Análise de Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations

Reúna todo o seu chakra porque a batalha vai ser frenética! [vídeo]


Naruto Uzumaki é um dos personagens mais famosos de toda a história dos mangás japoneses. Logicamente, o ninja de cabelos amarelos e olhos azuis do clã Uzumaki ganhou um excelente anime, que atualmente conta com duas gerações inteiras de aventuras: Naruto e Naruto Shippuden.

Basicamente, a história consiste em um pequeno garoto que no exato momento de seu nascimento fora abruptamente contemplado como o hospedeiro de uma poderosa raposa demônio de nove caudas. A vila na qual o jovem rapaz nasceu concentra uma comunidade ninja, na qual ele foi instruído nas artes de batalha. Entretanto, o pequeno Jinchuuriki sempre enfrentou muita solidão e preconceito pelo fato de carregar tal monstro dentro dentro de si.

Muitas batalhas e muitos amigos depois, Naruto parte em uma missão de mais de dois anos com seu sensei Jiraiya para treinar e aprender a dominar os poderes da Nove Caudas. No dia em que os dois personagens retornam à Vila da Folha, dá-se início à série Shippuden. Então, depois de muita história e inúmeros games já lançados sobre o herói de Konoha, será que Generations faz bonito?

Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations é um game feito na medida para os fãs mais fanáticos de toda a série. O game vale a pena principalmente por se tratar de uma evolução de todos os outros jogos já lançados na franquia do “ninja número um em ser surpreendente”.

Além disso, o que o enredo que Generations apresenta é uma compilação de toda a saga Naruto, tornando-o ideal para quem ainda quer conhecer as aventuras do controverso hospedeiro da Kyuubi. Os combates de dois jogadores são muito divertidos e o modo online coroa com chave de ouro essa bela obra da Namco e da CyberConnect2.

Se você é fã de Naruto, o que está esperando para ir correndo adquirir o seu?

Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations foi gentilmente cedido pela Get Game.

O enredo é o mesmo, mas a maneira de contar...

Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations já começa com uma característica que agrada diretamente aos fãs da série. A forma com a qual a história é contada deixa as passagens de cada parte do anime bem claras e permite que os gamers possam vivenciar as aventuras de vários personagens secundários.

Img_normal
O modo história permite que você jogue com Jiraiya, Zabuza e Haku, Kakashi (em um momento muito especial da vida do ninja copiador), Gaara e ainda outros guerreiros. E o melhor é que as aventuras de cada um desses outros “protagonistas” são sempre no sentido de retratar seus próprios pontos de vista; e não apenas a visão de Naruto.

 Mecânica e substituições

A jogabilidade de Generations é mais simples do que a dos demais games da série. Isso implica em agradar a um número maior de jogadores, que não precisarão sofrer tanto para se acostumar a vários comandos. Assim, o estilo casual/hardcore do game vai ser definido de acordo com a dificuldade na qual você jogá-lo.

Ainda, vale salientar que quando a própria máquina controla alguns ninjas mais característicos da série, eles usam o estilo de luta próprio de suas habilidades. Por exemplo, Sasuke é sempre mais difícil e abusa dos golpes especiais (como o Susano´o), enquanto Neiji fará de tudo para manter a luta a curta distância.

Img_normal

Os personagens auxiliares agora têm botões fixos e a interação com eles lembra um pouco o que ocorre em Marvel x Capcom. A ajuda deles ajuda muito a equilibrar lutas contra personagens mais poderosos, bem como acontece no próprio anime.

Retratando com fidelidade

Definitivamente, a CyberConnect2 conseguiu capturar e transmitir o clima ideal para Naruto, no que diz respeito à relação entre o anime e o game. Os cenários são extremamente convincentes, sendo que todos eles são facilmente reconhecíveis, mesmo que você só tenha um breve conhecimento da série.

Já sobre a caracterização dos personagens, principalmente no quesito dublagens, a desenvolvedora conseguiu melhorar o trabalho de Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 2, que já era excelente.

E o melhor: cada vez que você terminar o percurso de história de cada um dos personagens, haverá uma animação incrível. Trata-se, basicamente, das mesmas cenas do anime, porém, com gráficos fantásticos e com a definição fabulosa. Quanto mais você avançar na história, mais próximo você estará de descobrir informações que ainda são inéditas para a maioria dos fãs brasileiros.

Batalhas online

Finalmente você poderá treinar com seu personagem da série preferido para lutar contra seus amigos. O modo online é muito fluído, simples e de fácil acesso. Basta ter uma conexão boa que não haverá lags e o tempo de resposta dos golpes é excelente.

A jogabilidade é boa, mas não confunda

Os estilos de luta de cada personagem não passam de variações simplistas uns dos outros. Com raríssimas exceções, como é o caso do terrível Deidara que conduz os combates à distância para lançar seus incômodos e explosivos ataques, e do próprio Madara Uchiha, que utiliza largamente os seus poderes de manipulação de espaço-tempo.

Mesmo assim, tirando o estilo de luta propriamente dito, as combinações de golpes e combos são praticamente sempre os mesmos, independente de quem você esteja utilizando. Por isso, o jogo fica um pouco “simples demais”.

Repetições

Como de costume nos demais games da série, as lutas acabam se tornando um tanto repetitivas. Não pelo fato de, no caso de Naruto Generations, não haver interação com o cenário  no modo principal (pessoalmente eu gostei dessa mudança), mas sim pela repetição dos mesmos golpes durante uma luta.

93 ps3
Excelente

Outras Plataformas

93 xbox-360