Naruto retorna o Xbox 360 para mais uma aventura de peso.

Criado por Masashi Kishimoto, a série de mangás Naruto, alcançou fama internacional com seus personagens carismáticos e história envolvente. Depois de arrebanhar uma legião de fãs que acompanhavam as páginas da revista japonesa Shonen Jump, os ninjas da Konoha (Vila Oculta da Folha) expandiram seus domínios invadindo as telas de televisão em um anime (animação japonesa) repleta de ação e muito bom humor.

Com tamanho sucesso, a transposição de Naruto para os videogames foi apenas uma questão de tempo. Logo os primeiro jogos trazendo os personagens de Naruto começaram a surgir nos consoles.

Seguindo a base do anime e do mangá, a maioria dos jogos inspirados na série, colocam as criações de Kishimoto em jogo de luta (a incrivelmente popular série de jogos de luta Narultimate Ninja Hero), nos quais todas suas habilidades ninja explodem na tela no mesmo ritmo alucinante da versão animada.


Febre mundial

A franquia japonesa do jovem ninja Naruto já é mania mundial, e qualquer lançamento da marca é garantia plena de vendas altíssimas. Os jogos do garoto que possui um demônio em seu corpo também fazem parte do sucesso garantido.

O primeiro título da franquia Naruto a chegar ao Xbox 360 (com exclusividade), foi Naruto: Rise of a Ninja e mostrou os primeiros capítulos da aventura do garoto endiabrado (literalmente) percorrendo as aventuras vividas por Naruto do primeiro episódio até o octogésimo, culminando na saga da Invasão de Konoha (no início da quarta temporada do anime segunda a divisão estadunidense).

Agora, o segundo título da série, Naruto: The Broken Bond, acompanha um novo arco de aventuras dos jovens ninjas de Konoha, iniciando exatamente onde Rise of a Ninja parou.

Percorrendo os episódios 81 até o episódio 135, continua a aventura contando as aventuras de Naruto e seus amigos à partir da invasão de Konoha até a partida de Sasuke (no início da sexta temporada segundo a divisão estadunidense).

Muito mais do mesmo


Onde eu coloquei a minha Kunai!The Broken Bond expande o sucesso do primeiro título da franquia Naruto para o Xbox 360, trazendo gráficos ainda mais atraentes e uma jogabilidade aprimorada.

O filtro popular filtro Cel-Shade retorna nesta edição, bem como os cenários realistas que criam um ambiente de jogo único. Colorido e tridimensional que envolve o jogador desde o primeiro segundo de jogo.

Esta técnica (ambiente 3D realista com personagens utilizando o filtro Cell-Shade) foi utilizado pela Ubisoft, já no primeiro título da série, fato que transmitiu perfeitamente a sensação de que o jogo possui gráficos iguais aos do anime, garantindo maior fidelidade visual ao título.

Outra boa notícia é que Naruto: The Broken Bond traz aprocimadamente dez horas de jogo no modo campanha single player, ao contrário das minguadas seis horas do primeiro jogo — lembrando que estes números se referem somente a trama principal sem contar as horas de jogo provenientes das várias missões secundárias.

Jogabilidade ninja

Se Naruto é um ninja, tudo que faltava nos seus jogos era uma jogabilidade que realmente transpusesse para os videogames toda a velocidade, agilidade e singularidade dos combates ninja de Naruto.

Com a série desenvolvida e lançada pela Ubisoft, exclusivamente para o Xbox 360, este resultado foi obtido. A forma como os desenvolvedores idealizaram a realização dos jutsus — movimentos que os ninjas da série realizam com as mãos para invocar os poderes de seus chakras —, foi perfeita para tal propósito.

 Como no primeiro título, para realizar um jutsu o seu personagem deverá movimentar suas mãos de maneiras pré-determinadas, e no jogo, isso é feito utilizando ambos os manches analógicos e o gatilho da esquerda (LT) do controle.

Além dos jutsus, que podem ser definidos de maneira simplificada, você também poderá desferir uma série de combos normais, que para serem executados basta que o jogador utilize uma seqüência de golpes durante as lutas.Dá pra ver minha casa daqui!

