SimCity Creator desaba no Nintendo Wii.

Em 1989, a Maxis lançava um jogo peculiar, que havia sido desenvolvido pelo famoso Will Wright. A proposta era simples: criar uma cidade e administrá-la. O primeiro produto da empresa chegou a várias plataformas e conquistou milhares de jogadores. Além disso, o game gerou várias seqüências, que também foram bem recebidas pela crítica e pelos gamers. O nome deste fenômeno? SimCity.

Após a criação deste lendário game, o fundador da Maxis resolveu investir em outros jogos. No ano 2000, o aclamado The Sims invadia a casa dos jogadores, conquistando uma legião de fãs. A simpatia dos personagens, e a possibilidade de mobiliar e criar uma casa de seus sonhos foi a aposta de Wright em The Sims. E o sucesso foi ainda maior que sua primeira série, SimCity.

Há cerca de 10 anos, a Electronic Arts comprava a Maxis. Em 2007, a EA resolveu dar novos ares aos Sims com o jogo MySims para as plataformas da Nintendo. Infelizmente, game não foi tão recebido quanto às demais obras de Wright, mas foi suficientemente bem aceito para gerar uma série.


Sims no console casual

O ano de 2008 recebeu um jogo que mesclava a série MySims com a lendária fórmula de SimCity. Trata-se de SimCity Creator para Nintendo Wii. Mesmo não fazendo parte da série MySims, o game conta com diversos elementos que a relembram, mas mantém a complexidade do famoso SimCity intacta.

O objetivo continua o mesmo, e muito pouco foi mudado em relação aos jogos anteriores da série SimCity. Mas será que SimCity Creator é capaz de construir todos os elementos que caracterizaram a franquia em um console tão casual como o Nintendo Wii? Bem, é um projeto difícil, mas vamos encará-lo.

A boa e velha fórmula de SimCity

Felizmente, você notará muitas semelhanças com os excelentes jogos de The Sims nesta versão para Wii. O objetivo ainda é o mesmo: construir uma cidade e ajudá-la a se tornar uma próspera metrópole. Você assume o papel do presidente, e deve atender às demandas de seus cidadãos. Quem já desfrutou de qualquer jogo da série irá se sentir em casa, e pode até se divertir com esta fórmula infalível.

O mesmo SimCity de sempre

Boa parte dos modos que estavam presentes nos jogos anteriores continuam a dar as caras em SimCity Creator. Um deles é o Free mode, no qual o jogador deve construir sua cidade sobre pequenas restrições. A mesma dica de sempre ainda é válida, prestar a atenção em sua grana e construir somente o necessário. Mas, além do modo principal, há o Mission Mode, que pode ser interessante para os jogadores “hardcore”.

Este segundo modo possui alguns objetivos para serem cumpridos. Em vez de simplesmente construir sua cidade de maneira livre, você deve realizar ações sob determinadas circunstâncias. Basicamente, você terá um objetivo e um limite de tempo, e tem de completar missões em que se deve alcançar certa quantia de população para evitar a total destruição, por exemplo.

Guia para iniciantes

O Mission Mode pode se tornar realmente interessante caso você consiga ir a fundo, chegando às últimas missões. É desafiante e satisfatório, mas também conta com um pequeno problema que pode deixar os jogadores muito irritados. É possível salvar seu progresso, mas SimCity Creator oferece apenas um “slot” para isso, o que pode ocasionar certa frustração no jogador. Se você está tendo problemas em uma missão, terá de reiniciá-la obrigatoriamente caso deseje tentá-la novamente ou partir para outra.

Um tutorial para toda a complexidade Para não sofrer com tais problemas, o jogo ainda apresenta um extenso modo tutorial. Nele você vai aprender praticamente tudo sobre a fórmula do game, e ainda contará com dicas de diversos personagens cartunescos. São 15 passos, e cada um deles envolve etapas de criação diferentes. Desde origem de terrenos até os famosos desastres, devidamente explicado no tutorial.

Contudo, existem alguns deslizes, e isso pode se tornar explícito uma vez que você começa a jogar pra valer. Se você nunca jogou qualquer game referente à série SimCity, provavelmente terá muitos problemas com a complexa jogabilidade envolvida pelo jogo. Algumas ações não são explicadas no tutorial, o que obriga o jogador a aprender sozinho — algo não muito frequente no Nintendo Wii.

