Voxel

A série Saw deve totalizar sete games

Último Vídeo

Muitos já sabem que um segundo game sobre Jogos Mortais está a caminho dos consoles ainda neste ano, mas quem diria que a Konami pretende fazer isso mais cinco vezes? De acordo com uma fonte anônima do site DasReviews, a Konami pretende lançar uma quantidade de jogos correspondente a dos filmes, ou seja, sete.

Img_originalA fonte misteriosa também revela outras informações sobre o futuro da série. Para começar, o plano seria lançar um título por ano – como os filmes – e sempre aproveitar os elementos principais do Saw original, mesmo se os conteúdos finais das sequências ficarem um pouco semelhantes. A ideia é agradar os fãs com reinovações nos games, assim como os filmes fizeram.

Além disso, vários pacotes DLCs (conteúdo adicional disponível por download) deverão acompanhar o lançamento dos próximos jogos para atender a tendência da indústria. A compatibilidade com periféricos que possuem sensores de movimentos também foi citada, inclusive testes já foram realizados para entender a necessidade de vídeos ilustrativos.

No fim da entrevista, também foi mencionado que a equipe de desenvolvimento, Zombie Inc., realizou alguns outros testes com tecnologia 3D e um inovador sistema de "First Victim Perspective" (que em português seria algo como "Perspectiva em Primeira Vítima"), uma apologia ao termo FPS. Os resultados foram agradáveis e a plateia-cobaia ficou apavorada..

Pelo jeito os desenvolvedores estão dispostos a melhorar a série com 3D, Move (ou outros periféricos) e a ideia de sempre reinovar, então é melhor abrir o guarda-chuva porque mais jorros de sangue vêm pela frente. Todavia, é bom lembrar que não foi mencionado quem foi o entrevistado, então não podemos dar tanta credibilidade para os rumores.

De qualquer forma, fãs de cenas de natureza gráfica pesada (se é que existe fã para isso) não podem deixar de conferir Saw II: Flesh & Blood – o jogo do trailer acima – e as possíveis continuações.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.