“The Sims” automobilístico é interessante, mas não consegue terminar a viagem

Simulação automobilística e rede social. Test Drive Unlimited 2 ultrapassa seu predecessor e apresenta um verdadeiro MMO automobilístico. A nova edição da série Test Drive Unlimited traz carros de luxo, locações exóticas e muita interação social para dentro do mundo dos jogos de corrida. Mas será que todas as engrenagens funcionam em harmonia?

A mistura de gêneros é muito bem-vinda. Na verdade Test Drive Unlimited 2 consegue reunir elementos interessantes de três grandes franquias. A extensa personalização de veículos de Forza, a vasta galeria de veículos de Gran Turismo e o componente social de Need for Speed: Hot Pursuit estão todos reunidos em TDU2. Todavia, nem tudo são maravilhas e o jogo está longe de ser perfeito.

Test Drive Unlimited 2 é um jogo contraditório. Seu escopo é realmente impressionante, mas a soma de pequenos erros mina toda a experiência. Os gráficos são belos, mas tomados de bugs e a jogabilidade trilha uma linha muito tênue entre o bom e o horrível.

Test Drive Unlimited 2 é um bom jogo, porém fica a impressão de que está faltando muita coisa. O jogo não alcança o mesmo padrão de realismo de títulos como Forza e Gran Turismo, mas também não oferece o estilo arcade de jogos como Burnout e Need for Speed.

A mistura de corrida e rede social é uma ideia promissora. O título pode realmente ser considerado um MMO de corrida — e um dos melhores do gênero, por sinal. Apesar dos inúmeros bugs os visuais também são atraentes.

Unlimited 2 é um jogo interessante, mas que está aquém do esperado. Fãs de corrida e MMO certamente vão tirar algum proveito do título, mesmo com seus inúmeros problemas.

MOOR

Test Drive Unlimited 2 é um Massively Open Online Racing (MOOR), ou melhor, um jogo de corridas online para multidões. Assim, o título se apropria de várias características típicas de outros títulos do gênero MMO, comoo sistema de evolução e progressão em múltiplas categorias.

Em Unlimited 2 você deverá evoluir em quatro quesitos: Competition, Social, Discovery e Collection. Cada uma das categorias está ligada a diferentes aspectos do jogo. Assim, para evoluir pelos 60 níveis disponíveis no jogo, você deve cumprir diferentes tarefas para somar pontos nas respectivas categorias.

Completar desafios e participar de corridas somam pontos para o critério Competition. Fazer novos amigos dentro do jogo, pilotar contra outros jogadores e juntar-se a clubes de pilotos são formas de evoluir a categoria Social.

Img_normalExplorar a região, descobrindo novas estradas, tirando fotografia e encontrando acidentes rodoviários são as principais formas de avançar na categoria Discovery. Por fim, ao comprar novos carros, casas, mobílias, roupas e afins, você aumenta os seus pontos em Collection.

Pista livre

A famosa ilha de Ibiza, “point” dos playboys internacionais, é recriada em detalhes — com direito a dados topográficos reais. Além disso, o jogador também poderá retornar ao cenário do primeiro jogo, a ilha havaiana de Oahu. Assim, o título soma mais de três mil quilômetros de pista, sem conta as trilhas off-road que o jogador pode “abrir” com seus veículos utilitários.

O foco é dirigir. Você poderá correr a vontade pelas ruas de TDU 2, mas se preferir competir, basta participar das provas da Solar Crow, a competição que compõem o cerne do modo single player. A Solar Crow possui três modalidades, diferenciadas pela classe de veículos participantes: Off-road (utilitários), Asphalt (carros de alto desempenho, ou turismo) e Classic (veículos de passeio).

Independente da categoria, cada etapa da Solar Crow é composta por várias provas de estilos diferentes. São disputas que variam de corridas diretas, provas de tempo e até mesmo de velocidade, na qual o piloto soma pontos por manter o veículo acima de uma determinada velocidade.

Racebook

Se Unlimited 2 é um MMO de corridas, o multiplayer online não poderia deixar de ser um destaque. Todos os jogadores ocupam o mesmo cenário e a qualquer momento você pode estar cruzando pelas estradas de Ibiza e se deparar com outro jogador.

Img_normalA forma mais rápida de entrar em uma disputa multiplayer é piscar a luz alta para outro piloto. No entanto, você também pode seguir até pontos de encontro que servem de “lobby” para as partidas. Ou ainda, se preferir algo mais organizado, você pode criar o seu próprio clube de pilotos (uma espécie de guilda) no qual seus amigos podem se reunir e combinar novas corridas.