A invasão dos robôs gigantes

SimCity Creator ainda conta com algumas novidades para se diferenciar dos demais jogos da série, mas elas não conseguem tornar o game único. Para ilustrar, têm-se os edifícios Hero. Tais construções contam com uma utilidade superficial, pois servem apenas para alterar o tema de sua cidade. Se você criar um coliseu com o recurso Hero, por exemplo, os demais edifícios terão características romanas. Conforme dito anteriormente, as mudanças são apenas estéticas, mas algumas delas podem até deixar o jogo mais atraente.

Contudo, o que a maioria dos jogadores realmente gosta é originar desastres para devastar suas cidades. Em SimCity Creator você ainda conta com tal poder, e algumas ações são realmente interessantes e engraçadas. Incêndios, terremotos, meteoros e muitos outros desastres — como robôs gigantes, por exemplo —, são responsáveis pela destruição de sua cidade. Mas, qual é o objetivo de eliminar tudo o que você criou? Bem, no Free Mode, não há porque fazer isso. Entretanto, algumas missões do Mission Mode requerem tal ação para devastar sua terra.

Alguns desastres são realmente divertidos

Outro elemento que retorna ao game é a possibilidade de contratar conselheiros. Mas, a viagem para o mundo da Nintendo os deixou um pouco diferentes. Em vez de ajudá-lo com dicas essenciais, estes personagens, que agora são retratados de maneira “MySims”, tentam ser engraçados. A Electronic Arts tentou deixar cada um deles com uma personalidade única, adicionando um humor nada engraçado aos conselheiros.

Brincadeiras na hora errada

Ao contratar qualquer um dos personagens você irá perceber que o interesse dos conselheiros é totalmente diferente dos encontrados nas versões anteriores. Você saberá quais esportes são seus favoritos, tipo de comida e muito mais, mas as dicas, que realmente importam, acabam sendo deixadas de lado.

Além dos seus conselheiros circenses, SimCity Creator também conta com um recurso que exibe notícias sobre sua cidade na tela. Assim como os conselheiros, estas informações não são de extrema ajuda, e, novamente, contam com um humor estragado. Mas, o pior problema de SimCity Creator não é esse, é o sistema de controles.

Nas versões para PC, ou até mesmo nas edições para console, jogar SimCity era algo simples e fácil. O Nintendo Wii é conhecido por ser um console casual, com sistemas de controle para qualquer tipo de público. Mas a EA definitivamente não conseguiu construir controles atraentes em SimCity Creator.

A grande decepção

A maioria dos jogos da série permite que seus jogadores desfrutem por horas da experiência proporcionada pelo game. Contudo, graças ao terrível sistema de controles de SimCity Creator muitos jogadores agüentarão somente alguns minutos em frente à TV. Tudo no jogo pode ser controlado com o Wii Remote. O direcional digital é responsável pela navegação dos menus, enquanto os controles sensíveis ao movimento tentam imitar um mouse.

A confusão é grande... Mover a câmera é algo realmente frustrante. Para executar tal ação, tudo o que se deve fazer é posicionar o cursor perto a uma das bordas da tela. Mas você também o utiliza para navegar em sua área e construir edifícios, o que acaba ocasionando uma grande confusão. Além de serem extremamente sensíveis, os controles fazem com que o jogador muitas vezes execute ações que não deseja, e a experiência vai por água abaixo.

Outro elemento irritante no jogo é o som. As músicas do game são extremamente repetitivas, e conseguem eliminar qualquer vestígio de diversão. Há também uma espécie de modo multiplayer, que permite ao jogador participar de um ranking. Nada muito divertido, mas uma boa opção para quem gosta de desafios.

Um verdadeiro desastre


Felizmente, a SimCity Creator conta com um visual agradável. Há uma grande diversidade de edifícios, e alguns deles são extremamente detalhados, como os Hero, por exemplo. Você ainda pode embarcar em uma turnê aérea pela cidade, pilotando uma aeronave que permite notar a beleza dos gráficos do game. Até mesmo os não tão bem-vindos personagens são bem feitos, e se encaixam ao jogo.

SimCity Creator não é uma boa opção para os fãs da série — e nem menos para os novatos. Devido a uma série de problemas em relação à jogabilidade, o game consegue estragar a lendária fórmula de SimCity. Fora isso, o jogo não apresenta inovações significativas à franquia. Se você realmente deseja administrar uma cidade, recomendamos qualquer uma das versões anteriores de SimCity para PC.
62 wii
Regular