8 Bugs de Far Cry 4 que você precisa ver para crer [vídeo]

8 Bugs de Far Cry 4 que você precisa ver para crer [vídeo]

Último Vídeo

Poucas coisas conseguem ser mais terrivelmente tenazes no mundo animal do que o onipresente texugo — pelo menos se o mundo animal aí for o de Far Cry 4. Essas criaturazinhas podem resistir a saraivadas contínuas de submetralhadoras enquanto atacam indistintamente jogadores, NPCs e qualquer outra coisa que cruzar o seu caminho.

Se a situação ainda pode ficar pior? Bem, basta esperar pela aparição do primeiro rinoceronte. O resultado é o mais completo (e cômico) caos, devidamente assinado pela Ubisoft. Ok, talvez os glitches, bugs e “gracinhas” variadas não sejam suficiente para afetar o andamento deste bom jogo. Na verdade, dá até para pensar que se trata de um “tempero extra”. Confira abaixo uma seleção dos “melhores” momentos de Far Cry 4.

Os terríveis texugos

Eis um paradoxo: o que aconteceria se um texugo batesse de frente com o Chuck Norris? Bem, se o texugo pertencer à curiosa (e bugada) fauna de Far Cry 4, o resultado pode ser o mais completo colapso universal. Senão, dê uma olhada no vídeo abaixo. Essas criaturas são praticamente imbatíveis e complicam não apenas a vida do seu herói no jogo, mas também a dos inimigos e, eventualmente, também a de outros animais.

Para tornar tudo mais interessante, surge ainda um rinoceronte, resultando no mais completo caos virtual. Caso você tenha alguns pentes de reserva na metralhadora e, eventualmente, consiga abater um dos texugos, o que surge é a parte mais assombrosa — e uma prova inquestionável da mancomunação desses animais com o “Tinhoso”: eles podem acabar rolando de forma sobrenatural por vários metros, em óbvia atitude de escárnio!

Salmão 2.0

Em algum momento do ensino fundamental, você deve ter ouvido falar sobre a empreitada impressionante dos salmões em seu período de procriação. Esses obstinados peixes conseguem nadar bravamente rio acima, retornando ao lugar em que nasceram para dar continuidade à sua espécie. Entretanto, se comparado ao que faz este peixe de Far Cry 4, o desafio dos salmões deve ser equivalente a zerar Dora The Explorer no modo Very Easy.

Um exemplo de estoicismo

A antiga escola filosófica do estoicismo pregava que a perfeição moral e intelectual só podia ser alcançada por meio de um controle estrito das emoções consideradas “destrutivas” — e que frequentemente conduzem a erros de julgamento. Entretanto, é provável que nem mesmo o próprio Zenão de Cítio tenha imaginado algo tão emblematicamente estoico quanto o sujeito do vídeo abaixo — cujo autocontrole chega mesmo a ser perturbador.

Faca com hélio

Glitches normalmente ignoram solenemente mesmo as mais básicas leis da física — o que, às vezes, faz parte do próprio conceito do jogo, é verdade. Entretanto, essa não parece ter sido a ideia de alguma das cabeças da Ubisoft quando desenvolveu a faca deste vídeo. Afinal, o que, exatamente, poderia justificar o arremesso desses pobres sujeitos para vários metros acima do solo? A Força, talvez?

Flecha com hélio

Entretanto, essa propriedade incrível deve estar mais associada ao material do que ao formato da arma. Afinal, como explicar que a flecha do vídeo abaixo também tenha a curiosa propriedade “catapultante”? Enfim.

Faca com anestésico

Mas as facas amalucadas de Far Cry 4 estão disponíveis em mais de um modelo. Neste vídeo abaixo, por exemplo, há um exemplo de utilização da terrível faca com anestésico do game — quando o inimigo finalmente perceber que foi perfurado, já será tarde demais. Ou, quem sabe, não é apenas mais um caso de estoicismo nos video games? (Confira acima).

???

???? ???? ??????:

Possessão sobre quatro rodas

Se os texugos de alguns vídeos atrás não foram suficientes para convencê-lo de que há algum sortilégio diabólico em Far Cry 4, então o vídeo abaixo certamente o será.

Ignorando completamente mais uma lei fundamental da física — aquela que diz que dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço —, o sujeito aí simplesmente “possui” o motorista da picape — com direito ao detalhe perturbador extra de um sorriso do avesso.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.