A radiação contamina os videogames em Clear Sky.

Em 1986 o mundo presenciava um dos maiores acidentes nucleares de toda a história da humanidade. A explosão do quarto reator da usina de Chernobil, localizada em Pripyat, na Ucrânia, ocasionou incêndios, explosões e um catastrófico derretimento nuclear. A cinza nuclear despejada pelo acidente atingiu diversos países da Europa, causando efeitos irreversíveis à boa parte da população.

Ano passado, os videogames recebiam um título repleto de radiação. S.T.A.L.K.E.R.: Shadow of Chernobyl retratava a Zona isolada pelos acidentes nucleares em um futuro próximo. Desenvolvido pela empresa ucraniana GSC Game World, o título trouxe um clima único para o universo do entretenimento eletrônico, relatando um tema delicado com boas doses de horror. Pode-se dizer que o jogo é um híbrido dos gêneros tiro, horror e RPG.

Mesmo com alguns pequenos defeitos, Shadow of Chernobyl conseguiu conquistar o publico. As críticas foram medianas, mas suficientes para que a equipe trabalhasse em um novo projeto envolvendo, de maneira fictícia, os eventos da usina ucraniana. Trata-se de S.T.A.L.K.E.R.: Clear Sky, um jogo que oferece uma experiência similar ao seu sucessor, incluindo os já conhecidos problemas.

Clear Sky age como uma expansão que pode ser adquirida separadamente, dispensando a necessidade de possuir o primeiro jogo da série para sua execução. O jogo não é exatamente uma continuação de Shadow of Chernobyl, mas sim uma espécie de introdução aos eventos.

Um novo personagem principal é introduzido ao jogador no jogo, que também conta com diversas novidades interessantes. Destaque para as disputas entre facções, que é uma das adições mais atraentes do novo título. Contudo, junto com as novidades chegam também novos bugs, uma dificuldade irregular, e diversos outros problemas que denigrem significativamente a experiência de Clear Sky. Mesmo sendo um bom jogo, a expansão não consegue cativar o jogador devido a uma série de defeitos.


Zona isolada, mas não para você


A Zona, nome atribuído ao local abrangido pelos games da série S.T.A.L.K.E.R., é um local pouco agradável. Caso já tenha passado por algumas experiências no local, você notará que tudo continua gélido e nada chamativo. Desta vez, você encarna Scar, um sobrevivente de uma grande emissão originada pela usina nuclear situada no centro da região.

Felizmente, uma equipe de cientistas da facção Clear Sky, foi capaz de salvar a vida de Scar em meio ao terror da Zona — não que isso seja necessariamente bom para o jogador. Obviamente, isso conta com um preço. O protagonista passa então a buscar os mesmos objetivos da equipe Clear Sky: descobrir o que está por trás das emissões do local.

Clear Sky não será a única facção a ser encontrada no título. Em sua jornada, será comum visitar quartéis generais de outras equipes, nos quais o jogador é convocado a assaltar bases inimigas, unir-se à irmandade ou desempenhar tarefas em troca de informações e até itens preciosos.

Enfim, uma “sociedade”

Ao contrário do que acontecia em Shadow of Chernobyl, o jogo agora conta com uma população relativamente alta, com diversas bases espalhadas pela Zona. É claro que você não vai encontrar festas e outras atividades de uma sociedade comum, mas faces semelhantes já fornecem certa sensação de alívio.

Depois de aniquilar alguns inimigos, é sempre bom descontrair.

Toda população conta com suas necessidades, e em Clear Sky isso não é diferente. Divididos em pequenos grupos, ou facções, os mercenários — que, no caso, são chamados de Stalkers — lutam uns contra os outros em busca do controle da região. Como conseqüência, é possível conversar com os líderes de cada grupo e entrar para a facção, caso tenha provado que é realmente respeitável.

As vantagens obtidas quando você se torna um membro de uma facção são realmente tentadoras. Os mercadores irão oferecer armas e equipamentos a um preço camarada, por exemplo. Além disso, alguns locais poderão ser explorados com mais facilidade. Basicamente, o sistema assemelha-se ao modo de jogo do clássico Battlefield, em que grupos lutam uns contra os outros para tomar os pontos de controle e, conseqüentemente, ocasionar a retirada das demais equipes.

