Prinny: Can I Really Be the Hero?
Seu Review foi enviado com sucesso.
Enquanto ele fica pendente de aprovação, dê sua nota para o jogo. Sua opinião é importante para a comunidade!

Prinny: Can I Really Be the Hero?

Avaliar este jogo
Voxel
Prinny: Can I Really Be the Hero?

Prinny: Can I Really Be the Hero?

Fazer review
Nota
da comunidade
Avaliar este jogo
Últimas atividades

Todos os finais alternativos

Eu testei todos os finais Finais alternativos: Noticia sobre o penguim explosivo - Perca todas as 1.000 vidas. Final Asagi - Derrote a Asagi no modo story. Final normal - Termine o jogo normalmente. Fuga...
Dica enviada por 903321-thiago2099 25/03/2010 às 13:55h

Finais alternativos

Veja como conseguir todos os finais do jogo. Noticia sobre o penguim explosivo - Perca todas as 1.000 vidas. Final Asagi - Derrote a Asagi no modo story. Final normal - Termine o jogo normalmente. Fuga...
Dica enviada por -DG- 13/03/2009 às 19:53h

Review enviada por

Dica enviada por
Carregar Mais
Ficha Técnica
Data de lançamento 17/02/2009
Classificação
Desenvolvedora Nippon Ichi Software
Distribuidora NIS
Número de jogadores 1-1
Sobre
2009 deve trazer uma merecida tomada de fôlego para a popular série Disgaea. Longe de ser mais um jogo com vários esquemas táticos, Prinny: Can I Really Be the Hero? traz como protagonista o controverso mascote da franquia, o pingüim Prinny — completo com lâminas e pernas de pau — em um clássico jogo de ação em plataforma através de vários mundos insólitos de jogo.

Apesar de ser um jogo de ação, a aventura solo do belicoso pingüim de Disgaea deve flertar com a série em diversos elementos, notadamente no singular senso de humor da série. E isso vale também para a motivação dos heróis.

Nesse caso, Etna — a mistura entre demônio e Lolita da série — descobriu que a sua sobremesa preferida foi roubada. Motivo mais do que suficiente para mobilizar um exército de pingüins armados com lâminas e uma série de ataques que vão de lâminas a explosivos. Além disso, os prinnies também vão poder arremessar objetos e dar o seu rodopio que é marca registrada.

O improvável herói ainda poderá dirigir vários veículos igualmente improváveis, desferir combos e realizar ataques aéreos em dois níveis de dificuldade: Standard Mode (três danos antes de morrer) e Hell Mode (morte instantânea). Além disso, como é de prache na série Disgaea, vários elementos de Prinny: Can I Really Be the Hero? devem flertar com outras franquias de jogos, incluindo movimentos e golpes.
Ver mais