Correções e modo Survival revigoram esta sequência sanguinolenta

Quando Shank estreou nos consoles, muita gente elogiou a ideia do game. De início, a proposta era interessante, mas, depois de algum tempo de jogatina, era notável que o título não tinha nada de especial. Apesar disso, o personagem conquistou muitos fãs com uma aventura repleta de sangue.

Agora, mais de um ano depois do primeiro game, a Klei Entertainment lança a continuação. O novo jogo conta com uma série de correções, as quais deixam o título mais fluído e divertido. Além disso, Shank 2 traz algumas inovações, ampliando as atividades e conquistando um público ainda maior.

Shank 2 tem uma receita muito parecida com a do primeiro jogo. Contudo, ele não é o mesmo game, principalmente por trazer alguns recursos inovadores. O que mais nos impressionou foi o modo Survival, opção que deixa o título muito mais divertido que o antecessor.

Jogar com outros personagens também é algo a se levar em conta, visto que essa novidade oferece um motivo a mais para zerar o game novamente. Enfim, apesar da história sem sentido, vale a pena comprar Shank 2, afinal, o jogo oferece ação infinita.

Uma aventura mais bonita e brutal

Shank 2 não é um game desenvolvido para impressionar no quesito gráfico. Tanto é verdade que o título não traz inovações se comparado com seu antecessor. Aqui, você vai embarcar numa aventura de visuais simples, com personagens bem caricatos. Durante o decorrer da história, você vai desfrutar de cenários e animações bidimensionais.

Apesar de não impressionar, os visuais já são característicos do jogo, algo que já funcionou no primeiro título e não precisava de alterações. Assim, a desenvolvedora realizou pequenas melhorias nos ambientes, deixando a aventura muito mais bonita. A paleta de cores não teve mudanças significativas, porém, os cenários são bem diferentes.

Img_normal

Para dar uma revigorada no jogo, a Klei Entertainment adicionou mais objetos interativos e uma enormidade de armas. Agora, você pode aproveitar tochas, barris, foices, bastões e um arsenal bem diversificado que é disponibilizado aos poucos. Na hora do aperto, é possível ativar armadilhas que facilitam a aniquilação dos inimigos.

As músicas são muito parecidas com as do primeiro game, todavia, a qualidade sonora de Shank 2 é superior. Os recursos de áudio utilizados durante o jogo são bem definidos, o que faz toda a diferença para quem vai jogar com fones de ouvido.

Aprendendo com os erros

A primeira aventura de Shank decepcionou em alguns aspectos. Um dos mais problemáticos era a jogabilidade que era um pouco travada e usava alguns botões para realizar múltiplas tarefas. Em Shank 2, a jogabilidade é um ponto forte, claro, se você estiver jogando com um joystick. Você tem total controle sobre a mira, pode realizar combos com maior facilidade e movimentar o personagem com precisão.

Img_normal

Além disso, Shank 2 chegou para desafiar os melhores jogadores. A dificuldade do jogo aumentou significativamente, portanto, você não vai conseguir usar sempre a mesma tática para derrotar todos os adversários. O game exige um pouco mais de estratégia, forçando o jogador a variar os golpes e armas.

Outro aspecto que teve melhorias significativas foi a inteligência artificial. Tanto os inimigos que aparecem no decorrer das fases quanto os chefes de níveis estão mais espertos. Claro, ainda existem algumas falhas, contudo, você não vai conseguir zerar o título com extrema facilidade.

Uma nova turma!

Shank 2 não é um jogo muito inovador, no entanto, o game oferece algumas novidades para os fãs. A primeira delas é a possibilidade de jogar com uma enormidade de personagens. Diversos protagonistas e coadjuvantes são liberados aos poucos, o que torna o reprise da aventura mais animador.

Por fim, vale um destaque especial para o ponto mais interessante do game: o modo Survival. Aqui, você pode brincar sozinho ou com outros jogadores que estejam online. A ideia é sobreviver pelo máximo de tempo possível, aniquilando a maior quantidade de inimigos (controlados pelo computador) e impedindo que eles instalem bombas no cenário.

Uma missão sem propósito

No episódio anterior de Shank, vimos que o protagonista da história havia entrado numa aventura perigosa para matar um bruta-montes que havia destruído seu relacionamento. Apesar de ser uma continuação, o enredo de Shank 2 não tem qualquer ligação com o que foi exibido no game antecessor.

Img_normal

A nova aventura do corajoso personagem começa sem precedentes, sendo que qualquer jogador fica se questionando sobre o real motivo para Shank embarcar numa missão sem sentido. Depois do primeiro episódio do game, uma pequena introdução revela que Shank vai lutar para derrotar o General Magnus. Parece que o jogo foi lançado apenas para oferecer novos níveis recheados de sangue e brutalidade, pois a história não convence nem um pouco.

Alguns problemas persistem

Se por um lado Shank aprendeu com erros prévios, por outro é notável que o novo título deixa a desejar em aspectos que já decepcionaram no primeiro game. O pior defeito do jogo consite na duração do modo campanha. Com apenas oito níveis, Shank 2 oferece uma aventura bem curta, a qual pode ser finalizada em duas ou três horas.

Para desanimar ainda mais, o jogo é tão repetitivo quanto o primeiro, deixando qualquer um entediado após repetir uma ou outra fase. Os inimigos são sempre os mesmos e os ambientes são muito parecidos. Finalizando nossa lista, devemos salientar que os vídeos de transição são bem cansativos e não empolgam muito. Parece que a desenvolvedora não se empenhou para inovar nesse quesito.

80 pc
Ótimo

Outras Plataformas

80 ps3
80 xbox-360