obrigatório. Embora possua momentos de combate poucos inspirados, a expansão adiciona muito para a história da série e ajuda a compreender mais detalhes sobre o processo de criação e as motivações dos Reapers.

Fonte da imagem: Baixaki Jogos
Com tempo duração total próximo das três horas, o pacote é recomendado especialmente para quem já possui uma equipe com níveis de experiência avançado. Caso você seja um daqueles que ainda não terminaram a aventura principal, será possível aproveitar melhor os conteúdos adicionais, já que muitas das surpresas contidas nele são mais bem recebidas quando o final da série ainda é desconhecido.

O principal motivo que depõe contra a compra do DLC são os R$ 20 cobrados por ele. Apesar de o conteúdo adicional ser interessante, sua curta duração não compensa totalmente o investimento financeiro que deve ser realizado. Com isso, o pacote deve afastar quem não é muito fã da série ou não está disposto a dar um voto de confiança para a BioWare depois dos problemas envolvendo a conclusão de Mass Effect 3.

Revelando mistérios

Assim como o DLC From Ashes se aprofundou no passado dos Protheans, Leviathan tem como foco os Reapers. A trama do pacote de expansão apresenta detalhes até então inéditos sobre essas criaturas, revelando informações bastante interessantes sobre suas origens e motivações.

Fonte da imagem: Baixaki Jogos
Quem acompanha a série desde seu primeiro capítulo finalmente vai obter respostas para perguntas deixadas sem respostas pela BioWare. Além de apresentar os verdadeiros responsáveis pelo ciclo de destruição que assola a galáxia, o pacote de expansão mostra que a luta entre seres orgânicos e bióticos se estende por um tempo ainda maior do que o imaginado.

A sensação que fica após explorar os novos conteúdos é que eles deveriam ser uma parte integral do game, não somente um conteúdo opcional, tamanha sua importância. Até mesmo o criticado final de Mass Effect 3 passa por algumas modificações que ajudam a deixá-lo um pouco mais completo.

Jogabilidade mais variada

Em vez de apostar simplesmente em reproduzir a fórmula básica do game principal, Leviathan adiciona novos elementos que ajudam a tornar a experiência mais diversifica. Exemplo disso é a inclusão de elementos de investigação dignos de L.A. Noire, nos quais o comandante Sheppard conta com a ajuda de EDI para resolver um assassinato.

Fonte da imagem: Baixaki Jogos
Em muitos momentos da trama, o game também flerta com características típicas do gênero survival horror. Apesar de nunca apelar para sustos fáceis, o título é bem-sucedido em fazer com que o jogador se sinta desprotegido, algo que se torna ainda mais intenso quando você se depara com corredores mal-iluminados em que vozes estranhas parecem surgir do nada.

Combates pouco inspirados

Infelizmente, Leviathan sofre com um problema recorrente em games que desejam aumentar seu tempo total de duração. Além de colocar você contra os mesmos adversários de sempre, o DLC está repleto de momentos em que é preciso derrotar várias ondas seguidas de inimigos para prosseguir.

Fonte da imagem: Baixaki Jogos
As únicas exceções ficam por conta do momento em que é necessário proteger um robô que faz alguns reparos e pelo instante final da aventura, no qual é preciso correr de um lado para outro do cenário para recarregar baterias. Porém, nem mesmo essas situações ajudam a trazer uma maior variedade à expansão, que se mostra uma repetição constante das mesmas batalhas até que seu final seja alcançado.

Falta de motivação

Embora Leviathan ofereça diversas informações importantes sobre o mundo criado pela BioWare, a trama da nova aventura em nenhum momento inspira uma identificação por parte dos jogadores. Isso se deve principalmente ao fato de que todos os personagens que aparecem na trama possuem características genéricas.

Fonte da imagem: Baixaki Jogos
Ao contrário do que aconteceu nos pacotes de expansão de Mass Effect 2, em nenhum momento o DLC envolve diretamente os personagens que fazem parte da tripulação da Normandy. Dessa forma, a principal motivação para você chegar ao final da subtrama é o dinheiro que você investiu nela — o fato de que as revelações realmente importantes para a série só surgem nos 10 minutos finais do jogo serve como prova da falta de ritmo do novo conteúdo criado pela BioWare.

80 pc
Ótimo

Outras Plataformas

80 ps3
80 xbox-360