Euro 2008 aplica uma goleada na concorrência.

Ainda com o sucesso de FIFA 08 bem presente na memória dos jogadores, a EA não perdeu tempo para produzir um novo título de futebol. Desta vez o cenário é um tanto especial e se aproveita da tão celebrada Eurocopa, evento desportivo organizado pela UEFA que reúne as maiores seleções do velho mundo em uma espécie de “mini-copa do mundo”.

UEFA Euro 2008 parece ser uma verdadeira “expansão” de FIFA 08, não apenas pelo tempo entre os dois lançamentos ou por se tratar de dois título produzidos pelos mesmos desenvolvedores e distribuidores, mas pelo próprio conteúdo de ambos os jogos.

Esta adaptação da Euro 2008 para os videogames reúne muitas das boas idéias do último FIFA, aplicadas no universo mágico do grande campeonato Europeu de futebol. Algumas novidades foram introduzidas, o que acaba reforçando o clima de “plataforma de testes” para o próximo FIFA 09.


Pontapé inicial

Além das já esperadas licenças oficiais de praticamente todos os elementos relacionados a organização da Euro 08 — indo das recriações dos estádios (com nomes oficiais), passando pelas seleções, modelos dos jogadores e treinadores até o desenrolar do torneio — o jogo também apresenta outros elementos próprios da série FIFA, como os modos de jogo: amistoso, pênaltis, campeonato e a grande novidade, o modo Captain Your Country.

O principal modo de jogo de UEFA Euro 2008, em todas as suas versões é o Captain Your Country (algo como capitaneie o seu país) que consiste basicamente de um aprimoramento do modo Be a Pro presente em FIFA 08. Nesta versão você tem como objetivo principal a disputa interna dos jogadores de uma seleção nacional pela braçadeira de capitão.

É GOL!!!

Um dos aspectos que mais me divertiu desta edição é a introdução das comemorações interativas dos gols — fato presente somente nas versões do Xbox 360 e PlayStation 3.
Abraço pra galera!

Ao marcar aquele gol de placa, você pode celebrar com uma quantidade impressionante de festejos amplamente difundidos no meio futebolístico. De danças coreografadas passando por disparos certeiros de pistolas imaginárias até o sempre popular deslize pelo relvado.

São muitas as possibilidades e o sistema funciona como uma espécie de mini-jogo de combinações de botões, mais simples ou complexas. Mas não se preocupe, todas as combinações estão listadas em um menu, mas é grande o desafio de replicá-las durante os breves segundos após um grande gol!

"Capita"


Captain Your Country coloca a liderança da equipe em disputa por quatro atletas, sejam eles controlados por você, por outros jogadores ou pela inteligência artificial. A cada partida, quatro elementos do seu desempenho em capo serão avaliados, determinando assim uma pontuação que irá servir de base para o ranque dos jogadores.

Assim, cada jogador será avaliado em tempo real pelo seu desempenho em campo, seja em passes certos, gols e finalização, enfim, elementos tradicionalmente avaliados em uma partida de futebol.
 
No entanto, o formato Be a Pro ainda tem muito espaço para evoluir, sendo que nesta versão já podemos avaliar um salto significativo no sistema de graduação dos jogadores (um tanto superficial em FIFA08), o que torna a sua disciplina tática muito mais importante do que em FIFA 08.


Ao escolher um atleta, você automaticamente irá definir a sua posição em campo, seja na defesa, ataque ou meio campo, bem como a “especialidade” do atleta, como zaga, centro ou ponta. Isso significa que você não poderá escolher uma defensiva e desandar a atacar sem qualquer preocupação com a zaga, pois a avaliação final do jogo irá penalizar e muito os defensores mais afoitos.


Perdido em campo


Para orientar os jogadores mais desprendidos da tática, a EA desenvolveu um sistema de setas que orientam o posicionamento ideal do jogador dentro das suas características de ordenamento estratégico, quanto mais longe da sua posição mais divisas serão acrescentadas a seta do seu atleta.

Ahhh se o Engenhão fosse assim?Além disso, o jogo também oferece uma valiosa ferramenta defensiva, capaz de destacar em campo os adversários potencialmente mais perigosos, por exemplo: Cristiano Ronaldo, como grande estrela da seleção portuguesa merece cuidado extra por parte dos marcadores, com a ajuda desta ferramenta ele fica em destaque no seu radar, facilitando assim a sua vida na hora de designar um marcador fixo.