Vale lembrar que durante o modo de combate você tem a sua disposição apenas dois botões de ataque, um de salto e um de agarre. Combinando estes botões em seqüências pré-determinadas você encadeia os combos, que além de tirarem mais energia dos seus inimigos também habilitam algumas animações especiais.


Bombril

Mais uma vez o ponto que acaba chamando a atenção do jogador é o modo como a franquia explora uma jogabilidade que mistura aventura e luta: para viver as aventuras de Naruto, o jogador é convidado a navegar livremente pelo mapa, seguindo o roteiro do anime/mangá ou assumindo alguma das inúmeras missões paralelas.

Outro ponto interessante é o sistema cooperativo, no qual o jogador deve controlar um grupo de ninjas e solucionar diferentes quebra-cabeças através do uso inteligente das diferentes habilidades de cada um dos integrantes da sua equipe.

Jogo animado

The Brokem Bond também se aproveita da história original para inserir minigames dentro dos combates ou da exploração do cenário. Um bom exemplo é a primeira luta, da primeira cena do jogo  (no modo campanha) que mostra o combate entre o vilão Orochimaru e o terceiro Hokage de Konoha.


Aproveitando alguns momentos da história, o jogo introduz minigames com os tradicionais botões de contexto. Estes minigames conduzem o resultado da batalha para o mesmo final apresentado na história original.Para o alto e avante!

Entretanto, a forma como os desenvolvedores promoveram esta novidade não permite que o jogador perceba — ao menos de cara — a intenção por trás dos minigames. Aparentemente, não passa de uma defesa dos ataques que seus adversários realizaram.

Mais novidades

O foco continua sendo o modo campanha single player, entretanto os lutadores poderão se enfrentar também em partidas online. São vinte e cinco persoangens saídos diretamente das páginas do manga que podem utilizar todas suas habilidade ninja em combates alucinantes ao redor do mundo.

Além disso, a exemplo do que fez com o primeiro jogo, a Ubisfot também deve lançar pacotes extras com novos lutadores, cenários e missões.

Banda desenhada

Graficamente Naruto: the Brokem Bond é ainda melhor do que o seu predecessor. Partindo de bases tão sólidas quanto as de Rise of a Ninja, a continuação conseguiu incrementar seus gráficos e trazer um jogo ainda mais detalhado do que o original.

O filtro Cell-Shade ajuda a construir o mesmo clima colorido do anime, ao mesmo tempo em que os cenários tridimensionais realistas (próprios dos títulos da Ubisoft) mesclam com muita elegância os elementos simples com ambientes complexos.


Outro ponto alto é a utilização de cenas do anime para movimentar a trama do jogo. Desta forma os fãs e os jogadores podem acompanhar os melhores momentos do anime ao mesmo tempo em que fazem parte da história.

A iluminação e seus efeitos sobre o combate ou na água também merecem destaque. Um conjunto, portanto, robusto e sem falhas com as suas virtudes e defeitos, o que atende perfeitamente a sua tarefa de trazer o universo Naruto para o Xbox 360.

No quesito sonoro a boa nova fica por conta do fato de que o áudio original em japonês já vem “embutido” de fábrica. Ao contrário de seu predecessor, no qual o jogador tinha que baixar o pacote de áudio (gratuito) para poder apreciar as dublagens originais.


Maior, melhor e mais ninja

Se você é mais um entre os milhões de fãs de Naruto, seja do mangá, do anime ou ainda da franquia de videogames do ninja, sem dúvida alguma Naruto: The Broken Bond irá prender a sua atenção.

Já se você não é o maior dos fãs da série, ou mesmo que não tenha assistido sequer a um episódio, mas aprecia um bom título de luta e aventura, certamente vai encontrar neste jogo uma excelente opção, que vai prender a sua atenção muito mais do que você espera.

Fiel a trama do anime/manga e possuidor de uma jogabilidade acessível e muito bem adaptada ao mundo de Naruto, o jogo é um prato cheio para todos os fãs dos ninjas de Konoha.
82 xbox-360
Ótimo