Supreme Commander 2
Seu Review foi enviado com sucesso.
Enquanto ele fica pendente de aprovação, dê sua nota para o jogo. Sua opinião é importante para a comunidade!
Supreme Commander 2
Avaliar este jogo
Voxel
Supreme Commander 2
COMUN.
79
VOXEL

Supreme Commander 2

Avaliar este jogo
Review
Avaliar este jogo

Últimas atividades de Supreme Commander 2

10/03/2010 às 16:46h
Mídia

Um RTS complicado e profundo, mas divertido e envolvente

Enquanto Starcraft II não chega ao mercado, fãs de RTS que estão buscando algo para passar o tempo se dividem em inúmeros títulos. Os gostos sempre variam, desde as escalas épicas da franquia Total War até os combates mais pessoais de Warcraft 3. Supreme Commander 2 tenta expandir o que foi visto no primeiro game da série ao mesmo tempo em...
Um RTS complicado e profundo, mas divertido e envolvente
Review enviada por
Dica enviada por
Carregar Mais

Sobre Supreme Commander 2

Logo em um primeiro contato com o game, o jogador tem a chance de contemplar cenários vastos e belos, mas curiosamente naturais. A mesma equipe responsável pelo título Demigod cuidou para que o segundo Supreme Commander rode de forma extremamente fluida, mas seja visualmente aprazível. Muitos jogadores encontraram problemas técnicos em Demigod, mas isso não consta neste título da Gas Powered Games.

Há unidades familiares aos fãs do game original e, ao mesmo tempo, novidades no que diz respeito às facções. A facção Aeon, por exemplo, evoluiu e ganhou um novo nome (The Illuminate). Os combates, como de praxe, são fictícios e contam com unidades militares imponentes. As duas demais facções — Cybrans e UEF — retornam com ainda mais impacto.

Controlando as diferentes unidades e lidando com as diversas tecnologias do novo Supreme Commander, o jogador pode perceber que a série da Gas Powered Games está cada vez mais acessível. Flexibilidade é algo que se encontra em diversos quesitos do segundo jogo, mas é no desenvolvimento tecnológico que o gamer tem a chance de brincar com inovações muito interessantes.

Desta vez, os avanços tecnológicos afetam também as unidades existentes e não apenas as novas. Novas tecnologias? Com certeza, ainda mais quando o assunto é a imponente ACU (Armored Command Unit). Que tal adicionar artilharia aos ombros da unidade ou fazer com que ela possa disparar poderosos torpedos contra os inimigos?

Ficha Técnica

Data de lançamento
02/03/2010
Classificação
Para maiores de 6 anos
Desenvolvedora
Distribuidora
Número de jogadores
0-0