Mas não pense que você pode sair sozinho por aí dominando os pontos de Clear Sky. Seus companheiros serão essenciais em sua jornada. Sem eles, é praticamente impossível derrotar um comboio inteiro de inimigos, e o resultado será um belo Game Over. A dificuldade acentuada é um dos motivos que inibe a possibilidade de se encarnar um “Rambo” em plena Zona.

Recursos escassos

Ao realizar uma excursão pelo local, é altamente indicado levar alguns de seus amigos. A inteligência artificial é relativamente boa, e pode ser comprovada através destes aspectos. Os inimigos utilizam meios de cobertura freqüentemente, se agachando e esgueirando enquanto recarregam suas armas. Além disso, é comum ser flanqueado pelos inimigos, que geralmente agem de maneira plausível.

Não tente dar uma de Rambo! Mesmo no nível de dificuldade padrão, Clear Sky não permite que o jogador aja como faria na maioria dos jogos de tiro em primeira pessoa existentes no mercado. A sugestão é tentar entrar no clima do jogo, calculando todo passo a ser dado e atuando com muita perseverança. Outro problema são as armas. O dinheiro aqui não é como a radiação, espalhada abundantemente pelo local. Sendo assim, você provavelmente irá passar por momentos apertados, contando apenas com uma pistola e uma espingarda que parece ter sido concebida na casa de seu avô.

Os conflitos são, na maioria das vezes, tensos e extremamente difíceis. Matar dezenas de inimigos utilizando uma pistola de bolinhas é um grande desafio, então se prepare para salvar. E com muita freqüência.

O sistema de saves é horrível. Os conhecidos checkpoints, pontos de checagem em que o jogo é salvo automaticamente, não são encontrados habitualmente. Para compensar, é necessário abusar dos quick-saves, sistema rápido de salvamento de jogo. Pressionar o botão F5 será tão comum quanto atirar. É bom sempre se prevenir, pois caso esqueça-se de salvar o game e falhe após percorrer alguns minutos da trama, você terá um grande retrocesso em sua jornada. Isso é realmente frustrante, e desestimula completamente o jogador.

Truques do dia-a-dia

Felizmente, como contraparte, o jogo oferece um bom recurso para aprimoramento de armas. Habitualmente, você irá encontrar e comprar novas armas e armaduras para seu personagem. Ao visitar determinados técnicos disponíveis na maioria das bases, é possível personalizar e turbinar sua arma, algo que contribui significativamente para a experiência do título.

Nem com truques ele escaparia dessa... Os inimigos também contam com alguns truques incríveis. Um belo exemplo disso são as granadas lançadas pelos oponentes. A habilidade com os explosivos é incrível. Inimigos lançam granadas à metros de distâncias que, surpreendentemente, caem certinho embaixo do nariz do jogador. O resultado é explosivo, tanto em game quanto no estado de fúria do jogador.

Para piorar, a barra de stamina se esvazia rapidamente, o que não permite nem ao mesmo a fuga dos fabulosos lançadores de granadas. Não é possível correr de lado, o que submete o jogador a executar apenas movimentos em linha reta. Além disso, é notável a incrível habilidade dos inimigos em plena noite, período em que seus reflexos e precisão aumentam absurdamente.

Defeitos à flor da pele

Existem alguns pontos do jogo que promovem de maneira descarada alguns dos defeitos do jogo. Em um deles, o jogador tem de simplesmente chegar a uma torre. Até aí, tudo bem. O problema é que o local está infestado de pontos de radiação, representados por distorções no ar. Sem qualquer instrução, além da dica para usar parafusos, o jogador tem de chegar até o local. Não estranhe se começar a sofrer uma lenta e dolorida morte enquanto realiza esta missão.

Já no outro, o protagonista se vê encurralado em uma área vigiada por uma instalação militar das tropas inimigas. O objetivo é simplesmente correr, mas os soldados de excelente visão não facilitam o cumprimento do seu dever. Balas voam para todos os lados, e é praticamente impossível sair ileso, ou sem atrair a atenção dos inimigos, neste evento. A equipe do Baixaki Jogos levou algum tempo morrendo e recarregando o game até descobrir qual era o segredo da fuga.

A recompensa de todo este desafio vem ao completar cada um deles: você se sente como melhor jogador de videogame de todos os tempos. Estes trechos citados acima são apenas alguns dos momentos imperdoáveis que arrancam o jogador de um mundo imersivo para colocá-lo em um evento completamente frustrante.

