Seu Review foi enviado com sucesso.
Enquanto ele fica pendente de aprovação, dê sua nota para o jogo. Sua opinião é importante para a comunidade!
Avaliar este jogo
Voxel
NBA 2K14
COMUN.
90
VOXEL
NBA 2K14
Avaliar este jogo
Review
Avaliar este jogo

Todos se curvem à presença do Rei James!

Maurício M. Tadra

O mundo dos esportes nos video games tem conseguido atingir níveis impressionantes de realismo, tanto em termos gráficos quanto de jogabilidade. Essa ascendência, no entanto, é tão positiva quanto forem as possibilidades existentes de modificar uma franquia, levando em conta que os jogos quase que obrigatoriamente precisam ganhar uma versão a cada ano, independentemente da existência ou não de uma necessidade para isso.

Fonte: Divulgação/2Kgames
Em termos de basquete, podemos dizer que NBA 2K11 redefiniu o gênero logo que foi lançado. Depois disso, o título seguinte (NBA 2K12) mostrou que ainda era possível melhorar, sendo que a experiência do ano passado (NBA 2K13) foi capaz que colocar alguns elementos novos — em busca de uma experiência diferenciada.

O domínio nessa modalidade é grande por parte da 2K Games, principalmente depois que a Electronic Arts resolveu cancelar os lançamentos referentes à sua franquia esportiva de basquete, chamada NBA Live. No entanto, a E3 2013 trouxe a surpreendente confirmação de que os títulos da EA estarão voltando nos consoles da próxima geração, o que deve finalmente garantir um pouco de concorrência para a desenvolvedora apoiada pela Visual Concepts.

Mesmo que isso venha se tornar uma realidade no futuro, é sobre o presente que estamos aqui para falar. A 2K Games pretende encerrar a sétima geração de consoles e iniciar a oitava com um mais um lançamento de sua linha de basquete, consequentemente chamada de NBA 2K14. O título pretende acertar algumas pontas soltas (mesmo que poucas) deixadas pelo seu antecessor, além de encabeçar os títulos esportivos da companhia na nova geração.

Será que o melhor basquetebol do mundo continua bem representado nos consoles? Vamos conferir se o título continua o legado de sucesso da série ou se teremos que esperar ansiosamente pela chegada de NBA Live.

NBA 2K14 é um título que chegou seguindo a linha de lançamento anual que acontece com a maioria das franquias esportivas, o que nem sempre pode significar que a produção ganhará novidades ou modificações que eram necessárias. No entanto, a 2K Games mostrou que é possível sim fazer um trabalho de qualidade em relativo pouco tempo, mesmo que isso não seja uma exigência da concorrência — uma vez que ela praticamente não existe nessa modalidade.

Fonte: Divulgação/2Kgames
O novo game traz controles simplificados, gráficos aprimorados (mesmo que pouca coisa) e uma atualização brutal no que diz respeito à distribuição de jogadores entre os times da National Basketball Association (NBA) dos Estados Unidos. No entanto, vale salientar que, para um bom desempenho no game, não basta conhecer as regras do esporte. É preciso ir mais fundo, devido ao caráter de “simulador” exercido pelo jogo.

Além disso, a exaltação ao magnífico LeBron James pode parecer um pouco exagerada para quem não acompanha a NBA, mas essa mesma característica deve empolgar muito mais os verdadeiros fãs do esporte. Enfim, NBA 2K14 ainda tem previsão de ser lançado para os consoles da vindoura geração, o que deve acrescentar uma melhoria no já incrível visual da obra, sem falar na fidelidade de transmissão.

Uma partida de basquete (mais) de verdade!

Chega quase a ser repetitivo elogiar pela terceira ou quarta vez o mesmo quesito de um título que compõe uma sequência, que recebe lançamentos anualmente. Mas, mesmo assim, é preciso dizer que a semelhança de uma “simples partida” no game, com uma transmissão real das partidas da NBA, está atingindo um nível quase absurdo.

Img_normal

Poderíamos dizer que passaria com facilidade no “Teste das Mães” (que é aquele momento em que seus pais passam pela TV e dizem: “Nossa, eu nem sabia que teria jogo de basquete na televisão hoje”), e que até seus amigos desavisados também entrariam para essa estatística. As apresentações que são feitas durante os períodos de jogo e de intervalo entre eles são idênticas às da vida real.

