Voxel

A novela de “World of StarCraft”

Último Vídeo


Existe uma discussão constantemente revisitada entre fãs de World of Warcraft e StarCraft: o que ocorreria em uma fusão dos dois universos? Bem, ocorreria “World of StarCraft”, conceito que acabou ganhando materialidade nas mãos do mod designer Ryan Winzell, que chegou mesmo a produzir um vídeo demonstrativo do que seria um MMO baseado no universo de StarCraft.

Mas a alegria durou pouco, é claro. Afinal, alguém realmente esperava que um nome como “World of StarCraft” não fosse bater de frente com a rígida política de direitos autorais da Activision-Blizzard? De fato, o vídeo foi removido do Youtube após pouco tempo, e o Sr. Winzell recebeu uma notificação formal por parte dos advogados da produtora. Mas as coisas melhorariam, é claro...

“Se for preciso, eu mudo o nome!”

A reação por parte de Ryan Winzell não foi nada menos do que compreensível. Afinal, “World of StarCraft” foi produzido utilizando as ferramentas disponibilizadas pela própria Blizzard, certo? “Vocês criam ferramentas que nos permitem fazer qualquer coisa com as suas propriedades. Vocês nos encorajam a utilizá-las e ficam ansiosos para ver o que nós vamos produzir. Vocês não poderiam ter previsto isso?”, afirmou o irascível sujeito.

E tem mais: “Eu sei que é difícil confiar em alguém com quem vocês nunca se encontraram para levar adiante o seu legado. O brilhantismo de StarCraft combinado com o foco multiplayer de World of Warcraft. Pode preocupar vocês que a sua doutrina seja assassinada ou, ainda, que um sujeito sem supervisão manche o nome da sua companhia com um produto de baixa qualidade”.


“Deixe-me assegurá-los eu não tenho a disposição de entregar nada que não esteja completamente prfeito. Tenho seguido o trabalho de vocês desde Warcraft. Eu utilizei cada editor que vocês forneceram desde que tinha 13 anos de idade. Se vocês tem um problema com o que eu estou fazendo ou gostariam de conversar sobre isso... Eu sou todo ouvidos. Mas por favor não me enviem mensagens pedindo para que eu pare e desista.”

Por fim, Winzell ainda garante que, se preciso for, o nome do projeto pode ser mudado — já que, cá entre nós, “World of StarCraft” é um tanto descarado. Mas espere. Ainda tem mais...

Um novo nome... E um novo emprego

Como todo bom último capítulo, as coisas também terminaram de forma proveitosa para o engenhoso Ryan Winzell, embora não exatamente da forma como se esperava.

Em primeiro lugar, sim. Winzell poderá continuar o seu mod... Isso se sobrar tempo, já que o rebuliço legal causado em torno do trailer de “World of StarCraft” parece ter chamado a atenção de gente de fora da negociação.

Img_normalA desenvolvedora Riot Games, responsável por League of Legends, enviou a seguinte mensagem para o criador do controverso game: “Ryan, eu gostaria de conversar com você sobre um trabalho em potencial para a Riot Games (League of Legends). Você pode me contatar diretamente. Eu acho que você é demais.”

De fato, a oferta de emprego foi confirmada pelo diretor de design da Riot Games, “Zileas”, que declarou: “Eu mandei um email para ele [Ryan] recentemente perguntando se ele teria interesse em explorar uma oportunidade aqui. Sobre que fim levará isso, quem sabe — isso vai depender da afinidade mútua e das suas próprias metas”. Por sua vez, Winzell parece particularmente empolgado: “Eu esperei minha vida toda por uma oportunidade como essa”.

Mas, voltando ao controvertido estopim de toda essa história, caso a modificação iniciada por Winzell realmente seja desenvolvida, seu autor deverá, naturalmente, utilizar outro nome. “Eu estou tentando convencê-los do nome StarCraft Universe”, afirma Winzell, “ou StarCraft Chronicles. Eu respeito profundamente a propriedade intelectual da Blizzard, e eles de fato possuem os direitos sobre ‘World of StarCraft’”.

Por sua vez, a Blizzard afirma estar ansiosa para que seja continuado o desenvolvimento do mod. De fato, “jamais foi nossa intenção interromper o desenvolvimento do mod”, afirmou a produtora em nota oficial. Entretanto, “com um nome tão semelhante a World of Warcraft, nós quisemos discutir o título do jogo com o desenvolvedor e, como parte de uma rotina de procedimentos, nós contatamos o YouTube para solicitar que o vídeo fosse removido até que a discussão ocorresse”.

Ao final, senhoras e senhores, o que se tem é o bom e velho “sonho americano em ação”. Tudo se resolveu, um novo emprego promissor surgiu e, espera-se, ainda chegará o dia em que você poderá utilizar seus Terrans em um amplo universo de MMO. Quem sabe.

Img_normal

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.