O ninja Ryu Hayabusa dá um salto à nova geração de consoles.

Seqüências de grandes títulos tendem a fazer maior sucesso no mundo dos games — ou ao menos mais barulho —, afinal, uma aposta em uma fórmula já bem sucedida é mais certa que qualquer outra. No entanto, muitas franquias de nome não conseguem conciliar a evolução tecnológica com a essência da fórmula, alterando elementos já característicos da série.

Ninja Gaiden não é uma destas franquias. Com o lançamento de Ninja Gaiden, para o Xbox, a série saltou gerações, alterando uma série de elementos devido aos novos padrões adotados nos jogos do gênero. No entanto, a sensação de acabar com inimigos, saltar por obstáculos, encontrar novos poderes e derrotar chefes enormes é exatamente a mesma que se tinha ao jogar os primeiros títulos da série.

Vendo o grande sucesso do game, os desenvolvedores trabalharam em uma versão do título especialmente à nova geração e aos fãs da série que não tiveram a oportunidade de experimentar o novo formato da franquia. Foi então que surgiu a idéia de Ninja Gaiden Sigma, uma reedição para o Playstation 3 do mesmo Ninja Gaiden lançado para o Xbox em 2004, no entanto, com gráficos melhorados e algumas novidades, como a possibilidade de jogar com a caçadora de demônios Rachel.

Em busca de vingança


Assim como os primeiros jogos da franquia, o enredo de Ninja Gaiden Sigma é simples e envolve uma boa dose de vingança. O vilarejo Hayabusa é atacado enquanto Ryu Hayabusa — o protagonista da série — faz uma visita ao seu tio, Murai. Mas a tentativa do ninja de salvar o vilarejo é em vão perante o poder do inimigo Doku, e a Dark Dragon Blade (espada negra do dragão) é roubada. Incapacitado de proteger seu povo, Ryu Hayabusa se recupera e parte em busca de vingança!

Ao longo de sua jornada, Ryu encontra aliados importantes, como Muramasa (um ferreiro que lhe vende itens e
Rachel é uma de suas principais aliadas nesta aventura. conserta suas armas) e Rachel. A grande novidade é o fato desta ter ganho seus próprios episódios no modo história do jogo. São ao todo três fases nas quais você joga com a caçadora de demônios, que possui movimentos e habilidades diferentes — a única limitação fica por conta de haver apenas uma arma e uma magia para ela.

A história é contada de maneira bastante linear e progressiva, em um formato que remete aos jogos da época em que a franquia foi lançada. Da mesma forma, a estrutura do game foi feita num molde bastante tradicional e semelhante aos jogos mais antigos. Um exemplo disso é o fato do protagonista possuir poucos ataques e poderes mágicos no começo do game, coletando-os ao longo das fases, enquanto estas, por sua vez, acabam sempre com um chefe que exige determinada tática para ser vencido.

Ação sem limites

Como seu enredo é simples e não necessita de muita atenção, a ação é o principal elemento de Ninja Gaiden Sigma. Geralmente os inimigos vêm em grupos e você deve lidar com mais de um deles ao mesmo tempo. Como um bom ninja, no entanto, Hayabusa é bastante habilidoso com sua espada e possui habilidades acrobáticas de fazer o qualquer fã de Prince of Persia ficar boquiaberto. Além disso, o ninja pode utilizar outras armas além da sua espada tradicional — sejam elas de contato ou não —, como shurikens, arco e flecha ou um par de espadas chamadas Dragon's Claw e Tiger's Fang (novidade exclusiva de Ninja Gaiden Sigma).

Para acabar com uma série de inimigos rapidamente, o jogador deve aprender bem as combinações de golpes de espada e saber a hora certa de pular ou rolar para evitar ser atingido. Além disso, o ninja pode utilizar poderes mágicos chamados Ninpos — golpes especiais que vão desde formar uma parede de fogo em torno de si até atirar bolas de fogo nos oponentes. Mas o maior aliado de Ryu é a defesa; contra-atacar inimigos que deixam a defesa aberta é quase sempre a melhor opção em batalha.

A ação de Ninja Gaiden Sigma é rápida e deve agradar aos veteranos, mas apresenta comandos fáceis e intuitivos o suficiente para os novatos. À medida que o jogador avança no game, seus atributos são melhorados — novos golpes e Ninpos podem ser aprendidos e novas armas, encontradas —, enquanto o desafio aumenta progressivamente.