Além disso, a narração das partidas está incrivelmente realista. Uma das características mais interessantes é que os narradores e os comentaristas fornecem estatísticas em tempo real das partidas que você está jogando, incluindo frases de efeito quando seu time apresenta uma reação depois de estar atrás no placar ou quando o craque de sua equipe está com um rendimento abaixo do esperado.

Tecnicamente melhor e pronto para evoluir

Em termos visuais, NBA 2K14 apresenta melhorias em relação ao seu antecessor. Mesmo que essa evolução seja relativamente pequena, vale lembrar que o título também pretende ganhar versões para os consoles da próxima geração. Nesse sentido, é muito provável que a parte técnica da produção ainda evolua, principalmente no que diz respeito aos gráficos e aos sons.

Img_normal
Para provar isso, a 2K lançou uma imagem da versão de NBA 2K14 para a próxima geração, o que nos deixa muito mais felizes. Mesmo assim, ao bater os olhos em uma partida, é possível que você note que a torcida não conta com rostos? Sobre isso, resta dizer que os jogadores dentro da quadra são tão idênticos aos reais que você não vai tirar os olhos do jogo um segundo sequer...

A trilha sonora mais uma vez merece destaque, ao ponto que você deixa as animações passarem na íntegra para ouvir as músicas, os gritos da torcida ou as reações dos jogadores dentro da quadra. Há ainda um modo de edição musical no menu do jogo, que permite personalizar alguns sons e outros detalhes de seu game.

Mais fluidez na jogatina

Quem acompanha a franquia NBA 2K há algum tempo vai notar que os controles do game mudaram mais uma vez. Essa mudança realmente não é um ponto positivo, mas sim o que ela acarretou. A desenvolvedora simplificou um pouco a maneira de arremessar, bem como a de realizar manobras “artísticas” nas partidas.

Portanto, é preciso reconhecer que essa alteração fez com que as jogatinas se tornassem mais rápidas e fluidas. Por isso, agora é possível usar com mais facilidade as habilidades especiais de cada jogador, como os dribles de LeBron, a precisão incrível de Kevin Durant ou os rebotes de Tim Duncan.

Novos controles (de novo?)

Quem jogou NBA 2K13 deve ter passado muitas horas praticando o game apenas para conseguir se habituar aos controles diferenciados da obra. Com a proposta de simplificar a forma que a jogatina era apresentada nos trabalhos anteriores, a mudança acabou se mostrando pouco eficiente, devido à baixa intuitividade proporcionada tanto aos gamers mais experientes quanto aos que estavam chegando à franquia naquele momento.

Fonte: Divulgação/2Kgames
Agora, a 2K resolveu mudar novamente os comandos do título. Tudo bem que agora eles funcionam melhor, mas é preciso reaprender um bom tanto do que havia sido “estudado” anteriormente, principalmente no que diz respeito ao ritmo da jogatina.

O modo LeBron e muitas personalizações

A nova modalidade chamada Path To Greatness, baseada no estrelato do monstruoso LeBron James conseguido nas últimas temporadas, segue a linha apresentada anteriormente de um modo semelhante, estrelado pelo mítico Michael Jordan. Se você não é um expert no basquetebol americano, é provável que seu proveito em relação a essa novidade em termos de conteúdo seja muito próximo de zero.

Img_normal

Além disso, o game oferece várias personalizações para criação de jogador, diferentes tênis que você pode usar, além de outros detalhes, que soam muito mais como meros acordos comerciais do que como reais diferenciais para a jogatina. Em outros termos, o tempo investido nessas modificações não compensa.

A franquia continua um pouco confusa

Para quem já é macaco velho nos jogos de basquete produzidos pela 2K, esse tópico talvez pareça um pouco desnecessário. Agora, se você é um amante casual do esporte e gostaria apenas de poder jogar um pouco de basquete no seu console caseiro, então você há de concordar que o título não é muito claro.

Para começar, os menus ficam um pouco escondidos, não ficando muito claro (para leigos) o que se deve fazer nem para jogar uma simples partida de exibição. Fora isso, as regras do basquete são bastante complexas e você realmente precisa entender o posicionamento de seu time, para não se perder na estratégia de marcação e acabar esculhambando com tudo.

Img_normal
Uma dica legal para quem gosta do esporte, mas não é um jogador hardcore, é completar todos os modos de treinamento existentes no game. Dessa forma, você ficará craque nos controles e acaba pegando com mais facilidade a movimentação de cada uma das posições dos jogadores em quadra — fazendo com que você se torne um mestre do basquete!

90 pc
Excelente

Outras Plataformas

90 ps3
90 xbox-360