Voxel

Activision compra criadora de Candy Crush por US$ 5,9 bilhões

Último Vídeo

O mês de novembro começou com uma surpresa para os fãs de jogos, pois nesta terça-feira (3) foi anunciado que a Activision comprou a King, produtora de Candy Crush, por US$ 5,9 bilhões. Vale mencionar, será preciso esperar um pouco para ver o selo da produtora entre os outros adquiridos pela empresa, pois tudo deve ser oficializado até o segundo trimestre de 2016.

De acordo com a criadora de Call of Duty e outras séries de renome, tal movimento será capaz de aumentar a presença da empresa no mercado de jogos mobile. Com essa ação, a Activision espera fazer com que o seu lucro na divisão de produtos para dispositivos móveis alcance a marca de US$ 36 bilhões em 2015, e que esse montante cresça mais de 50% até 2019.

“As vendas e rendimentos combinados solidificam nossa posição como a maior e mais lucrativa companhia no mercado de entretenimento. Com uma rede global combinada com mais de meio bilhão de usuários ativos, nosso potencial para alcançar audiências ao redor do globo no dispositivo de suas escolhas também vai permitir entregar grandes games para um público ainda maior”, explicou Bobby Kotick, diretor-executivo da Activision Blizzard.

Com a compra da King, a Activision acrescenta dois jogos de peso ao seu portfólio: Candy Crush Saga e Candy Crush Soda Saga. Para ter uma ideia do quanto a compradora pode lucrar, no ano passado a produtora do game de ligar peças iguais revelou que Candy Crush Saga havia obtido US$ 1,33 bilhão em venda. Juntos, todos os títulos da companhia (que também tem Bubble Witch e Farm Heroes) foram responsáveis por converter US$ 529 milhões para os cofres apenas no segundo trimestre deste ano.

Movimentações bilionárias

Podemos dizer que a aquisição da King pela Activision foi uma das maiores transações feitas nos últimos tempos. Para efeitos de comparação, a Disney comprou a Lucasfilm e todas as suas propriedades por aproximadamente US$ 4 bilhões em 2012, enquanto a Microsoft precisou investir US$ 2,5 bilhões para adquirir a Mojang, empresa que criou Minecraft.

Caso esteja curioso para saber como as coisas vão ficar dentro da King, a Activision anunciou que a produtora não vai mudar de nome, e será comandada pelos mesmos dirigentes que já estavam à frente da empresa.

Você acha que a Activision vai ser tornar o maior império do mundo dos games? Comente no Fórum do TecMundo Games

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.