Mas o jogo não se resume apenas às batalhas intensas, embora estas sejam seu elemento principal; há também muita ação em plataforma na fórmula de Ninja Gaiden Sigma. Ryu Hayabusa possui habilidades acrobáticas invejáveis, sendo capaz de andar sob a parede, escalar muretas altas, dar cambalhotas no ar, pular sobre os inimigos e até correr sobre a água. Há determinados obstáculos que só podem ser vencidos com as incríveis manobras do ninja, no entanto, estes geralmente têm sua solução mostrada de forma bastante intuitiva — novamente a ação é favorecida.

A precisão dos controles é um dos aspectos de maior destaque do título — e não poderia ser diferente em um jogo no qual a ação está em primeiro lugar. Embora às vezes os ângulos da câmera atrapalhem um pouco durante as batalhas, no geral
tudo é construído para que não haja barreiras entre você e o game. Os controles respondem muito bem aos comandos e difícilmente você é punido devido a alguma falha do jogo.

Outro ponto bastante marcante em Ninja Gaiden Sigma é o alto nível de dificuldade. Embora ofereça uma jogabilidade de fácil acesso e uma dificuldade gradual, o título apresenta inimigos fortes e resistentes e chefes que exigem muita estratégia e habilidade para serem derrotados. Felizmente, você constantemente encontra uma pequena fonte, indicando que é possível salvar o jogo, ou o ferreiro Muramasa (às vezes apenas uma estátua dele), que lhe vende itens e novos ataques mágicos. Além disso, itens para recuperar vida e semelhantes também podem ser encontrados com certa freqüência em baús ou semelhantes.

Se mesmo assim você não se adaptar à dificuldade de Ninja Gaiden Sigma, é possível diminuir o seu nível. Quando o jogador morre algumas vezes, uma pergunta surge na tela: “você escolhe sair do caminho ninja?”. Se sua resposta for sim, o nível de dificuldade diminui, não antes de Ayane (uma jovem ninja que lhe dá dicas importantes em sua jornada) demonstrar seu desapontamento.

Um salto à nova geração


Como uma reedição de um jogo feito para a antiga geração, Ninja Gaiden Sigma não apresenta gráficos espetaculares e nem segue os padrões da nova geração, que incorpora efeitos de luz estonteantes e modelos extremamente realistas. No entanto, os gráficos cumprem bem sua função e tiveram uma boa melhora em relação à versão original.

A modelagem e animação dos personagens são muito boas e os movimentos de Ryu — que vão das mais diversas acrobacias e até golpes que decepam a cabeça dos adversários —, espetaculares. As animações computadorizadas, por sua vez, são muito boas e dão um aspecto cinematográfico ao game. Os cenários são bem diversificados e com um nível satisfatório de detalhamento, assim como os chefes; cada um deles tem sua peculiaridade, tanto na forma de agir quanto na própria modelagem.

Assim como os gráficos, a sonoplastia e trilha sonora também foram melhorados, no entanto, todas as adições foram feitas de maneira adequada para que nada parecesse artificial ou remendado. As dublagens são bastante interessantes — há a opção de escolher a língua na qual os diálogos são feitos — e os efeitos sonoros são compatíveis com a proposta do jogo.

A continuação de um legado


Ninja Gaiden Sigma é daqueles jogos pouco complexos, nos quais a ação é o elemento principal do início ao fim. Apresentando um formato que remete ao clássico beat 'em up — gênero de títulos como Double Dragon e Final Fight — e favorece o combate, o game relembra os bons tempos dos primeiros jogos da série.

Embora seja uma reedição de Ninja Gaiden, lançado para o Xbox em 2004, os novos conteúdos do game — somados à jogabilidade afiada e rápida, os gráficos bem estruturados e a sonoplastia e trilha sonora bem adequados da versão original — fazem de Ninja Gaiden Sigma um título indispensável para quem possui um PS3. Aqueles que já tiveram a chance de experimentar a versão para o Xbox, por sua vez, provavelmente não vão pensar duas vezes antes de conferir esta reedição!

Compre com o menor preço:
87 ps3
Ótimo