Um amigo imaginário e um baile de formatura valem o seu dinheiro?

The Sims representa um daqueles casos em que uma franquia milionária simplesmente não sabe mais exatamente para onde ir. Quer dizer, após lançar uma fórmula tremendamente original e viciante há mais de dez anos e reinventá-la duas vezes, há, provavelmente, pouco de realmente visceral que ainda possa ser feito com a fórmula original da franquia.

De fato, esse cenário deixou duas escolhas bastante claras para a EA: fazer acréscimos significativos na experiência do jogo — tal como ela é —, ou acrescentar pacotes menores com itens, do tipo que, embora não represente nenhuma alteração maior na jogabilidade, dá um charme extra ao disponibilizar mobílias, roupas e estilos de cabelo novos. Mas... e quanto a Generations? Bem, trata-se de uma “coluna do meio”.

Img_normal

Embora a ideia de acrescentar afazeres e itens inéditos para cada fase da vida do seu Sim seja inegavelmente interessante, fato é que a última expansão de The Sims 3 não exatamente traz o tipo de inovação que serviria para justificar uma expansão de grande porte — tal como Ambitions e Late Night. Vamos aos detalhes.

The Sims 3: Generations é uma expansão difícil de se catalogar. Fica claro que não se trata simplesmente de um pacote de itens, embora o conteúdo disponibilizado não altere de nenhuma maneira realmente drástica a jogabilidade de The Sims 3.

Entretanto, não se pode negar que a ideia de conferir novos motivos de existência para toda as fases da vida do seu Sim tenha o seu valor. O problema é que isso não necessariamente vale o que é pedido (quase o preço de um jogo completo).

Enfim, embora Generations não devolva o fôlego esperado pelos fãs de carteirinha da série, certamente representa um acréscimo interessante — sobretudo para jogadores de primeira viagem.

Alguns atrativos para os seus primeiros passos

Generations traz um pacote de novidades interessantes para os Sims Pimpolhos. Basta visitar o modo de compras após a instalação da expansão: são escorregadores, gangorras, caixas de areia etc.

Mas há também algumas alterações de jogabilidade mais significativas aqui. Entre elas, a possibilidade de pregar peças para testar a paciência da vizinhança, atirar ovos nas portas e janelas do vizinho ou ainda largar algo assustador no laptop dos pais. Caso travessuras não façam o seu estilo... Há também uma inocente fantasia de dinossauro.

Amigo imaginário e pau para toda obra

Img_normalQue tal ganhar um amigo imaginário? Trata-se de uma espécie de combinação entre brinquedo, melhor amigo e assistente para problemas aleatórios, o qual apenas pode ser visto quando se controla uma criança diretamente. Enfim, desde buscar biscoitos até limpar o banheiro e fazer a tarefa... Basta dar a ordem.

E o melhor: basta alguma alquimia no laboratório do colégio para que a sua imaginação ganhe forma, transformando o seu escravo imaginário em um membro real da família.

Sapos e bailes de formatura

Naturalmente, os Sims adolescente também ganham um reforço aqui de acordo com essa fase tão... Singular da vida. Nada muito extremo, entretanto. Há agora um baile de formatura, e qualquer um com uma crise de rebeldia pode largar alguns sapos pelo colégio.

Que tal uma despedida de solteiro?

Generations permite que você organize a sua própria festa de despedida de solteiro, tal como deve ser: cheia de guloseimas, flertes impróprio e mulheres saltando de dentro do bolo. Entretanto, é bom tomar cuidado, já que uma festa demasiadamente “apimentada” pode colocar o casamento por terra.

Img_normal

Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça

Eis uma das possibilidades mais interessantes acrescentadas por Generations. Agora você poderá registrar os acontecimentos mais relevantes da sua vida com uma câmera. Mas não, não se trata de simplesmente gravar da sua perspectiva de “deus Sim”. Os vídeos são registrados em primeira pessoa, e também podem ser revistos posteriormente na TV.

Se o preço fosse em simoleons...

Img_normalNão que The Sims3: Generations não acrescente elementos interessantes à experiência com os seus ratos de laboratório. O problema é que isso não necessariamente vale os US$ 39,99 (R$ 65, aproximadamente) que são pedidos, já que a experiência geral do jogo permanece essencialmente a mesma.

Além disso, alguns acréscimos ficaram meio capengas, como a sua festa de formatura, que apenas poderá ser acompanhada do lado de fora da construção — algo bastante semelhante ocorre com as travessuras praticadas dentro da escola.

Bugs e mais bugs

Não, bugs não são realmente uma novidade em The Sims. Mas Generations realmente capricha em alguns momentos. São cabeças dispostas no lugar errado do corpo, informações incorretas, etc.

70 pc
Bom