Trauma Center: Second Opinion
Voxel
Trauma Center: Second Opinion

Trauma Center: Second Opinion

Nota Voxel
87
Avaliado no WII
Últimas atividades
28/02/2007 às 11:16h

Trauma Center: Second Opinion

Com a diferente proposta de salvar vidas ao realizar cirurgias cada vez mais complexas, Trauma Center: Second Opinion chega como uma ótima adaptação para o novo console da Nintendo, utilizando-se perfeitamente de seus controles e de seu sensor de movimento. Neste jogo, você é o Dr. Stiles, um médico recém-formado que, ainda não muito confiante...
Review enviada por fumonteiro

Review enviada por

Dica enviada por
Carregar Mais
Ficha Técnica
Data de lançamento 14/11/2006
Classificação Para maiores de 13 anos
Desenvolvedora Atlus
Distribuidora Atlus
Número de jogadores 1-1
Sobre

Second Opinion é um simulador em primeira pessoa, o qual coloca você na pele de um jovem cirurgião que deve realizar operações bem sucedidas e cada vez mais complexas. O título estréia no Nintendo Wii, como uma ótima adaptação de Trauma Center: Under the Knife, lançado no portátil DS em 2005.

 

Em Trauma Center: Second Opinion, você joga como Dr. Stiles, um médico que, ainda inseguro quanto ao seu potencial, precisa realizar as mais diversas cirurgias, desde procedimentos de rotina, até o combate de um vírus letal, que irá causar graves distúrbios em seus pacientes no decorrer do jogo.  

 

Para realizar os procedimentos e manter os sinais do paciente elevados durante as operações, o jogador tem à sua disposição vários instrumentos, como bisturi, laser cirúrgico, dreno, ultrassom, desfribilador, entre outros. Os aparelhos são selecionados com o botão analógico do Nunchuck (na mão esquerda) e utilizados com o controle remoto do Wii (na mão direita). O esquema de comandos confere certo realismo ao jogo, pois os movimentos que o jogador executa com o controle remoto são reproduzidos na tela, graças ao sensor de movimento do console.

 

Um dos cuidados dos desenvolvedores foi disponibilizar gráficos que não agridam ao espectador, sendo os órgãos internos representados de uma forma mais próxima ao desenho animado. A música de fundo, que fica mais intensa nos momentos críticos, e o som dos sinais vitais do paciente ajudam a criar a atmosfera de tensão durante os procedimentos cirúrgicos. Por tudo isso, Trauma Center: Second Opinion é recomendado para quem está à procura de uma proposta diferente e uma história envolvente aliada a momentos de puro suspense.

Ver mais