A temporada do melhor basquete do mundo está pronta para recomeçar! [vídeo]

Gameplay BJ:


Quando se trata de basquete no mundo dos games, a 2K Games é detentora da franquia de maior sucesso no mundo. E a empresa pretende continuar esse seu legado de altíssima qualidade com o lançamento de NBA 2K13, que traz aos jogadores praticamente todas as alterações que os times fizeram em seus elencos para a temporada 2013.

Ainda que o Brasil ostente o título de “país do futebol”, há uma legião de fãs de basquete espalhados por aqui e, consequentemente, adeptos da principal liga de basquete no mundo. Isso implica dizer que muitas pessoas podem estranhar um pouco a jogatina, devido a uma falta prévia do conhecimento das regras ou mesmo por causa da pouca familiaridade com o esporte.

Essa relação das pessoas com o esporte é um requisito básico para que os novos jogadores possam extrair uma máxima experiência durante a jogabilidade de NBA 2K13. Portanto, os gamers recém-chegados terão um pouquinho mais de trabalho para se adaptar ao jogo; o que nos permite dizer que a franquia foca mais nas pessoas que já têm aptidão prévia ao esporte dos gigantes.

Img_normal
Depois que NBA 2K12 praticamente redefiniu o estilo de simulação no mundo do basquete virtual, será que o atual jogo da 2K Games conseguirá fazer melhor? Será preciso um Dream Team igual ao de 1992 para fazer isso... E não é que o jogo trouxe de volta os medalhões!

NBA 2K13 é um jogo que tem muito mais potencial para estourar em países cujo basquete é um esporte mais difundido socialmente, como os EUA, Argentina ou vários lugares na Europa e América Central. Mesmo assim, os brasileiros também são fissurados pelo esporte e possivelmente acompanham o dia-a-dia dos jogadores da NBA, as transações de trocas de jogadores e o esperado Draft de cada ano.

Por essa razão, o jogo da 2K Games lançado em 2013 é peça obrigatória na prateleira todos os fãs do esporte. A qualidade visual e sonora do título é incontestável e fez com que várias pessoas um pouco menos avisadas perguntassem se estávamos assistindo a um jogo, enquanto testávamos o game.

Com isso, o prazer em jogar é muito grande, fazendo com que você tenha vontade de continuar  infinitamente. Vale a pena mesmo e, se não é o melhor, NBA 2K13 certamente figura entre os dois melhores jogos de basquete já feitos até hoje!

Vida real

NBA 2K13 conseguiu elevar ainda mais o patamar de qualidade visual que já havia sido instaurado com muita qualidade por seu antecessor. E não são apenas os gráficos que fazem a obra ficar impressionantemente parecida com uma partida de basquete de verdade. A movimentação dos jogadores, a “marra” de cada um deles, a movimentação contínua dos torcedores, os juízes e, principalmente, o posicionamento das câmeras também contribuem para o resultado final.

A única ressalva fica para os uniformes dos jogadores, mas a qualidade das expressões no rosto de cada um deles e até da clareza das tatuagens ficaram tão boas, que isso perde muito a relevância. O “talquinho” que Lebron James joga na torcida no começo dos jogos do Miami, ainda parece uma simples “fumacinha”. Mas tudo bem, porque o jogo, ainda assim, passa com facilidade no “Teste das Mães”.

Equipe de transmissão

Se você assiste aos jogos da principal liga de basquete do mundo, certamente está habituado aos narradores e comentaristas recheando as transmissões de dados, estatísticas e comentários quase sempre cheios de bom humor. O trabalho sonoro de NBA 2K13 coloca os gamers dentro de partidas praticamente reais, inclusive com a interação da torcida nos lances livres e em outras oportunidades.

Experimente errar a recepção de um passe longo ou mesmo arremessar do meio da quadra em um momento qualquer da partida, e logo você ouvirá comentários irônicos por parte da equipe de narração: “Foi um ótimo arremesso... Se faltasse apenas um segundo para o fim do jogo”.

Controlando a realidade

Em jogos de esporte, o que inevitavelmente precisa ser tratado com qualidade é a noção de peso e física dos objetos. Esses elementos são reproduzidos pela engine de impacto, que trabalha no sentido de fazer os jogadores se moverem como pessoas humanas normais, e não como superseres (exceto o Dwight Howard, ele sim é praticamente um Super-Homem de ombros largos).

Sendo assim, NBA 2K13 consegue simular uma partida de basquete real. Você não consegue dar superpulos, nem bloquear jogadores muito grandes que venham correndo em sua direção. Afinal, como parar um cara de mais de dois metros de altura e cento e poucos quilos, apenas ficando parado na frente dele?

Ainda sobre a jogabilidade, a adição dos novos controles dificulta o aprendizado dos gamers, mas também permite que eles consigam realizar ações muito mais sofisticadas do que eram feitas anteriormente. No final, essa característica acaba sendo mais positiva do que negativa.

Rejogabilidade

Img_normal
Assim como outros games de esporte, um dos fatores mais importantes para decidir a compra ou não do jogo “anual” é o quanto tempo de divertimento ele vai fornecer. O modo de criação de carreira de NBA 2K13 está melhor ainda do que o de seu antecessor e a experiência online pode perdurar por muitos e muitos meses.

Falta de tutorial e nenhuma intuitividade

Os tutoriais são muito injustiçados. Quando um game conta com um longo período explicativo, em geral, ficamos reclamando durante todo o período de instruções. Por outro lado, se o jogo não oferece a opção de explanar com detalhes cada tipo de movimentação ou de como melhor utilizar os controles, a jogatina fica sensivelmente prejudicada.

Img_normal
NBA2K13 traz apenas uma grande modificação em seu sistema de controles, em relação ao game anterior, que é o uso simultâneo dos direcionais direito e esquerdo para realizar arremessos. Mas isso já complica muito as coisas e, sem o tutorial, você simplesmente precisa aprender sozinho o que fazer...

Os menus e as lista de opcionais são "para lá de confusos". Os opcionais são fenomenais, os modos de edição são muito bem feitos e a personalização de itens é incrível. Porém, até que você descubra onde estão os comandos dentro dos quadros de opções, é melhor ficar com um copo de suco de maracujá ao lado...

Vale mencionar, “Baby”

Clique na imagem para ver o vídeo
Escalar Justin Bieber, o astro pop baixinho e pouco querido entre os jovens “menos jovens”, não caiu exatamente diretamente na cesta. “Deu aro”, como dizem na gíria do basquete. Essa ação ficou com cara de uma jogada caracterizada muito mais como um ato promocional por parte da 2K Games do que como qualquer outra grande brincadeira com os fãs.

90 ps3
Excelente

Outras Plataformas

90 xbox-360