A frustração é mais assustadora que este bicho.

Anomalias onipresentes

Além dos seres humanos, Clear Sky oferece também algumas estranhas anomalias para aterrorizar os jogadores. As mutações variam desde cachorros selvagens até monstros saltadores, que aparecem subitamente enquanto o jogador procura por munição ou vaga pelo ambiente. Além disso, derrotá-los não uma tarefa fácil, e exige, normalmente, mais de dois disparos provenientes da poderosa shotgun (espingarda).

Fora as anomalias em carne e osso, ou do que sobrou destes tecidos, você também vai experimentar uma série de anormalidades manifestadas de maneira oculta. Em alguns momentos, o jogador sofre com a presença de misteriosas ondas psíquicas, que afetam sua visão e retiram boa parte de sua saúde. Existem também ladrões que simplesmente atacam Scar e roubam todo seu equipamento e dinheiro. É, a dura vida na Zona.

Vai uma vodka aí?

Felizmente, o jogo conta com alguns acessórios para deixar o jogador mais saudável — ou mais alegre. Itens como bandagens, seringas com líquidos para cura e kits de primeiros socorros são apenas alguns dos itens encontrados no game. Além disso, Clear Sky apresenta também artefatos mais curiosos, como a vodka que, além de restaurar uma breve parcela da energia do jogador, é capaz de deixar o jogador bêbado. “Hic!”.

Vários acessórios auxiliam o jogador. Fora os artefatos comuns, existem também alguns objetos de grande valor espalhados pela Zona. Estes continuam flutuando com as anomalias, mas desta vez não é possível simplesmente correr e agarrar o artefato. Agora, você conta com um detector, que pisca e emite sons quando um objeto valioso está por perto. A aquisição é um desafio, e pode exigir o uso de alguns medicamentos, mas o resultado final é satisfatório.

O que não é nada aceitável são as centenas de bugs que denigrem quase que completamente a experiência do jogo. Logo na primeira missão é possível perceber os bugs do jogo. Caso tome uma rota diferente à assistida pelo jogo, você não acionará o roteiro. Além disso, o líder da facção pode ordenar que você defenda um posto avançado, mas o ataque nunca chega, assim como os reforços prometidos.

Altos e baixos

A engine do jogo ainda continua decepcionante em determinados momentos, sofrendo queda na taxa de quadros por segundo e diversos outros problemas. O jogo também é relativamente pesado, mesmo sem contar com gráficos excepcionais. Mas não se pode dizer que Clear Sky é visualmente ruim. A GSC Game World conseguiu tirar bom proveito da engine de Shadow of Chernobil. Os efeitos de luz e sombra estão muito belos, e ficam ainda melhor caso seu PC suporte uma configuração mais avançada.

O clima também sofre alterações, e é possível presenciar noites chuvosas ou dias ensolarados. O ciclo entre o dia e a noite ocorre naturalmente, e a palheta de cores muda drasticamente conforme o período presenciado pelo jogador. Detalhes como trovões cortando o céu e flores beirando os rios aprimoram a experiência de Clear Sky. Algumas texturas carecem de detalhes, e existem também algumas bordas serrilhadas que podem ser notadas pelo jogador. Contudo, os efeitos da atmosfera conseguem tirar os olhos dos jogadores de defeitos como texturas e modelagens pobres, e animações mal feitas.

Clear Sky atira no próprio pé.

Em contraparte, o som de Clear Sky é extremamente melodioso. Cachorros latindo à longa distância, e o rosnado das anomalias são alguns dos exemplos de ruídos que compõem a Zona. É incrível como o jogador é facilmente envolvido pelo som. Ao perambular pelas florestas e ouvir criaturas murmurando, o susto é praticamente inevitável, e a atenção se redobra automaticamente. Infelizmente, existem alguns momentos desagradáveis, como as dublagens e os diálogos repetitivos entre os inimigos.

S.T.A.L.K.E.R.: Clear Sky oferece um universo extremamente cativante ao jogador. Contudo, a diversidade de bugs e defeitos obscurecem a experiência do game da GSC Game World. Mesmo assim, alguns patches poderão resolver os problemas mais graves de Clear Sky, e por enquanto ficamos com esta aventura conturbada e repleta de surpresas radioativas.
69 pc
Regular