Tokyo Beat Down
Voxel
Tokyo Beat Down

Tokyo Beat Down

Últimas atividades
Nenhum resultado

Review enviada por

Dica enviada por
Carregar Mais
Ficha Técnica
Data de lançamento Indefinida
Classificação
Desenvolvedora Success
Distribuidora Atlus
Número de jogadores 0-0
Sobre
Tokyo Beat Down leva o modus operandi do “bata primeiro, pergunte depois” a um extremo quase caricato, clima que é reforçado pelo inconfundível estilo de filmes e seriados policiais dos anos 70, como Starsky & Hutch ou o bom e velho Dirty Harry. Tudo com um promissor ambiente 3D — de fato, até bem impressionante, considerando-se as relativas restrições técnicas do DS.

o novo projeto da Atlus Co. vai colocá-lo no controle da temível força especial “Beast Cop“, cujos membros levam para as ruas de uma espoliada Tokyo um distinto maquiavelismo. Um senso máximo do imperativo criminal — a melhor forma de acabar com o crime é mandando um belo “jab” no seu nariz — a ser despejado sobre todo tipo de criminosos, desde charlatães e assaltantes até assassinos e terroristas.

E o mais importante: os seus métodos dificilmente serão questionados. Tudo é válido para que se possa despachar o crime organizado da cidade de uma vez por todas. Desde cruzados e ganchos, até revolveres, lançadores de foguetes e o que mais aparecer pela frente. No fim das contas, importa apenas que a justiça seja feita. Se a estratégia é ou não ortodoxa, isso é o que menos importa.

As suas decisões em Tokyo Beat Down também vão determinar o rumo das coisas, posto que os diálogos — todos com um carregado senso de humor anacrônico — vão sempre levar a vários diferentes braços possíveis da trama, trazendo ainda pérolas como “O crime nunca espera, então por que a justiça deveria?” ou ainda “Punhos podem resolver qualquer problema”. Somando-se a isso, há ainda uma boa carga nostálgica, vinda diretamente dos mais clássicos jogos “beat ‘em up” dos anos 80 e 90.
Ver mais