Análise de The Elder Scrolls IV: Knights of the Nine

Junte-se ao Priorado dos Nove e parta em uma peregrinação para banir o mal de Cyrondiil.

Quando The Elder Scrolls IV: Oblivion foi lançado em 2006 logo foi aclamado pelo público e crítica — tendo recebido uma sorte de prêmios. Em tempo a Bethesda — desenvolvedora responsável pelo título — resolveu expandir ainda mais a já extensa experiência de jogo.

Para tanto, a empresa resolveu lançar um pacote de missões adicionais, surgia assim a senda de Knights of the Nine. Em termos técnicos não se trata exatamente de uma expansão — título que cabe mais apropriadamente a
Shivering Isles —, mas sim de um “plug-in” para o jogo The Elder Scrolls IV: Oblivion.

Isso porque Knights of the Nine foi desenvolvido e lançado (em novembro de 2006) como se fosse parte integrante do jogo original — tanto que a versão para PlayStation 3 de Oblivion, lançada um ano mais tarde do que as edições para PC e Xbox 360, já vinha acompanhada de Knights of the Nine.

Dessa forma os jogadores puderam optar pela cópia física (com todo o conteúdo de Oblivion e o plug-in Knights of the Nine) ou pelo download direto do pacote através da Xbox LIVE Marketplace.
Morre ai seu bicho feio!


Aprovado

Do que nós gostamos

Entrando no clima

Ao instalar Knights of the Nine o jogador não irá reparar nenhuma diferença, na verdade você sequer perceberá que está jogando uma missão da campanha. A senda de Knights of the Nine é inserida dentro do contexto do jogo normal, sem qualquer aviso especial. Assim o jogador deve explorar o rico mundo de Cyrodiil atrás de novas missões, até encontrar a linha de missões específicas do plug-in.


Templários… ?


A trama começa com os rumores de um ataque na igreja de Anvil, ao investigar o evento você descobre a ascensão do rei bruxo, Umaril — um terror a muito banido aos reinos infernais de Oblivion, mas que agora está de volta e em busca de vingança.

Eu sou muito bom!Somente um bravo cavaleiro (Knight) ungindo pelos deuses será capaz de impedi-lo e é ai que você entra na história. Sua jornada o levará aos altares de todas as igrejas de Cyrondiil — rezando nos altares você recebe as graças dos deuses.

Feita a sua peregrinação e com o apoio divino você deve então localizar as poderosas relíquias dos Nove (The Nine), armas e armaduras santas que foram utilizadas para banir Umaril no passado.

O Priorado dos Nove


A introdução de uma nova facção — o Priorado dos Nove (The Priory of the Nine) — é um ponto interessante por ser persistente (já que não se trata de uma simples expansão, mas sim de um “plug-in”. Ao embarcar na sua jornada sagrada você pode assumir uma posição de destaque dentro da ordem dos Nove, sendo que os seus feitos também inspirarão outros heróis a juntarem-se a causa.

Assim, você pode criar a sua facção, arrebanhando membros que irão lhe ajudar nas missões e na luta final contra o temível Umaril. Além disso, depois de completado o arco de missões de Knights of the Nine, ele continuaram fiéis a você e a causa, lhe defendendo e lutando ao seu lado até a morte.


Engenhoso


A sua aventura através de Cyrondiil em busca das relíquias o levará a uma série de masmorras. Porém o que pode parecer repetitivo torna-se extremamente interessante por conta dos inventivos quebra-cabeças presentes dentro destas.

Pra onde eu vou agora?Por sinal, o tamanho dessas masmorras também é um destaque — variado elas vão de pequenas catacumbas a extensas fortalezas subterrâneas —, mas de volta ao “conteúdo” dessas masmorras, destacasse a criatividade dos quebra-cabeças, bem como o desafio proporcionado por estas, que por sua vez guardam espólios formidáveis.

Mais do mesmo

O que pode ser encarado como um ponto negativo (e de fato também é) pode ser algo bom, especialmente quando se trata de um jogo como Oblivion. Se Knights of the Nine não altera a jogabilidade ou os gráficos em si, ele certamente entrega o que é esperado, mais conteúdo para a já extensa e campanha de The Elder Scrolls IV: Oblivion.

Além disso, as cópias físicas do jogo (que também pode ser adquirido digitalmente) vem com um preço reduzido e uma sorte de conteúdos extras que também foram lançados para o jogo original. Assim, por um pequeno valor, você recebe a saga de Knights of the Nine, a armadura equina, a gigantesca masmorra de Mehrunes Razor e muito mais.



Reprovados

O que espantou o BJ... No mau sentido


Mais do mesmo

O que pode ser encarado como um ponto positivo (e de fato também é) pode ser algo ruim. Se você achou a campanha de Elder Scrolls IV: Oblivion cansativa certamente não terá interesse algum em mais missões, o que torna Knights of the Nine totalmente inútil.


Nada de novo no frontTira esse olho gordo da minha orbe maligna seu mané!

Se você estava esperando por correções ou alguma novidade significativa na jogabilidade, ou quem sabe até mesmo algum aprimoramento gráfico, Knights of the Nine é uma grande desilusão. O plug-in expande a campanha, porém não “altera” o jogo.


Os problemas continuam


Como Knights of the Nine não corrige nenhum dos problemas presentes em The Elder Scrolls IV, o jogo continua carregando os mesmo problemas que tanto atormentam os fãs da série, como o enfadonho sistema de combate e algumas questões gráficas.


Quem disse que dez horas são muita coisa?

Se você é um fã de Oblivion certamente sabe que uma campanha extensa é algo inerente ao título. Portanto, o fato de Knights of the Nine adicionar algo em torno de seis a dez horas de jogo pode ser um pouco decepcionante, algo curto em relação ao “padrão” estabelecido por Oblivion.


Conquista moral

Outro ponto negativo é mais específico da versão para o Xbox 360. Infelizmente, e sem qualquer explicação, todos seus feitos em Knights of the Nine não conferem uma conquista sequer.

Onde eu deixei aquele santo gral?


Avaliação Final
 
Vale a pena?


Knights of the Nine é essencial para todos os fãs de Elder Scrolls IV: Oblivion — por sinal, o mesmo vale para Shivering Isles, ficando aqui a sugestão de que o jogador prefira a compra da Game of the Year Edition, que vem acompanha de ambos os conteúdos.

Aventurar-se por novos cenários, novas masmorras e encarar os quebra-cabeças desafiadores para aproveitar-se de valiosas recompensas são apenas alguns dos atributos dessa bem vinda adição ao já excelente Oblivion.

89 pc
Ótimo

Outras Plataformas

89 xbox-360