As disputas podem ser competitivas ou cooperativas. Além de corridas normais você encontrará versões de todas as modalidades disponíveis na Solar Crow. Outro destaque é o editor de desafios, no qual você pode criar a sua própria prova, com uma ou mais modalidades de disputa no mesmo ambiente.

Clima mediterrâneo

Os gráficos de Unlimited 2 são... Variados! O título recria a ilha de Ibiza com inúmeros detalhes — além de trazer Oahu de volta em uma versão revisada. O escopo é gigantesco e o jogador encontrará um mapa com mais de três mil quilômetros de pista para pilotar.

Além disso, o jogo ainda conta com um ciclo de dias e noites, efeitos climáticos (chuva, sol, neblina...) em um mundo persistente. Ou seja, todos os jogadores compartilham o mesmo ambiente e experimentam os mesmos efeitos.

Não há como negar os méritos deste sistema. Todavia, os visuais, apesar de interessantes estão tomados por bugs que prejudicam consideravelmente a apreciação final do jogo. Mesmo assim, o título ainda tem outros pontos gráficos interessantes.

Img_normalOs carros são muito bem modelados, e apesar de limitado, o sistema de dano também apresenta arranhões e sujeira em tempo real. Assim, conforme você acelera por Ibiza, o seu carro vai ficando cada vez mais sujo.

O esquema de edição dos carros e do personagem é outro aspecto interessante. São varias opções de personalização para deixar o seu carro com um toque todo especial. O avatar por sua vez, pode ganhar novos cortes de cabelo e barba, além de contar com um guarda-roupa bem variado.

Contraditório

Da mesma forma que os gráficos são belos, porém problemáticos, a dirigibilidade é variada, mas nada interessante. De positivo, temos a variação de categorias (turismo, passeio e utilitários) que interfere diretamente no estilo de pilotagem de cada classe.

Além disso, os veículos também possuem comportamentos bem diferentes. Ou seja, o jogo brinca com a simulação automobilística, mostrando um cuidado na recriação realista das máquinas virtuais. Entretanto, tudo fica na teoria quando você assume o volante, pois o jogo não chega realmente a ser um simulador e fica longe de ser um arcade.

No final das contas, Unlimited 2 falha em ambos os extremos. As leis da física são apenas conceitos científicos e não tem lugar algum dentro da mecânica de Unlimited 2. Independente de peso ou velocidade, todos os carros “voam” da mesma forma.

Img_normalMas o maior problema é que todos os carros sofrem com a subviragem. Se você não entende nada de carros isto significa que, ao realizar uma curva, as rodas dianteiras não respondem da forma desejada. Alguns podem contestar que isto é um efeito realista, mas no caso de Unlimited 2 está claro que não se trata disso, pois todos os veículos se comportam da mesma forma. 

Por falar em “voo”, a sensação de velocidade é praticamente nula. Com raras exceções, você perceberá que está cruzando uma rodovia a mais de 100 km/h. Na maior parte do tempo, você pensará que está comportadamente dentro dos limites de velocidade.

Como já comentamos, os gráficos não são necessariamente ruins, especialmente se levarmos em consideração o “tamanho” do jogo. Porém, isto não justifica o caminhão de bugs que infestam todo o título.

O infame pop-in — quando partes do cenário, texturas e outros elementos gráficos “brotam” do nada — é o mais comum. A iluminação é outro elemento conflitante. O ciclo de noite/dia é um dos pontos altos do jogo, no entanto, alguns efeitos de luz comprometem o que poderia ser algo realmente impressionante.

Por fim, ainda temos a interface do jogo. O sistema não é nada amigável e dificulta algo que pode ser incrivelmente simples. Os menus para a criação de partidas multiplayer são particularmente desastrosos.

Cortando caminhoImg_normal

Como você já percebeu, o foco de Unlimited 2 é o multiplayer online. As disputas são muito divertidas, encontrar outros jogadores e convidá-los para um “racha” contribui para o clima de imersão do jogo. Entretanto, tudo vai por água abaixo quando você descobre as “brechas” do título.

As corridas simples são compostas por uma série de checkpoints, quando você alcança um desses pontos o jogo lhe indica o caminho para o próximo. Porém, os pilotos mal-intencionados podem simplesmente abandonar a pista e seguir direto até o checkpoint. Ou seja, cortando caminho sem qualquer tipo de punição.

78 pc
Bom

Outras Plataformas

78 ps3
78 xbox-360