Divirta-se com os amigos nesta aventura 3D de Ratchet e Clank

A dupla Ratchet e Clank vem conquistando jogadores desde os tempos do PlayStation 2. Em épocas passadas, os games focavam especificamente em missões mirabolantes, repletas de desafios, nas quais os protagonistas nunca mudavam e sempre tinham de combater um plano maligno. Parte disso não mudou, mas Ratchet & Clank: All 4 One vai te surpreender.

Para fugir da mesmice, a Insomniac Games alterou um pouco o foco. Agora, o multiplayer é intenso e os seus amigos são mais do que bem-vindos. O game suporta até quatro jogadores, que podem controlar os personagens principais (Ratchet e Clank), o Capitão Qwark e, por incrível que pareça, o vilão Doutor Nefarious.

Seja você um fã da famosa dupla da Sony ou apenas um jogador que deseja diversão, Ratchet & Clank: All 4 One é um jogo que vale muito a pena. O game oferece uma quantidade imensa de troféus, objetivos, habilidades e outros tantos recursos que incentivam o jogador a embarcar diversas vezes na mesma aventura.

Alguns pequenos erros podem atrapalhar sim o ritmo do game, mas se você estiver jogando com os amigos, esses probleminhas acabam em risadas infinitas. O novo título da série Ratchet & Clank é recomendado principalmente para quem gosta de games como LittleBigPlanet, Disney Universe e outros que oferecem diversão acima de tudo.

Agradecemos ao pessoal da Proximo Games pela disponibilização do jogo.

O novo universo de Ratchet e Clank

Os games dessa famosa dupla sempre colocaram o jogador em ambientes diversificados, e em Ratchet & Clank: All 4 One não poderia ser diferente. Na nova aventura, vemos os personagens embarcando em cenários altamente tecnológicos, mas, logo em seguida, acompanhamos missões em paisagens recheadas de natureza.

Florestas, fases aquáticas, níveis com muito fogo e outras tantas surpresas evitam que o jogo se torne repetitivo. Apesar dos novos cenários, não podemos dizer que o game alcançou um novo patamar de qualidade. Contudo, o diferencial é notável na câmera estática que visa facilitar a jogatina com múltiplos jogadores.

Img_normal

Em termos gráficos, é notável que a desenvolvedora caprichou um pouco mais nas texturas e nos tantos elementos presentes nas fases. Esses itens de cenário nem sempre são bem encaixados, mas você só vai reclamar se tiver um olho clínico. Para acompanhar o salto gráfico, entram os vídeos que foram bem produzidos e preparados para o 3D.

Aliás, a parte tridimensional de Ratchet & Clank: All 4 One é um dos grandes destaques. Quem joga em uma televisão comum não vai notar que diversas cenas foram criadas especificamente para o uso do recurso. Agora, se você usar os equipamentos 3D, então vai conhecer um universo novo da famosa dupla exclusiva da Sony.

A diversão nunca para

Ritmo frenético. Essas são as palavras que descrevem com precisão Ratchet & Clank: All 4 One. A ideia de oferecer uma aventura focada no multiplayer foi algo sensacional, mas isso só ganha destaque quando você começa a enfrentar enormes batalhões de inimigos. Nesse quesito, inclusive, vale salientar que o jogo diversifica muito nos adversários. Novos monstrinhos são apresentados de tempos em tempos, sendo que cada tipo tem uma fraqueza diferente.

Img_normal

A quantidade absurda de alienígenas que aparecem no decorrer das fases deixa o game muito divertido. As surpresas ficam ainda mais interessantes quando os chefes dão as caras: inimigos enormes com poderes diversos e cada vez mais difíceis. O game também não falha na parte estratégica, forçando o jogador a buscar o ponto fraco dos monstros.

Por se tratar de um jogo multiplayer, a diversão principalmente consiste no modo cooperativo. Em diversas situações, você deverá ajudar os amigos, sendo que ninguém conseguirá avançar sozinho. Os desafios apresentados em cada nível são os mais variados possíveis e não deixam o jogo se tornar muito repetitivo. Claro, se você ficar travado em uma única fase, então vai enjoar de fazer as mesmas tarefas.

Mergulhe no jogo

A jogabilidade de Ratchet & Clank: All 4 One não teve muitas mudanças. É bem simples controlar qualquer um dos personagens, sendo que todos possuem comandos muito semelhantes. Algumas armas são diferentes, aspecto que deixa o jogo bem interessante, visto que para determinadas situações é interessante usar um ou outro herói — ou vilão, caso você jogue com o Doutor Nefarious.

Img_normal

Para acompanhar toda a aventura do quarteto, uma trilha sonora empolgante dá o ritmo nas fases. Dentro de um mesmo mundo, as músicas são semelhantes, mas não parecem ser tão repetitivas. Ainda na parte de áudio, devemos frisar que o game utiliza recursos sonoros de qualidade, permitindo que os sons dos inimigos, armas, explosões e diversos outros dispositivos sejam facilmente reconhecidos.

Empecilhos mortíferos!

Poder usar diversas armas é um ponto a favor de qualquer jogo em que a ação é constante. Entretanto, um bom sistema para seleção da artilharia é necessário. No caso de Ratchet & Clank: All 4 One, o menu de escolha é acessível através do analógico direito. O pior é que parte do arsenal ainda está escondida em submenus que podem ser acessados usando o botão R1.

Img_normal

Assim como a seleção de armas dificulta o ritmo do game, a câmera travada atrapalha o jogador. O ângulo de visão é determinado automaticamente pelo jogo. Isso não afeta muito durante a jogatina; contudo, em algumas situações, a câmera pode ser mais letal do que os inimigos. A falha é recorrente no modo multiplayer.

Uma das grandes ideias de Ratchet & Clank: All 4 One é incentivar o modo cooperativo. A proposta, no entanto, acaba entrando pelo ralo por conta da mira automática. Em diversas situações, você e seus amigos deverão atirar em conjunto num único inimigo. Acontece que tudo fica bem difícil quando o game faz cada arma apontar para uma direção diferente.

Muita diversão, pouca história

No começo de Ratchet & Clank: All 4 One, fica claro que a dupla está aposentada e que por um acaso do destino acabam entrando numa missão maluca. Como era de se esperar, a galáxia corre perigo, mas tudo é um bocado embaçado no começo. No decorrer do game, o enredo é desenvolvido aos poucos, com novas missões e perigos apresentados.

Img_normal

Contudo, essa história de alienígenas dominando o espaço não é muito bem explicada e somente depois de certo tempo é que fica claro qual é o verdadeiro inimigo. Para dar uma incrementada no game, alguns personagens aparecem solicitando ajuda ou oferecendo conselhos. Devido ao ritmo constante, acompanhar o enredo não é tão fácil, ainda mais que o jogo não tem tradução para o idioma português.

É sempre a mesma coisa?

Como de praxe, o novo jogo da série aproveita bom humor. Em um primeiro momento, as falas dos personagens são muito engraçadas. Não há como não dar uma gargalhada quando um dos protagonistas fala “Armas, coisas que usamos para matar outras coisas”. Contudo, depois de algum tempo, as piadas acabam sendo muito repetitivas.

Se os diálogos sempre iguais não incomodarem, Ratchet & Clank: All 4 One tem uma carta na manga que vai te deixar entediado. Apesar de oferecer diferentes tarefas, o game acaba se tornando repetitivo e forçado quando obriga o jogador a quebrar peças com uma britadeira ou a jogar tinta em determinados objetos.

85 ps3
Ótimo