Voltando aos eixos

Videoanálise

Conhecida como uma das franquias de futebol mais tradicionais do video game, a série Pro Evolution Soccer (conhecida antigamente como Winning Eleven, o seu nome oriental) recebe mais uma edição produzida pela Konami.

Desta vez, a companhia promete melhorias nos aspectos visuais do game, assim como em sua jogabilidade — que conta agora com o inovador recurso que permite controlar dois jogadores simultaneamente, uma artimanha que pode definir resultados. Além disso, a localização completa do jogo para o português do Brasil mostra que a companhia continua investindo na busca de ocupar um lugar de destaque dentro do gênero.

O grande problema das séries anuais é oferecer novidades suficientes que justifiquem os novos lançamentos. Enquanto PES 2012 recebeu algumas pequenas adições em seus modos, o que realmente o torna diferente de seus antecessores são a nova inteligência artificial e o recurso de uso de dois jogadores simultâneos.

Ainda assim, algumas falhas, como a falta de licenciamento de alguns times e a impossibilidade de realizar jogos entre equipes da Libertadores e das demais ligas, são frustrantes e podem incomodar bastante os amantes da série.

Esses problemas, no entanto, não são novos, sendo que o público apreciador da franquia convive com eles há bastante tempo. Sendo assim, para quem não se importa com detalhes como esses, Pro Evolution Soccer 2012 pode ser a escolha certa, com a vantagem de ainda ser totalmente em português.

Clique aqui para saber como funcionam os critérios das análises do Baixaki Jogos!

Agradecemos ao pessoal da Proximo Games pela disponibilização do jogo.

Um olho no gato, outro no peixe

De modo geral, são notáveis as melhorias apresentadas por esta edição do game.  A inteligência artificial dos companheiros de time foi bastante aprimorada, fazendo com que encontrá-los no lugar certo em campo não seja um evento raro.

Img_normalNo entanto, é o recurso de controle de dois jogadores simultaneamente que mais se destaca. Pressionando o pino analógico direito do controle, é possível selecionar um segundo atleta e comandá-lo até o local que você desejar.

É claro que é bastante complicado prestar atenção em dois pontos distintos da tela e ainda permanecer com a posse de bola. Por conta disso, a Konami também adicionou uma opção na qual a nova habilidade faz com que o segundo jogador saia correndo em direção ao campo adversário. Algo que, embora pareça um pouco mais limitado, pode ser aquele empurrãozinho que falta para abrir o placar.

Cumpra os desafios e supere suas dificuldades

Já para aqueles que encontrarem alguma dificuldade em relação às novidades ou a outros aspectos do game, há também um modo de treino que oferece pequenos desafios, como percorrer um caminho de cones ou conseguir acertar pontos específicos do gol durante as cobranças de falta.

Estádio virtual

O visual também recebeu algumas melhorias significativas em relação à edição anterior, sendo que o estádio e todos os seus elementos garantem uma imersão total na experiência do game. É possível visualizar repórteres e fotógrafos em volta do campo, bem como os técnicos e seus ternos na beira do gramado, algo que pode fazer algum desavisado acreditar que está assistindo uma partida real pela TV.

Img_normal

Tudo no seu idioma

Uma boa vantagem de Pro Evolution Soccer é o fato do título estar todo em português do Brasil. A localização, que é rara nos video games, auxilia bastante o entendimento dos modos de jogo mais específicos, assim como a compreensão dos comandos mais complexos.

Além disso, o título conta mais uma vez com a narração de Sílvio Luiz, o mítico locutor esportivo que, além de narrar em nosso idioma, ajuda a dar um pouco mais de emoção às partidas.

Mais do mesmo

Img_normalEmbora tenha realizado um grande salto em relação a sua edição anterior, PES 2012 também tem as suas falhas. Como um título anual que precisa se renovar sempre, o jogo comete o deslize costumeiro de não oferecer novas modalidades de jogo. Dessa forma, ainda que a Libertadores e a UEFA Champions League continuem disponíveis, pouco há de diferente quando comparamos ao conteúdo da edição do ano passado do game.

E as licenças, cadê?

A falta de licenciamento de seleções e times em PES 2012 chega a ser deprimente. O problema principal, no entanto, não é a ausência da licença oficial, mas a falta de cuidado com detalhes importantes das principais equipes. O Brasil, por exemplo, tem uniformes inteiramente verdes, enquanto a Argentina chega a ostentar uma irônica camisa reserva amarela com o símbolo do país em azul.

Outros problemas ocasionados pelas questões de licenciamento se referem às partidas. Enquanto há seis times brasileiros no modo Libertadores (Santos, Cruzeiro, Grêmio, Fluminense, Internacional e Corinthians), nenhum é possível enfrentar equipes como a do Barcelona com nenhum deles. Uma triste limitação para aqueles que gostariam de ver Neymar disputando contra Messi fora dos jogos entre Brasil e Argentina.

Img_normal

Atravessando os colegas

Já sobre o aspecto gráfico, enquanto o jogo possui o mérito de apresentar alguns dos estádios mais vivos dos games, dentro de campo a história é outra. O defeito gráfico chamado de clipping é bastante frequente durante as colisões de esportistas, sendo que em alguns casos beira até mesmo ao absurdo, visto que os atletas praticamente se atravessam por completo.

Compre com o menor preço:
88 ps3
Ótimo

Outras Plataformas

88 xbox-360