Treinar pra que... se eu já sei o que fazer


Ao final de cada partida dentro do modo Captain Your Country, você será avaliado, conforme as suas notas o jogador poderá receber a tão cobiçada faixa de capitão. Mas qual a vantagem disso tudo?
 
Na realidade, dentro deste modo de jogo, você só pode realizar substituições, alterações táticas e outras personalizações da equipe se você possuir a braçadeira de capitão. Além disso, quando somos apenas mais um “mero” jogador, a inteligência artificial assume o controle e executa algumas decisões por conta própria, fato potencialmente perigoso para você.

Caso você não apresento o seu melhor futebol, o computador não terá dó e não perdoará falhas, tirando você de campo e deixando-o de fora de futuras convocações.

O sistema pode não estar totalmente aperfeiçoado, mas serve como um bom “jogo treino” para as pretensões da Electronic Arts de implantar um modo Be a Pro, com suporte para vários jogadores. A idéia pode aparecer de forma mais cristalina já na próxima edição de FIFA, quando vinte jogadores simultâneos irão invadir os campos para partidas online, sendo que apenas dois irão controlar os aspectos táticos das equipes, os dois capitães.Chama pra dançar.

RPG da bola


O modo de edição e criação de jogadores vem turbinado e funciona basicamente como um RPG, sendo que você assume um atleta com atributos e habilidades básicas e vai aprimorando os vários aspectos deste jogador ao longo dos jogos e torneios de que participa.

O editor de atletas está muito mais aprofundado, trazendo de volta opções como a personalização de atributos físicos, desde a aparência facial e do corpo, até a forma que o jogador traja a camiseta (presa nos calções ou solta para fora).

As estatísticas técnicas também estão mais elaboradas e englobam um sistema de evolução com base nos pontos de experiência adquiridos em campo. Atributos como força, velocidade, chute, passes, lançamentos, cruzamentos e até mesmo altura dos saltos são apenas algumas das cerca de trinta possibilidades de melhoria.

Condições de jogo


As versões PC e PS2 trazem o tradicional modo cenário com algumas mudanças. Agora os desafios estão organizados por países, sendo necessário à conclusão cada um para desbloquear seguintes.

Cada partida apresenta objetivos condicionantes para o seu desfecho, mas agora com objetivos mais concretos como marcar um determinado número de gols, vitéria nos pênaltis ou conseguir uma virada.

Cada desafio concede pontos e prestigio para que o jogador possa passar para uma nova série de cenários.

Olho no lance


No campo gráfico, o jogo se apresenta como um dos mais belos jogos de futebol da atualidade. As versões de sétima geração conseguem oferecer jogadores detalhados e animações impressionantes.

O ambiente festivo próprio do evento esportivo está bem representado, contando com os oito palcos oficiais do evento. Além das comemorações interativas, você também poderá observar diferentes estados de espírito representados nas feições de cada atleta.O palco do show.

Entretanto mesmo com os gráficos mostrando tamanha qualidade, ainda é possível conferir os temíveis “recortes de cartolina” nos cenários de fundo, principalmente nas seqüências de animação do jogo, povoadas com torcedores de papelão, algo presente em todas as edições de FIFA.

Destaque ainda para o sistema de iluminação e sombras, criando uma atmosfera muito mais realista. No quesito sonoro, o jogo também não fica muito atrás, oferecendo uma bela seleção de faixas musicais. Um ponto negativo são os comentários pouco inspirados e repetitivos, o que acaba prejudicando a experiência final.

Final de partida

A primeira vista, UEFA Euro 2008 pode ser considerado como mais um título “caça-níqueis”, baseado no famoso evento futebolístico europeu. Entretanto, é possível notar um grande esforço da EA em continuar as melhorias dos elementos bem recebidos da edição anterior (em especial o modo Be a Pro).

A aposta neste modo de jogo continua a ser a grande prioridade da série, sendo que já se anuncia partidas multiplayer com até 22 jogadores simultâneos. Tendo isto em mente, podemos considerar UEFA Euro 2008 como uma espécie de “jogo preparatório” para FIFA 09.
59 pc
Fraco

Outras Plataformas

59 ps2
76 ps3
76 xbox-360