Resident Evil 5: Lost in Nightmares
Seu Review foi enviado com sucesso.
Enquanto ele fica pendente de aprovação, dê sua nota para o jogo. Sua opinião é importante para a comunidade!

Resident Evil 5: Lost in Nightmares

Avaliar este jogo
Voxel
Resident Evil 5: Lost in Nightmares

Resident Evil 5: Lost in Nightmares

Fazer review
90
Nota
do Voxel
Avaliado no PS3
Nota
da comunidade
Avaliar este jogo
Últimas atividades

Itens Playstation Home (exclusivo da versão PS3)

Itens Playstation Home (exclusivo da versão PS3) • Chris Redfield – Logue pela primeira vez na Playstation Home. • Sheva Alomar – Termine o jogo no modo Normal. • Jill Valentine – Termine o jogo no...
Dica enviada por Darth_Gama 19/03/2011 às 11:12h

Câmera clássica em "Lost in Nightmares" (RE5 Gold Edition)

Ao iniciar o cenário "Lost in Nightmares", cheque a porta principal da mansão três vezes. Isso habilitará o modo clássico de câmera, semelhante aos primeiros games da série. Para desabilitar, basta checar...
Dica enviada por Darth_Gama 19/03/2011 às 10:59h

Câmera Classica de RE's antigos

Simples e rapido...olhe para a porta 3 vezes e irá para a câmera classica...além de uma dificuldade para jogar com a câmera é um otimo truque... OBS.ó vai até a parte dos esgotos se não me engano
Dica enviada por Steve-Burnside 09/07/2010 às 22:00h

Review enviada por

Dica enviada por
Carregar Mais
Ficha Técnica
Data de lançamento 17/02/2010
Classificação Para maiores de 3 anos
Desenvolvedora Capcom
Distribuidora Capcom
Número de jogadores 0-0
Sobre

Quem jogou RE 5 deve se lembrar: Chris e Jill enfim conseguem encontrar a mansão do cérebro por trás da Umbrella Corporation, Ozweel E. Spencer. Uma vez no topo da mansão, ambos encontram e combatem o “Neo-wannabe” Wesker. A cena acaba com Jill despencando da janela da mansão agarrada ao vilão. Bem, Lost in Nightmares, DLC para o título original, se propões a contar como exatamente o capítulo se desenrolou.

Mas Lost in Nightmares é também uma espécie de viagem no tempo. Todo o estilo gráfico e a jogabilidade do DLC lembra os anos dourados de RE. As portas se abrem lentamente, e em primeira pessoa. Os cenários são solitários e cheios de ruídos suspeitos. Também os tradicionais puzzles da série voltam a assumir o papel que tinham inicialmente — embora a simplicidade de alguns desafios funcione quase como uma paródia aqui.

Tornando as coisas um pouco mais tenebrosas, aparece um novo e encarniçado inimigo. Trata-se de um zumbi gigantesco, portando um gancho igualmente gigantescos, e lotado de pústulas e bolhas sobre um dos ombros — existe até um globo ocular no meio disso tudo. E o melhor: a munição aqui é tremendamente escassa. Dessa forma, o negócio é você ser inventivo para não abar com o torso separado do restante do corpo.

Embora seja relativamente curto — aproximadamente uma hora de jogo —, Lost in Nightmares certamente traz alguns motivos para que você resolva se aventurar pela viagem no tempo de Chris Redfield algumas vezes mais. Além de algumas armas novas, o desafio na mansão pode ainda sempre mudar de cara, já que tanto inimigos como itens são dispostos aleatoriamente. Isso sem falar nos diversos níveis de dificuldade, é claro.

Ver mais