Voxel

Afinal, o Xbox One será bloqueado por região, ou não?

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/Ubergizmo

O anúncio de que o Xbox One precisa de conexão constante com a internet não agradou muito ao público, mas pelo menos já é uma certeza. Por outro lado, outras questões ainda não ficaram muito claras no que diz respeito à política extremamente restritiva da Microsoft.

O bloqueio de games por região é algo que sempre existiu, pois os títulos precisam de certas regulamentações para serem lançados em determinados países (quem nunca derreteu a “travinhas” do SNES para poder encaixar games japoneses?). Contudo, a Microsoft ainda não deixou claro se os consoles também serão bloqueados por região.

A empresa declarou oficialmente que, se uma pessoa adquirir um game, ativá-lo em uma das 21 regiões liberadas no lançamento do console, é possível viajar e levar o aparelho para jogar em outros lugares (que possuam internet) sem maiores problemas.


Porém, a conta de suporte da Microsoft, via Twitter, deu a entender justamente o contrário.

O usuário pergunta:

“Vamos dizer que alguém da Polônia, país não listado, importá-lo do Reino Unido, será que eles vão ser capazes de jogar os games com os discos?”

A resposta do suporte foi a seguinte:

“Eles vão ter que esperar que o console esteja disponível em sua região.”

Para tentar esclarecer essa situação, o Kotaku entrou em contato com a Microsoft, que respondeu assim:

“Neste momento, anunciamos que o Xbox One estaria disponível em 21 mercados em novembro deste ano e, os mercados adicionais, mais tarde, em 2014. Semelhante à indústria do cinema e da música, jogos e outros conteúdos devem atender às diretrizes regulamentares específicas do país antes de serem liberados para a venda — o que significa que os jogos irão trabalhar nas regiões geográficas amplas para as quais eles tenham sido liberados, assim como hoje, com o Xbox 360. Enquanto o console em si não é geograficamente restrito, Xbox Live, conta de um usuário, conteúdo, aplicativos e experiências são todos ligados ao país de faturamento e residência.”

Ou seja, pelo que parece, o console em si pode não ser restrito, mas e quanto a todo o resto? É possível comprar um jogo nos Estados Unidos e jogá-lo no Xbox One brasileiro? Se eu importar um console, precisarei importar todos os games do mesmo país para que eu possa jogar?

Só nos resta esperar até que a Microsoft libere mais informações.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.